Um método infalível para começar AGORA a emagrecer, viver, mudar de vida…

“AVISO: Este artigo foi escrito anos atrás e pode estar desatualizado enquanto à melhor ciência nutricional vigente. Por favor visite a página de artigos para ler os artigos mais recentes que retratam as verdades científicas atuais.”


Buenas!!

Aviso: Só um recado rápido. O site agora também está no Twitter!! Pra comemorar, eu disponibilizei um artigo especial novo somente  para o pessoal que segue o site no Facebook e no Twitter. O nome do artigo é: “Festas? Churrascos? Veja aqui um jeito simples de se refestelar e evitar o ganho de gordura”, onde eu mostro conhecimentos de ponta sobre o assunto. Tenho certeza que nenhum outro site em português trata especificamente deste assunto, então, aproveite! Eu quero que os seguidores do site tenham vantagens especiais, por isso, estou disponibilizando o artigo somente lá por enquanto. Esteja a frente da enorme maioria das pessoas, invista 10 seg do seu tempo e siga o site no twitter e facebook! 🙂  (Veja os links no topo da página, ao lado do título do site). 

Enquanto estava caminhando da estação de trem para o escritório agora pela manhã, curtindo um clima friozinho e um céu totalmente cinza, estava pensando nas razões pelas quais a grande maioria das pessoas simplesmente não consegue atingir seus objetivos de emagrecimento, boa forma, ganho de massa e até mesmo de vida no geral.

Bom, vejamos… não faltam técnicas, livros, dicas e manuais ensinando até um cachorro a emagrecer, certo? (você pode rir, mas saiba que minha mãe ta dando ração light pro cachorro :).

Ok, voltando, eu sei que a maioria desses materiais disponíveis mundo a fora é cheia de balelas e conversa pra boi dormir, mas existe sim uma infinidade de conteúdo no mundo sobre este assunto. Mas por que mesmo assim as pessoas continuam engordando, continuam ficando frustradas e perseguindo sempre meios de emagrecer, etc? (Abra este artigo para ler depois, como leitura adicional: Por que 95% das dietas falham?)

Bem… eu acredito que a causa de tudo isso, de toda essa frustração e falta de sucesso, é uma, na qual, praticamente nenhum livro sobre emagrecimento e boa forma foca.

A grande causa, na minha opinião, é a mais simples possível e, ao mesmo tempo, a mais complicada possível, por que tem a ver com lidar com você mesmo(a).

O que irá decidir se você atingirá seu objetivo ou não, é puramente a sua forma de pensar sobre tudo isso. Balela?

Bom, a grande maioria das coisas que são ditas em livros de auto ajuda ou materiais de desenvolvimento pessoal é considerada óbvia. Mas é isso mesmo!!! A maioria das coisas são óbvias e frutos do bom senso, porém, elas são totalmente inúteis, mesmo que óbvias, se você não AS PRATICA! Se algo é óbvio pra você, não significa que você tira proveito disso.
Vamos continuar refletindo…

Todo grande treinador esportivo sabe que a cabeça de um atleta pode fazer com que ele, tanto ganhe as olimpíadas, ou que ele jamais ganhe nem um jogo de baralho. E sim, todo grande atleta também sabe disso! E eu sou um fiel devoto de desenvolvimento pessoal, simplesmente por que isso mudou e muda minha vida a cada dia.

No livro The 4 hour body, o qual já citei aqui no site anteriormente, o autor comenta que muitos amigos deles, presidentes de empresas, executivos super bem sucedidos, etc, pedem para ele um checklist, ou seja, uma listinha simples de passos a serem seguidos para emagrecer.

Simples, eles querem uma lista das coisas que eles precisam fazer para emagrecer. Eles não querem saber o porquê de nada, eles não têm tempo pra isso. Segundo o autor, eles dizem: “Tim, o que eu preciso é dos passos exatos pra emagrecer. Me de a lista que eu vou seguir eles a fio. Não tenho interesse na explicação, somente me de a lista!”. Bom, por várias vezes ele fez a listinha e deu então para estas pessoas e adivinha qual foi a taxa de sucesso? ZERO porcento. Foi um total fracasso! E isso é que estamos falando de pessoas que já são super bem sucedidas em outros ramos da vida. Mas por que será?

Agora pense comigo… não é justamente isso que os livros e manuais de emagrecimento fazem? Eles dão todas as dicas e hábitos e tudo mais que você precisa pra emagrecer… mas as pessoas continuam não mudando de situação! Por que???

Por que o sucesso está dentro de VOCÊ! E, infelizmente, os livros, sites, etc sobre emagrecimento, não focam nesta área, a qual, eu acredito completamente ser a mais importante de todas. Se você realmente entender isso e botar em AÇÃO, eu garanto 100% que você VAI atingir seu objetivo de emagrecimento ou qualquer outro que tenha.

Apartir de agora então, vou comentar sobre a melhor técnica que eu conheço e uso para conseguir atingir qualquer objetivo, inclusive o de perder peso.

Alias, esta é outra área que quero fazer com que o Emagrecer De Vez se diferencie do resto. Tendo isso em mente, você irá então encontrar aqui artigos sobre motivação e assuntos relacionados! O primeiro que escrevi, caso você não tenha lido ainda, é sobre o poder da DECISÃO (clique aqui pra ler).

Espero que você concorde comigo em ver o quão importante isso é! É mais do que importante, é decisivo!

-> A técnica

Ok, como disse, a técnica em questão, quando aplicada, de fato, levará você a atingir DE VEZ qualquer objetivo que tenha, inclusive o de emagrecer!

Veja, eu, sinceramente, acredito que por você estar lendo o Emagrecer De Vez, você já está a um passo a frente no quesito conteúdo.

Eu enfatizo que tudoque você precisa para emagrecer, no que diz respeito a conteúdo, você encontra aqui. Não é necessário assinar 30 revistas ou ler 40 sites marqueteiros diferentes ou 10 livros sobre o assunto que basicamente falam as mesmas coisas. Vamos simplificar, a verdade, como eu sempre digo, é uma só e você pode tentar florir tudo, se delongar e fazer parecer difícil, mas é justamente aí que tento fazer deste site uma opção de fuga desse caos todo.

Então beleza, o conteúdo você já tem! Agora como colocar você mesmo(a) no caminho certo pra atingir seu objetivo de uma vez por todas?

A técnica consiste pura e simplesmente em se fazer a pergunta abaixo AGORA:

“Qual é o próximo pequeno passo que eu posso dar agora para ficar mais perto do meu objetivo?”

Pronto. Reflita um pouco sobre isso…….. leia denovo e imagine dentro de você o poder que isso tem, caso você colocar em prática AGORA!

Veja, caso você se pergunte isso frequentemente, sempre que completar a resposta da mesma pergunta anterior, seu sucesso será CERTO. É um ciclo! Você se pergunta, acha a resposta e poe em ação. Depois você volta e se pergunta denovo, acha a nova resposta e poe em prática e assim vai…

Imagine comigo agora o seguinte, veja se concorda. Suponha que você precise, por exemplo, perder 40kg para atingir seu objetivo. Como você se sente ao pensar nestes 40kg? “É muito kilo pra perder hein? Vai levar muito tempo!!”

Outro exemplo, como você se sente ao sentir vontade de escrever um livro e imaginar que você terá que escrever 300 páginas? É muita coisa, você as vezes tem dificuldade para escrever um simples e-mail, quem diria um livro.

Pensar desta forma tem sido uma das maiores causas do fracasso em todos os ramos da vida de muitas pessoas.

Agora veja, se você se comprometer a fazer hoje alguma coisa, por menor que seja, que te leve mais próximo do seu objetivo final, você terá 2 grandes vantagens:

1- Você se sentirá muito bem consigo mesmo(a).Mais confiante e realizado(a).
2- Você se sentirá ainda melhor por estar agora mais próximo(a) do seu objetivo. Agora imagine o que acontecerá se você seguir neste ciclo por dias, meses ou anos a fio? Sim, você, inevitavelmente, atingirá seu objetivo.

É como se você estivesse viajando de carro de noite e na neblina. Você sempre vê somente os próximos 10 metros da estrada…. mas seguindo dessa forma, pelo tempo que precisar, você, invariavelmente, chegará ao seu destino, certo? Um longo caminho é construído com pequenos passos. Uma longa escada é construída com muitos pequenos degraus. Foque no próximo passo, no próximo degrau e você se surpreenderá o quanto você pode realizar desta forma.

Ok, eu falo isso agora, mas não posso dizer que nunca fiz parte deste grupo de pessoas que pensa da forma anterior e fica desmotivada ao pensar no longo caminho. Confesso que quando pensava desta forma, eu não estava concretizando muitas coisas e estava sempre postergando tudo, por que achava as melhores desculpas e melhores justificativas para minha própria falta de iniciativa.

Nunca existirá um momento em que tudo estará perfeitamente a favor da sua decisão!

Então não espere! Começe já! E o método mais eficaz e mais simples possível é fazer a si próprio(a) a pergunta que comentei acima.

-> Colocando isso em prática

Bom, a teoria é muito bonita mas é INÚTIL caso você não a use na prática, AGORA!

Vamos tomar o emagrecimento como um exemplo de objetivo que você possa ter.

Abaixo, então, vou sugerir algumas coisas simples que você pode começar a fazer agora que irão te por no caminho certo do sucesso. O exemplo é focado em um suposto objetivo de emagrecimento. São exemplos de coisas que você fazer, uma após a outra, pequenos desafios de grande impacto, um de cada vez.

“Preciso perder peso, qual é a próxima pequena mudança que posso fazer para me levar mais próximo(a) deste objetivo?”

– Apartir de hoje, me desafio a completar o Desafio 3 meses para Emagrecer de Vez.
– Apartir de hoje, me desafio a ficar 1 mês sem comer massa que não seja integral.
– Apartir de hoje, me desafio a ficar 2 semanas sem comer arroz que não seja integral.
– Apartir de hoje, me desafio a me exercitar 4 vezes por semana durante 1 mês!
– Apartir de hoje, me desafio a ficar 2 semanas sem tomar refrigerantes!
– Apartir de hoje, me desafio a comer sobremesa somente 2 dias por semana!
– Apartir de hoje, me desafio a comer 6 menores refeições ao longo do dia por 2 semanas!
– Apartir de hoje, me desafio a incluir brócolis ou couve flor em 80% das minhas refeições por 2 semanas.
– Apartir de hoje, me desafio a ingerir algum tipo de proteína de qualidade em cada uma de minhas refeições por 2 semanas. (leia Proteinas).
– Apartir de hoje, me desafio a me fazer novamente a pergunta acima sempre que completar o desafio que foi resposta da mesma pergunta que fiz anteriormente.
– … … … …

E por aí vai… Veja que todos os objetivos são temporários e isso é de propósito. É aquela história de pensamento errado e estressante que comentei a pouco. Você não quer pensar que algo seja pra vida inteira! Não… isso não soa legal! Desafie-se a conquistar pequenos objetivos temporários ao longo do ano.

Bom, vou compartilhar um segredo: Você vai ver que, na maioria das vezes, você vai acabar continuando com o hábito que você criou, simplesmente por que você se sente melhor e vê os resultados que procura. Mas shhh… não comente isso com você mesmo(a) 🙂

Aconselho que, a cada novo desafio, você o escreva claramente em algum lugar que você possa ver depois, seja em papel, no seu blog pessoal, na geladeira, na testa, etc. (Se decidir escrever na testa, lembre-se de não apagar quando for tomar banho…).

A gente costuma super-estimar o que podemos fazer em 1 dia mas, por outro lado, costumamos SUBestimar o que podemos concretizar em 1 ano.

Então, mantenha um registro por escrito e depois no fim do ano você pega e dá uma olhadinha na sua lista… eu GARANTO pra você que vai ser o melhor sentimento que você pode sentir.

Sabe aquele sentimento comum entre as pessoas no fim de ano? Quando chega aquela hora que você para e reflete sobre o que você fez no ano que passou? Aquele sentimento de ter passado o tempo em branco que muitos podem sentir? Todo mundo já sentiu isso, não é?

Mas esta é a cura deste mal hehehe. Desafie-se a seguir este processo por 1 ano e você comprovará os benefícios e irá pensar consigo mesmo(a): “Por que raios não comecei a fazer isso antes?”. Você degustará o sentimento de ter realmente VIVIDO e ter feito ótimo uso do ano que passou, evoluindo incrivelmente como pessoa e atingindo seus objetivos.

E você, tem seus próprios métodos para crescer a cada dia?

Quer emagrecer, ganhar saúde, conquistar boa forma, ganhar músculos, correr mais rápido, diminuir seu colesterol, etc, etc? Assista o Shoptime! hehehe… Não!!! Não assista nada, não leia mais nada agora! Pegue um papel e comece JÁ a se fazer a pergunta que mudará completamente sua vida, pouco a pouco.

“Qual é o próximo pequeno passo que eu posso dar agora para ficar mais perto do meu objetivo?”

Afinal, você quer sentar no banco de motorista da sua vida, certo? Não no de passageiro.
Pode voltar aqui depois e me xingar de tudo quanto é nome se você não se sentir incrivelmente bem, motivado(a) e realizado(a) 😉

Esta é a mensagem deste artigo! Eu acredito que dar atenção ao seus sentimentos, suas motivações internas e ao seus desafios pessoais é o que vai te levar de vez onde quer chegar.

E, per favore, compartilhe este artigo! 🙂 Faça isso em 2 segundos clicando nos botões aqui da barra na esquerda ou logo após o artigo! E claro, se ainda não recebe os artigos por e-mail confortavelmente, cadastre seu email no topo aqui da barra da direita em 10 segundos e grátis e pronto!

Espero ter ajudado!

Em prol do seu sucesso contínuo,
Rodrigo

  • vanuza

    poxa que pena nao tenho facebook nem Twitter pra ver o artigo extra pena
    pois e rodrigo este artigo foi um tapa na cara pra eu acordar e ver o que eu to fazendo comigo e com minha saude.tinha comentado pra vc q tinha perdido muitos kgs mais uma vez to aqui e no fundo nao quero admitir q fracassei +uma vez na dieta e ca to eu dos 73 que eu pesava depois de dieta exercicios fui me pesar pq todos falavam q eu tinha engordado as roupas ja mostravam por nao servir marido no pe e quae com 90 kgs dos 101 q pesava e assustador pq as pessoas fracassam poxa estava tao bem roupas servido auto estima la em cima elogios. tenho vergonha em ver as pessoas q me elogiaram e me perguntava o que fiz pra emagrecer e vejo elas e nao sei onde enfiar a cara de vergonha.hj sinto muitas dores nas costas tonturas canssaço e muito sono sem animo pra nada vontade de desistir e me adimitir q sou gorda e nao tenho remedio.mas me pergunto o pq comer muitoooooo e escontido ate passar mal ,que prazer e este pela comita passageira?sim adimito q to errando a gordura esta me prejudicando ate no meio pessoal,nao tenho vontade de sair me arrumar ,parece piada ate meu marido diz como eu sei q to gorda e nao tomo atidude e nao me vejo tao gorda assim tento me justificar me olhando no espelho ha nao to tao ruim assimla no fundo sei q to mal estas infelizes dobrinhas nas costas barrigao me incomadam.e pq so pensso em comida 24 hs por dia so de penssar fico salivando.poxa amigo acho q so vc sabe o q to passando pq muitos pode achar graça.ja me indicaram piscologo vejo minhas fotos no orkut e nao me conformo.desculpa por estar tomando seu tempo pq vc vem aqui se dedica seu tempo e conhecimentos para nos ajudadar estes dias revelei uma foto de anos atras +- 5 anos e fiquei admirada de como ja fui +- magra nem lembrava q ja fui bonita. bom foi ler seu site todo e devo mudar minha vida pq enagrecia o corpo e nao a mente quando faço dieta faço pra valer malhando todos os dias e comendo mesnos ,mas quando saio dela nao consigo parar e engordo.sabe culpa e da gente q fala amanha começa so hj vou sair isto aconteceu desde janeiroate agora julho .bom vou tirar uma foto hj me pesar e começar a escrever um diario nao so de alimentaçao como foi o dia a dia e ver como estou penssando agindo sentimentos .poxa nao quero chegar dezembro triste por estar gorda .ano passado tava tao bem comprei uma roupa q me achei rs,meumarido disse o q faz vc engordar de uma hora pra outra tanto.ele me pega comendo encondida e diz ta enganando quem?isto antes por ter comido varias vezes confesso q contantemente to vomitando por comer muito e me fazer mal
    depois se quizer apagar meu desabafo bjs obrigado pela sua atençao
    ps: ganhei um simulador de caminhada sera que da resultados funciona?
    vou tentar mais uma vez

    • Rodrigo

      Oi Vanuza.

      Muito obrigado por ter se sentido confortavel em compartilhar um pouco das suas dificuldades atuais. Eh justamente por isso que estou escrevendo artigos que focam na “cabeca” um pouco tambem. Veja, se voce comer os alimentos corretos, como sugerido, por exemplo, no desafio do site, voce pode comer bastante e ainda sim a carga calorica vai ser baixa.

      No comeco eh sempre mais dificil.. mas lembre-se, nao caia na armadilha de seguir dietas… dietas nao funcionam e todo mundo continua teimando em faze-las. Nao queira resultados rapidos. Comece as poucos a mudar sua alimentacao.. nao comece de uma hora pra outra a cortar TUDO.. comece devagar, naturalmente… a escolher os alimentos corretos e deixar porcarias pro fim de semana a penas e em moderacao.

      No seu caso, jah pensou em tentar comecar um hobby novo? Normalmente a gente sente vontade de comer toda hora por ansiedade mesmo. Talvez se voce comecar algo novo, pode ser que ajude voce a diminuir esta ansiedade e se colocar mais nos eixos.

      Eu sei que nao eh facil, mas eh somente voce mesma que pode mudar seu caminho 🙂 E tenho certeza que voce pode conseguir!

      ps: eu prefiro sempre caminhar na rua mesmo ou parque, mas um simulador por ser util sim, o importante, sempre, eh se movimentar.

      Um abraco,
      Rodrigo

  • Diana M

    Adorei. Por acaso sempre penso assim sobre os meus objectivos e nunca pensei nisso como sendo uma “técnica”, simplesmente não consigo ver as coisas de outra forma. Ao ler este artigo vi que faço isso em quase tudo e o exemplo mais comum disso são os estudos para a faculdade: tenho um livro de 800 páginas para ler e resumir então todos os dias eu faço x páginas, não penso sequer no livro todo, e quando dou por mim o livro já está todo lido, resumido e estudado e eu estou satisfeita comigo. Compreendo que isso também resulte com o processo de emagrecimento, aliás, eu já estou quase no fim do terceiro mês do desafio e os meus objectivos estão quase todos alcançados e não pretendo mudar a forma passei a alimentar-me no fim desse período.
    Resta-me agradecer-lhe por toda a ajuda e desejar a maior força para as pessoas que estão a começar agora.
    Beijinho*

    • Rodrigo

      Diana!!! Que coisa boooooa!

      Entao 2 parabens para voce. Um por que voce esta usando este metodo, o que realmente eh muito eficaz e 2 por que voce esta completando o desafio com sucesso. Meus parabens pela determinacao e por ter seguido todo o processo. Como voce disse, espero que agora continue entao com seus novos habitos saudaveis que tenho certeza que voce soh tem a ganhar!

      Muito sucesso para voce e espero que continue ligada no site, pq conhecimento de qualidade nunca eh demais neh? heheh

      Abracao,
      Rodrigo

      • Ana Mrya

        Perdoe a má ortografia. Quando vc disponibilizará o desafio de 3 meses outra vez e porque saiu do ar?
        Grata
        Ana Marya

        • Olá Ana! O desafio de 3 meses saiu do ar porque o processo de 10 dias se mostrou menor e mais eficiente! O desafio de 3 meses era bem complicado. No livro novo tem um desafio de 1 mês também!

  • San

    PESQUISA DO IBGE CONTRIBUIRÁ PARA COMBATER OBESIDADE
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 16:51
    Os dados sobre os hábitos alimentares dos brasileiros, divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), devem ajudar o Ministério da Saúde na formulação de políticas públicas para combater a obesidade e doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, hipertensão e câncer. A Análise do Consumo Alimentar Pessoal no Brasil mostrou que o brasileiro está ingerindo alimentos de alto índice calórico porém de baixo teor nutritivo, enquanto abusa do sal e do açúcar.
    O estudo foi realizado pela primeira vez pelo IBGE, a partir de uma amostra de domicílios da última Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF 2008-2009). “Na verdade, eles (os resultados) confirmam a necessidade de políticas públicas”, afirmou Patrícia Constante Jaime, coordenadora geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.
    Ela disse que o ministério está trabalhando na construção de dois planos nacionais: um plano nacional para prevenção e controle da obesidade, em especial nos adolescentes, e outro plano nacional de enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis. Ambos estão relacionados ao consumo de alimentos inadequados em uma dieta saudável.
    De acordo com a coordenadora do ministério, o plano de enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis será anunciado em setembro pela presidente Dilma Rousseff, durante uma conferência na assembleia mundial da Organização das Nações Unidas (ONU). Já o plano contra a obesidade deve ser colocado em consulta pública em setembro e anunciado à sociedade até o fim do ano.
    “O plano de obesidade está sendo constituído de forma intersetorial, num diálogo amplo em vários ministérios, que vai desde o Ministério de Desenvolvimento Agrário, de Desenvolvimento Social, Ministério da Saúde, da Educação, dos Esportes, da Cidade e da Pesca”, afirmou Patrícia.
    Segundo ela, já existem políticas públicas de educação para o consumo alimentar, no sentido de orientar o consumidor para escolhas mais saudáveis, mas também há políticas para garantir a qualidade do alimento colocado para o cidadão brasileiro. Alguns dos exemplos seriam as negociações para a redução dos níveis de sódio dos alimentos processados, o fomento à agricultura familiar e o aumento da disponibilidade de frutas e hortaliças para compra, aquisição e consumo da população brasileira.
    “A primeira mensagem é: consuma mais alimentos básicos, consuma frutas, hortaliças, o arroz com feijão. É um hábito brasileiro, da nossa cultura alimentar, que precisa ser resgatado. É importante diminuir o consumo de refrigerantes e consumir água. Coma com consciência

    http://www.reporterdiario.com.br/Noticia/300338/pesquisa-do-ibge-contribuira-para-combater-obesidade/

    • Rodrigo

      Opa. Muito bom que pelo menos haja um pensamento neste sentido neh?

      INfelizmente tudo que envolve o governo também envolve interesses industriais. Mas espero que eles possam desenvolver uma orientacao imparcial e que seja realmente sincera que possa ajudar a populacao em geral a ter pelo menos uma linha guia a seguir, já que nem todos sabem que o Emagrecer De Vez existe né? ahahahhaha

      Abracao 🙂

  • Maary

    Boa noite Rodrigo. Conheci o seu site há exatamente 9 dias, e desde então comecei minha reeducação alimentar conforme o desafio. Fiquei super empolgada com os resultados dos comentários, e coloquei na minha cabeça que desta vez sim, desta vez eu iria mudar.
    E mudei, foi impressionante.
    Já fazem três anos que tento todos os tipos de dietas, e posso te dizer que elas não duravam mais do que 5 dias.
    Mas dessa vez a ideia que você passou foi tão forte, tão impregnada de verdades que, mesmo cruas, foram essenciais para que eu encontrasse algo de “determinado” em mim.
    Desde lá eu tenho algumas perguntas, até mais agora depois que me pesei e descobri que engordei mais um kilo, desde a pesagem da semana passada.
    Claro, fiquei tão triste, chorei…. mas não desanimei. Não vou dizer que medi todas as coisas de maneira exata (não tenho balança) e também não posso dizer que tropecei… o máximo foi um copo de refrigerante em 2 dias.
    Ontem foi o meu “dia do exagero” e hoje fui obrigada a comer mais coisas, já que minha amiga estraga-dietas adora fazer bolo quando começo uma… talvez tenha sido por isso que engordei…
    Enfim, tenho perguntas… Que são:
    Eu fiz nessa primeira semana o dia do exagero, posso mesmo fazê-lo logo no início?
    Sobre as frutas… li o artigo sobre elas, mas no desafio é indicado frutas em várias refeições durante o dia. Deveria substituir por algo ou não? Se sim… por qual alimento?
    Acho que são essas…

    Não posso deixar de agradecer por tudo o que tens feito Rodrigo, por disponibilizar um conteúdo real e tão importante para nós… E acima de tudo, não cobrar por isso. Obrigada pelo carinho que dedica a cada um, pela paciência em pesquisar todas essas coisas, e pessoalmente agradeço de coração pela parte psicológica que nos proporciona, sempre ajudando e nos dando esperança, e acima de tudo fazendo com que nós tenhamos fé em nós mesmos.

    Um grande abraço de uma nova leitora e futura vencedora,
    Maary.

    • Rodrigo

      Oi Maary!

      Parabens pela determinacao, isso eh o principal!! Mantenha isso com voce pra sempre.

      Sobre as perguntas. O “dia do exagero”, como vc diz… que na verdade nao eh exagero, eh somente comer a vontade sem se preocupar em contar as coisas, pode ser no comeco tambem sim.. 1 vez por semana… ou ao invez do dia inteiro, se voce tem bastante tendencia a engordar, reduza para 2 refeicoes mais “gordas” neste dia.. ao inves de comer muito em todas…

      Sobre as frutas.. fique tranquila.. pode seguir oq eh sugerido no desafio 🙂

      Obrigado por suas palavras e espero que siga sempre em frente com persistencia. A gente ganha kilos, perde kilos, mas jamais perder o foco no objetivo, ok?

      Abracao,
      Rodrigo

  • Celita Muniz

    Olá Rodrigo, adorei este artigo. Tenho 17 anos e que me lembre me dedico a fazer dieta desde meus 12 anos quando começaram a me falar que eu estava gordinha, bom a partir dai eu engordei uns 16 kg, o limite foi ano passado quando cheguei aos 75kg pra 1,58 metrs que eu tenho, acho que as coisas acontecem bem assim mesmo como voce disse, vc tenta cortar td que come ser bem radical mas vc nãoaguenta por mto tempo,mesmo que emagreça vc volta a comer e ainda mais do que comia antes, e foi assim que aconteceu comigo :(.
    passei minha adolescencia inteira lutando contra balança, ja entrei em bulemia, depressão e nd adiantou, ao contrario.
    A partir de janeiro deste ano comecei a reeducar minha alimetaçoa comendo apenas coisas integrais frutas, de 74kg consegui chegar aos 63kg,mas hj ja estou com 65 e com mto medo de engordar td de novo. Eu gosto mto de atividade fisica principalmente caminhada e corrida mas estou meio depressiva entao nao saio mto de casa, e onde eu moro tem mtos morros tbm, gostaria de uma dica sua pra saber quanto tempo de caminhada diaria devo fazer, as vezes acho que faço pouco ja quero sair correndo 2h..rsrs
    Obrigada
    e Deus te abençoe por se dedicar a ajudar as pessoas!! bjinho

  • Marina

    Olá Rodrigo,
    Acompanho seus artigos já há mais de um ano, e sempre tive vontade de escrever. Escrever pra dar minha opinião, e também pra contar um pouco do que se passou comigo e de dizer o que penso a respeito desse assunto tão presente em nossas vidas.
    Venho de uma família com muita tendência pra engordar (meu pai é obeso, tenho 4 irmãs, sendo que uma é obesa, eu e outra vivemos na guerra diária com a balança, uma deu a sorte de sair a única naturalmente magrinha, e a raspinha do tacho acabou de sair do último estirão, e emagreceu porque esticou, rs), e, embora nunca tenha sido magra, sempre tentei ficar dentro do IMC normal. Mas, além dessa tendência genética para armazenar gordura, o foco emocional da minha casa sempre foi a comida. Ela sempre chegou a mim carregada de elementos que extrapolavam seu valor nutricional e de alimentação, mas traziam informações sentimentais, de apego, carinho, amor, reunião (até talvez pela minha descendência quase totalmente italiana!). E por conseqüência, a relação que tenho com a comida é e sempre foi primordialmente de refúgio, não de saciedade da fome e das necessidades nutritivas do meu corpo.
    Isso significa que pra mim sempre foi uma batalha entre ter o corpo que eu desejava, que pertence ao nosso padrão do que é belo e bom, e as minhas necessidades emocionais saciadas pelo mesmo instrumento que me deixava longe desse corpo desejado, a comida!
    Por isso sempre estive no famoso “efeito sanfona”, de emagrecer um pouco, engordar novamente, emagrecer, e engordar de novo, a vida toda. Isso porque a cada frustração, dúvida, entravamento, na minha vida, eu buscava consolo no prazer momentâneo da comida e perdia todo o meu esforço anterior.
    Foi que em julho de 2009 conheci um rapaz escalador. Coisa que nunca na minha vida pensei em fazer (escalar, obviamente, rs)! E na verdade no curto período em que estive com ele não me interessei pelo esporte. Mas depois, pela oportunidade de acesso que eu tinha, resolvi ir ver “qual é que era” a desse esporte. E aí, me apaixonei! Nunca tinha acreditado que esporte poderia ser um prazer, achava balela (como você diz!) praticar algum exercício físico sem ver nele um esforço árduo, mas necessário para atingir o objetivo específico de emagrecer. E comecei a entrar em um mundo que nunca tinha me pertencido, mas que eu sempre quis: a de ter um corpo magro, de me olhar no espelho e me sentir bem, feliz comigo mesma.
    Mas esse não foi o final feliz da minha história.
    Isso porque algo importantíssimo na minha vida não tinha mudado definitivamente: minha relação com a comida. Se no começo eu consegui fazer regime e perder incrivelmente 8 quilos em 3 semanas, cortando TODOS os carboidratos, sem nem sentir falta deles, e correndo diariamente (e, de maneira intuitiva intercalando momentos de caminhada e corrida intensa, e não comendo depois do exercício, que sempre fazia à noite, pra queima continuar), com o passar dos meses eu percebi ter entrado em uma sinuca de bico: comecei a não mais ter força pra continuar evoluindo na escalada, fugia de todas as tentações que eu tinha de comer carboidratos (como comer pizza com amigos), e, quando comia um grão de arroz que fosse me sentia derrotada e engordando… com o passar do tempo e de acontecimentos pessoais que me derrubaram, cada vez mais eu pensava em comer, me fixava nisso todo o tempo que estava acordada, no desejo de suprir minhas tristezas com a felicidade garantida, embora vã e ilusória, que eu tinha na comida que eu estava deixando de comer. E aí, o que aconteceu? Joguei a toalha. Comecei a comer vorazmente, abandonei a escalada, abandonei meus amigos de lá (principalmente por vergonha de, de uma hora pra outra não estar mais com aquele corpo que eu estive, e ter voltado a engordar), e isso se tornou um ciclo vicioso, pois entrei em uma compulsão em que tudo de repente deu errado na minha vida e todas as minhas frustrações foram afogadas em comer, comer, comer. E quanto mais eu comia e me via indo embora (eu como sempre sonhei ser), mais eu comia.
    Hoje eu ainda estou, um ano depois de ter voltado a engordar, 12 quilos acima do que eu estive. E ainda sinto muita falta de subir pelas paredes, rs, e ir pra pedra, e escalar as vias. Mas estou tentando buscar um outro caminho, o de primeiro conseguir desvincular o fator emocional que a comida tem sobre mim, pra depois conseguir fazer da alimentação equilibrada algo do meu dia a dia definitivamente. E vou conseguir!
    É isso!
    Muito obrigada pelo seu site, ele realmente é o mais completo e que nos permite perceber os caminhos para o verdadeiro emagrecimento! 🙂

    • Rodrigo

      Oi Mariana,

      É uma honra receber um pedaço da sua história aqui no site. Obrigado pela confiança. uma honra receber um pedaço da sua história aqui no site. Obrigado pela confiança.
      Você escreveu super bem e eu posso realmente imaginar todas as circunstâncias.ocê escreveu super bem e eu posso realmente imaginar todas as circunstâncias.

      Realmente, 2 coisas são necessárias para o emagrecimento, atitude mental e novos hábitos. Você nunca vai conseguir tendo um dos 2 somente. É a dura verdade.ealmente, 2 coisas são necessárias para o emagrecimento, atitude mental e novos hábitos. Você nunca vai conseguir tendo um dos 2 somente. É a dura verdade.

      Mas o que a gente descobre é que mudar a atitude mental é muito mais difícil que mudar nossos hábitos alimentares, não é?as o que a gente descobre é que mudar a atitude mental é muito mais difícil que mudar nossos hábitos alimentares, não é?

      Muitas vezes, nós viramos para a comida realmente por frustrações internas, ansiedades, etc. Uma metáfora que eu acho que ajuda é pensar em seu corpo como sendo seu templo. Não sei suas crenças nem nada, mas eu acredito que nós NÃO somos nosso corpo, porém, nosso corpo é a nossa CASA… o nosso TEMPLO. E cada vez que vamos colocar algo na boca, deveriamos pensar, isso merece entrar no MEU templo? Você quer que sua casa, seu templo, enfim, o SEU corpo seja saudável e que lhe possibilite fazer tudo que você tem vontade no dia a dia e se sentir bem, motivada e feliz por estar no controle!uitas vezes, nós viramos para a comida realmente por frustrações internas, ansiedades, etc. Uma metáfora que eu acho que ajuda é pensar em seu corpo como sendo seu templo. Não sei suas crenças nem nada, mas eu acredito que nós NÃO somos nosso corpo, porém, nosso corpo é a nossa CASA… o nosso TEMPLO. E cada vez que vamos colocar algo na boca, deveriamos pensar, isso merece entrar no MEU templo? Você quer que sua casa, seu templo, enfim, o SEU corpo seja saudável e que lhe possibilite fazer tudo que você tem vontade no dia a dia e se sentir bem, motivada e feliz por estar no controle!

      Parabéns pela consciência que você tem de si mesma e tenho certeza que você tem TUDO já agora para começar a andar no rumo do que você REALMENTE quer… e sabe oq? Você MERECE isso! Cuide do seu templo! Você é a única que tem o poder de faze-lo!

      Abração,
      Rodrigo

  • Marina

    Oi Rodrigo!

    Pois é, concordo plenamente com você. Independente de espiritualidade e de acreditar se somos o nosso corpo ou algo a mais que ele, é por ele que vivemos no mundo. O problema é que, quando ficamos fragilizados por algum motivo, tentamos da maneira mais urgente dissipar esse sofrimento, e a comida é pra muitos, como eu, o ponto de apoio, embora negativo e que só o faça se prolongar mais. Mas é porque essa não é uma reação racional e equilibrada, ela só existe quando existe esse desequilíbrio.
    Uma vez, há anos atrás, a minha irmã que mais tem problema com peso foi em um médico endocrinologista com minha mãe, e disse pra ela que “comer era a mesma coisa que brincar com a faca entre os dedos”. O problema em falar isso pra mim, são 2: em primeiro lugar uma situação contém algo importantíssimo que a outra não tem, a dor física. Ao contrário, a comida engana e longe de trazer dor imediata (como a faca lhe fazendo um corte na mão), ela te traz o prazer que por aquele instante faz, se não esquecer, diminuir o problema que aflige. Em segundo lugar, uma frase dessas ignora totalmente os sentimentos de quem passa por esse problema, dizendo pra pessoa que come demais que o que ela faz é o mesmo que pegar uma faca e se machucar! Pode até ser que essa relação seja mesmo verdadeira, na medida em que a longo prazo o excesso de comida (principalmente as conhecidas vilãs da alimentação) leva ao colapso do corpo, mas vejo que dizer isso a uma pessoa com transtorno alimentar é não compreender a dificuldade do problema pela qual ela passa.
    Nosso corpo é nosso templo, mas quando não estamos contentes com a nossa realidade, isso acaba se refletindo nele, pois não tem como não ser assim. Não valorizamos a nós mesmos, e nosso corpo é desvalorizado como consequência.
    Bom, indo para outro viés do assunto emagrecimento, gostaria de fazer um pedido a você! Como fazer pra pessoas mais velhas emagrecerem? Andropausa, menopausa, com o metabolismo mais lento, pela própria idade, já se come menos, e mesmo assim acaba-se engordando, e fazer qualquer exercício físico pode não ser bom, por já não ter resistência e mesmo a massa muscular de jovens. você não faria um artigo específico para homens e mulheres mais velhos?
    Obrigada!

    • Rodrigo

      Oi Marina,

      Sobre os idosos, eu não acho que seja muito correto tocar neste assunto pois geralmente involve muitas particularidades que eu tenho que dizer que somente um médico poderia dar uma opinião embasada.
      Meu proposito mesmo é fornecer conhecimento e dicas gerais que funcionam e são verdadeiras… mas qualquer condição especial precisa sim ser consultada com especialistas, pois mais clichê que seja dizer isso.

      Eu ainda acredito que as dicas gerais e os hábitos saudáveis valem também para os mais idosos e que o mais importante seria ajustar tudo ao metabolismo e estilo vida de cada um deles. Não vejo por que não funcionaria. Inclusive tenho leitores com mais de 60 anos e recebi feedback bastante positivo.

      Grande abraço,
      Rodrigo

  • andreia paula

    olá rodrigo!
    ja compartilhei este metodo com todos do orkut, pois como você relata, serve para todas as questões da vida que precisem ser vencidas! mas eu tenho que dizer que sou comedora compulsiva! eu acho! pois desde que conheci seu site dia 18 de outubro, venho tentando alcançar meu objetivo de emagrecer 15 kilos mas está dificil! sempre peco no final comendo pao, bolacha, e tudo que é massa. mas mesmo assim me pesei hj e emagreci 600 gramas. Nao vou desistir, agora que acabei de ler este artigo vou fazer tudo o que está proposto aqui. quero sentir o sabor da vitoria! quero vencer a mim mesma! muito, muito obrigada Rodrigo!!!!

    • Rodrigo

      Otimo Andreia. O maior desafio eh sempre o interno 🙂

      Sucesso pra voce!
      Rodrigo

  • C.Monique

    Rodrigo, parece que você fala só o que queremos ouvir.
    Breve estarei aqui, postando sobre o nosso sucesso, afinal você faz parte dele.
    Obrigada, e parabéns.
    C.Monique

    • Rodrigo

      Legal Monique =)

      Sucesso pra ti!!
      Rodrigo

  • Clara

    Oi, Rodrigo!

    Ontem conheci seu site e no mesmo dia me desesperei…..Afinal de contas eu estou 15 kg acima do meu peso. E a maioria das coisas que li no seu site eu já tinha conhecimento, uma vez que leio bastante sobre o assunto e sempre fracasso em minhas tentativas. E eu sei que o meu maior problema, são os meus demonios!!!! Eu sinto uma vergonha danada disso tudo, pois me prejudica e eu tenho vergonha das pessoas que me conheciam antes de virar essa bola.

    Mas eu vou exorcizar esses demonios e vou conseguir!!!

    Um abraço!

    Clara

  • Ana Paula

    quero receber os artigos por email.

  • Cristina Gomes

    Seus artigos sao ótimos, parece que vc esta na minha frente com a mão no ombro e dizendo “vamos !! Eu sei que vc consegue !!”

    • Rodrigo

      Ah que maravilha!! Essa eh mesmo minha intencao! Obrigado por me deixar saber disso 🙂

  • beta

    Ola Rodrigo.
    PARABENS adorei o seu artigo obrigada por ajudar toda a gente k por vezes precisa de um empurraozinho ou um ombro amigo capaz de ajudar quando mais precisamos.
    Estou n.a. batalha, vou dando noticias do meu progresso.

  • Flávia Soares

    Rodrigo,
    Pretendo iniciar uma nova vida a partir de Fevereiro, pois engorde 30 kg depois do casamento, isto em apenas 5 anos, sendo 10 kg no último ano, um absurdo! Estou desesperada, ansiosa, desanimada, pois tudo que tento dá errado!
    Li o relato da Vanuza (07/2011) e me identifiquei muito com o momento dela. Estava quase desistindo de mim, mas olho minhas fotos antigas e sinto saudade. Vou frequentar este site, adorei, me identifiquei! Vou batalhar, e assim como o César, quero postar uma foto do meu emagrecimento aqui. Parabéns pelo seu amor com o próximo. Deus abençoe! ♥

    • Flávia, Força, foco e determinação! Obrigado!

  • Fernanda Rodrigues

    Oi Rodrigo!
    Conheci seu blog faz uns 3 meses e na época continuei na inércia, estava absolutamente insatisfeita com o meu corpo, mas mesmo assim inventava mil desculpas e não fazia nada a respeito. Agora estou usando várias dicas do seu blog, iniciei hoje o desafio dos 10 dias. Maravilha em 10 dias perdi 1kg e 300g, ainda estou me sabotando em algumas situações, mas estou encarando este fato como parte do processo…estou pensando como vc sugeriu, perda gradativa de peso, ainda falta uns 16 kg, mas tenho CERTEZA que vou conseguir, eu DECIDI que vou. Muito obrigado pela sua grande ajuda!

    • Parabéns Fernanda! E vamo que vamo!

  • maria patricia

    UM PASSO DE CADA VEZ…ACRESCENTANDO MAIS PASSOS.QUANDO COMEÇEI O MEU PROCESSO DE EMAGRECIMENTO FOI HORRIVEL: MÁ INFORMAÇÃO ,LONGAS CAMINAHDAS,PRINCIPALMENTE AS INICIAIS…CANSAVA MUITO.MUITO PESO.
    DAI HOUVE A NECESSIDADE DE BUSCAR INFORMAÇÕES: CLARO E ÓBVIO: MUITAS INFORMAÇÕES ERRRADAS: POUCA CALORIA, PAOUCA COMIDA E OUTRAS BALELAS QUE MUITO ATRAPALHARAM.
    MAS UM BELO DIA,,,BUSCANDO SITES E MAIS SITES, ACHEI O EMAGRECER DE VEZ. GRAÇAS A DEUS.
    COM O TEMPO, E DEPOIS DE MUITO CUVIDAR, RESOLVI COMPRAR O LIVRO. PRONTO.
    VOU RESUMIR A HISTÓRIA:
    HOJE…: 09.08.2013, ESTOU QUASE DOIS QUILOS A MENOS DE QUANDO COMEÇEI O MEU MR: DIA 06.08.2013.
    FELIZ DA VIDA.
    CLARO QUE TENHO ALGUMAS DUVIDAS, MAS BUSCANDO MAIS INFORMAÇÕES NOS ARTIGOS…E A CURIOSIDADE É GRANDE, CREIO QUE OBTEREI AOS POUCOS, TUDO O QUE PRECISO PRA PERDER ESSA GORDURA INDESEJAVEL QUE TENHO ACUMULADA HÁ TENTO TEMPO..TANTO TEMPO MESMO. SÓ AGRADEÇO AOS COLABORADORES DOS ARTIGOS, AO CRIADOR DO LIVRO E AO MEU MR…KKKKK.
    GRAÇAS A DEUS.OBRIGADA A TODOS.

    • Obrigado a você, Maria! Encontrar o caminho é tão difícil, que quando a gente o encontra, sente uma imensa satisfação em poder caminhá-lo, né?
      Um grande abraço e vamo que vamo!

  • jaqueline jeorgia

    oi Rodrigo e Geosh, quero primeiramente agradecer a vcs pelo site emagrecer de vez, o site é tudo de bom!!! enfim, eu fiz o calculo do meu peso na calculadora de vcs e deu que eu estava no meu peso ideal, poreemm quero muito eliminar gordura localizada, o indesejável e detestável “pinelzinho”, o que eu faço?! vcs podem me ajudar?! me respondam por favor. vou ficar aguardando ansiosa. desde já agradeço a vcs por todo trabalho e dedicação. que Deus continue abençoando vcs e dando forçar pra continuarem. bjs

    • Jaqueline, veja o artigo do mito do peso ideal. Abraços!

  • Camila

    Estou adorando o site, pela 10000x estou tentando emagrecer, e dessa vez eu vou conseguir !!

  • fabia

    muito bom tudo isso é o que faltava em materia de estimulo ,UM PASSO DE CADA VEZ

  • Michelle

    Olá Rodrigo e Geosch,
    gostei muito do site e de todas as preciosas informações disponibilizadas aqui.
    Achei na internet o desafio de 3 meses, e gostaria de por em prática. Porém, lí em outro comentário, a resposta do Geosch, dizendo “…O desafio de 3 meses saiu do ar porque o processo de 10 dias se mostrou menor e mais eficiente! O desafio de 3 meses era bem complicado. No livro novo tem um desafio de 1 mês também!”
    Como faço para obter o livro novo e saber mais do desafio de 10 dias ou 1 mês? Devo fazer o desafio de 3 meses ?
    Muito obrigada! =D