COMO ALIMENTAR BEM AS CRIANÇAS? OS 5 PONTOS MAIS IMPORTANTES!

healthy-kids (1)Aqui é o Geosh! Tudo bem?

Essa é uma pergunta que tenho recebido muito frequentemente aqui no site. É também pergunta delicada de ser respondida, embora seja um assunto sério e extremamente importante. Resolvi falar a respeito com o devido cuidado que o assunto merece.

A alimentação antes, durante a gravidez e na infância tem um impacto direto na formação do corpo e do cérebro, podendo realmente ajudar ou atrapalhar a criança pelo resto da vida.

Pra ajudar a te dar uma luz sobre o assunto, resolvi escrever esse artigo com os pontos que considero mais importantes.

Lembre-se que eu ou o Rodrigo fundador aqui do site, embora tenhamos um vasto e valioso know-how sobre emagrecimento e alimentação saudável e nos importemos demais com esse assunto, não somos médicos ou nutricionistas.

Portanto, nós não oferecemos nenhum tipo de recomendação médica ou nutricional.

Repetindo, nós não nos responsabilizamos de maneira alguma por mudanças na sua alimentação e na dos seus familiares. Isto está muito claro nas políticas e no termo de uso aqui do site.

Nosso objetivo aqui é trazer ciência, informações pertinentes e a nossa opinião, para que você, com bom senso e o acompanhamento do seu médico e/ou nutricionistas atualizados, possa tomar sempre a decisão mais informada e inteligente possível.

De acordo? Se sim, Vamo lá!

Como Ajudar O Seu Filho A Crescer Saudável?

Ponto Número 1: Se preocupe com possíveis carências nutricionais e alergias alimentares.

É importante pensar se seu filho está bem nutrido tanto quanto se está bem alimentado e se algum dos alimentos que ele consome não o fazem mal.

Assim como nós adoecemos muito menos e temos menos alergia evitando alimentos ruins, se a criança gripa ou resfria com facilidade, a alimentação pode ser a chave.

Sempre que você remover algum alimento da alimentação do seu filho, procure saber quais os nutrientes naquele alimento e de onde seu filho poderá obter aqueles nutrientes.

Por exemplo, o leite de caixinha é rico em minerais, vitaminas, proteínas completas e gorduras boas.

Mas, se você decidiu não dar leite industrializado pra ele, um queijo artesanal seria um alimento tão ou mais nutritivo que o leite. E por aí vai.

Um nutricionista é um aliado fundamental nesse caso.

Ponto Número 2: Elimine as porcarias processadas ou as limite apenas a ocasiões especiais.

Pode ser mesmo difícil. Mas temos que pensar a longo prazo nesse caso.

Quanto mais cedo uma criança é exposta a uma quantidade ilimitada de alimentos ricos em açúcar, óleos vegetais, neuroestimulantes(refrigerante!) e farinha refinada, mais influência isso terá sobre a formação dos hábitos e gostos dessa criança.

Eu não sei precisamente se a influência é diretamente sobre a química cerebral ou se a influência é comportamental, mas sei que essa influência existe.

A criança mimada com porcarias de ontem é o adulto doente, sem energia, diabético, obeso e viciado em doces de hoje.

Estes alimentos atrapalham, engordam em excesso e fazem mal para o metabolismo e para desenvolvimento físico e mental do seu filho.

Ponto Número 3: Substitua essas porcarias processadas por comida de verdade, feita em casa / superalimentos.

kidsComida de verdade é tudo que você poderia plantar ou criar em um sítio e depois preparar e comer. Legumes, frutas, verduras, nozes, castanhas, carnes, peixes, ovos, queijos, iogurte, manteiga ou kefir feito com leite da roça, tubérculos. Quanto mais natural e orgânico, melhor.

Os superalimentos são alimentos extremamente nutritivos e saudáveis e geralmente cultuados por culturas milenares pelo valor que têm. Nesse artigo aqui eu cito os mais importantes.

—————————————————————————————————————————-

Banner250x250_2

Você deseja uma resposta passo a passo, completa e cientificamente eficaz para atingir o seu objetivo de emagrecimento de uma vez por todas? Te convido a conhecer o Livro Eletrônico Emagrecer de Vez.

Se você já conhece a eficácia do método e já tomou a DECISÃO de mudar de vida e investir nesse livro eletrônico: Clique AQUIesse link leva direto para a compra.

Clique aqui para conhecer!
Clique aqui para conhecer o novo livro de receitas.

Conheça também o novo livro de Receitas do Rodrigo, o 50 Receitas para emagrecerdevez. Ele tem alternativas realmente deliciosas que substituem qualquer alimento que você poderia utilizar como ¨desculpa¨ para não se alimentar de maneira Emagrecedora. No site ainda temos o Best Seller Hipertrofia Muscular, Para quem quer ganhar massa magra e obter os melhores resultados de maneira otimizada na academia.

————————————————————————————————————————-

Ponto Número 4: Mais ou menos carboidratos? Comer mais ou menos?

Para crescer saudável, seu filho precisa de proteínas de alto valor biológico, gorduras boas, vitaminas e minerais(cálcio!).

No geral acho que uma criança saudável pode se desenvolver tranquilamente comendo arroz branco e feijão(tem que deixar de molho antes de cozinhar no mínimo 24 horas pra eliminar os antinutrientes), sempre aliados de legumes, verduras, proteínas completas+gorduras boas, ou seja, comendo carboidratos em uma quantidade razoável aliado aos itens que seu filho precisa para se desenvolver.

Acredito que fornecendo os alimentos que suprem toda essa demanda com comida de verdade, fique bem mais fácil não cometer excessos de carboidrato tão comuns com bolos, doces, biscoitos, refrigerantes e porcarias do ponto 2.

Não acredito que seja necessário limitar a quantidade de carboidratos, ou restringir a quantidade que a criança come. Eu particularmente só faria isso em último caso(caso a criança já comece a ter problemas sérios de saúde/excesso de peso por causa de uma alimentação ruim) E só faria isso com acompanhamento médico.

Isso se substituir os carboidratos mais glicêmicos(batata, arroz branco) por menos glicêmicos(batata doce, arroz parboilizado) já não seja o bastante pra manter a criança saudável e sem um excesso de peso muito grande.

Ponto número 5: Pai Sempre é Professor.

Seu filho se tornará, na maior parte, os valores e o conhecimento que você ensinar pra ele. Explique sempre porquê das coisas, se ele tem resistência em comer alimentos saudáveis, explique o porquê aquele alimento é bom, e diga que você também não gostava, mas que comeu por que aprendeu que era importante, etc.

happy-kidsA criatividade aqui é a nossa aliada, assim como a curiosidade e o gosto das crianças pela lógica. É por isso que elas perguntam o porquê de tudo. Nem sempre nós sabemos, mas podemos sempre pesquisar 😉

A nossa função enquanto responsáveis é ensinar e ajudar as crianças a se aproximarem da ordem e entenderem como gerar ordem em suas vidas, pra que sejam felizes e realizadas e sofram o menos possível por falta de entendimento. Nesse aspecto, acho importante que os pais sejam proativos.

Se o seu filho já tem idade o bastante, o envolva também no preparo destes alimentos, com o devido cuidado para não se machucarem. Isso também aumenta muito o interesse deles por alimentos saudáveis.

Por hoje é só! Grande abraço a todos! Ficou com alguma dúvida? Gostou? Comente! Grande abraço!

Geosh.

Ps: OS 5 pontos refletem minhas opiniões pessoas e não devem ser seguidos a cego de maneira alguma. Na dúvida, releia os avisos no início do artigo.

  • Lucia Mata

    Parabéns pela iniciativa!

    • Obrigado, Lúcia! Grande abraço!

  • Mirtes

    Olá querido Geosh!
    Mais um ótimo trabalho, parabéns!
    Realmente acho que o mais importante é o papel dos pais como “professores”. Quando comecei a ler a aplicar as idéias do “Emagrecer de Vez”, minha filha de quinze anos quis saber como e porque, o que me obrigou a ler muito mais sobre o assunto. Os jovens querem detalhes… Ela, que já havia reduzido muito o consumo de açúcar, se afastou dos grãos também, mas não antes de uma boa explicação… no que vocês sempre me ajudam muito. Grata. Beijos

    • Olá, Querida Mirtes! Fico feliz de ler seu relato! É Sempre um prazer ter você por aqui. Beijos!

  • maykon

    minha filha tem três meses, e a mãe já não tem mais leite suficiente para amamentá-la, necessitando de uma 2 opção de alimento, não quero dar o leite de vaca, já pensei em dar água de coco. O que poderíamos dar a ela na sua opinião?

    valeu, abraços.

    • Maykon, acredito que dificilmente ela vai conseguir se nutrir apenas com água e coco. Procurar um pediatra urgente é o que eu sugiro, ela precisa de proteínas completa0, vitaminas, minerais s e gorduras de qualidade para se desenvolver.