Obturações Nos Dentes? Come Muito Atum? Os Riscos da Contaminação Por Mercúrio.

Geosh aqui para um artigo rápido.

mercuryEu achava que era bem comum as pessoas saberem dos riscos das obturações de amalgama nos dentes, já vi até algumas reportagens na TV a respeito. As obturações de amalgama foram proibidas em 2011 na Europa e já são proibidas no canadá desde 1996, para mulheres grávidas, crianças e pessoas com problemas no fígado.

Um projeto de lei foi aprovado no Rio em 2013 proibindo a utilização de Amalgama no estado. Conversando com várias pessoas, descobri que não só muita gente ainda não sabe, como ainda tem as obturações de amalgama. Ainda temos muitas pessoas com obturações metálicas nos dentes, que utilizam amalgama.

A amalgama é a liga metálica utilizada na obturação dentária, que é metade prata, zinco e cobre, e metade mercúrio.

Os Riscos da Contaminação por Mercúrio de Obturações

dentesO mercúrio é um metal que evapora à temperatura ambiente, ou seja, se você tem uma obturação de amalgama com mercúrio, ele fica evaporando o tempo todo dentro da sua boca. A contaminação por mercúrio pode causar problemas no fígado, rins, cérebro, queda de cabelo, etc.

Quando esse vapor de mercúrio vai parar no nosso sistema nervoso, ele pode causar problemas de ordem psicológica, neurológica e imunológica. O mercúrio de uma obturação pode evaporar até 15 microgramas por dia. Por causa de 2.3 microgramas, houve em 2006 um alerta mundial de cientistas por causa da contaminação dos oceanos e da vida marinha por mercúrio.

Ps: Se você pensa em remover suas obturações de amalgama(eu removeria as minhas), converse com o seu dentista a respeito e o pergunte se ele está ciente de todos os procedimentos necessários para evitar a sua contaminação e a dele durante a remoção. Sim, é tóxico a esse nível.

Os Riscos da Contaminação através da Alimentação

O mercúrio é tão tóxico, que uma gota de mercúrio em um lago é o suficiente para que os peixes nesse lago se tornem impróprios para o consumo. Hoje, a contaminação dos peixes por mercúrio já é uma realidade com a qual temos que lidar, assim como a falta d’água e o aquecimento global. A espécie humana está envenenando também um dos melhores alimentos que existem: Os peixes.

lata de atumOs peixes mais contaminados são os maiores e no topo da cadeia alimentar, ou seja, se ele come outros peixes, está mais contaminado. Portanto, atuns Bluefin e Albacora, cação, peixe espada e companhia. E também o salmão vendido no brasil. As pessoas que sofrem mais risco são as mulheres grávidas, as crianças e bebês e as mulheres em um período pré gravidez. As recomendações são que se consuma esses alimentos no máximo algumas vezes por semana, portanto, se você consome algum deles com mais frequência, é bom ficar de olho nas quantidades, e também nas quantidades que vai comer de agora em diante, uma vez que é esperado que os níveis de mercúrio DOBREM até 2050.

Geosh.
Principal Referência
—————————————————————————————————————————-

Banner250x250_2

Você deseja uma resposta passo a passo, completa e cientificamente eficaz para atingir o seu objetivo de emagrecimento de uma vez por todas? Te convido a conhecer o Livro Eletrônico Emagrecer de Vez.

Se você já conhece a eficácia do método e já tomou a DECISÃO de mudar de vida e investir nesse livro eletrônico: Clique AQUIesse link leva direto para a compra.

Clique aqui para conhecer!
Clique aqui para conhecer o novo livro de receitas.

Conheça também o novo livro de Receitas do Rodrigo, o 50 Receitas para emagrecerdevez. Ele tem alternativas realmente deliciosas que substituem qualquer alimento que você poderia utilizar como ¨desculpa¨ para não se alimentar de maneira Emagrecedora. No site ainda temos o Best Seller Hipertrofia Muscular, Para quem quer ganhar massa magra e obter os melhores resultados de maneira otimizada na academia.

————————————————————————————————————————-

  • Michelle Casadei

    Nossa até o salmão, como abrir mão deste alimentos que até então pra mim era um exemplo de boa saúde? O que seria o ideal para subistitui-los?
    Adoro os artigos de vcs!!

    Michelle

    • Michelle, penso que não seja necessário abrir mão, mas infelizmente consumí-lo todo dia se torna cada dia mais arriscado. É um alimento extremamente nutritivo, rico em omega 3, vitamina d, acho que uma boa é sempre pesquisar quais são os nutrientes de um alimento e de onde conseguir esses nutrientes em outro alimento quando quiser fazer qualquer substituição. Abraços!

  • José Marcelo Vieira

    É uma pena e tristeza enormes, creio que cada vez mais poderemos dizer que não existe mais imunidade a tantos agentes tóxicos na natureza, do tanto que o homem a manipulou. Estamos rodeados disso até os dentes, na forma mais infame e literal do trocadilho… Mesmo que façamos todo o esforço para nos livrarmos desses agentes nocivos, teremos que nos ressentir e nos adaptar, pois estão em toda parte, e resignadamente pensar em quantos de nós estamos adoecendo, quantos já adoeceram, quantos morreram e quantos morrerão. É uma lástima desanimadora, mas lutemos enquanto estivermos vivos, não temos escolha… ou temos?

    • Realmente não temos. E temos que lutar a boa luta, José, que é tirar a ignorância da nossa cabeça e da cabeça dos outros. A ignorância nos torna absurdamente inconsequentes, e o preço disso é realmente o preço que você já vislumbrou. Um grande abraço!

  • Mirtes Rossi

    Olá querido Geosh, tudo bem? Esse site é simplesmente o máximo! Adoro!
    Andei lendo sobre o salmão e ficou a dúvida: comer pouco ou não comer mais?
    E o sashimi, pior ainda?
    Beijos

    • Olá, querida Mirtes! eu particularmente decidi só reduzir o consumo, manter esporadicamente mesmo. Se você consumir muito, pode ser uma boa pensar em como substituir do ponto de vista nutricional, ou consultar um profissional da nutrição a respeito. Beijos!

  • Mirtes

    Grata por seu retorno Geosh.
    Grande beijo

    • Disponha Mirtes. Outro!

  • Fabio

    Geosh ha um mês comecei a dieta com as informações do livro mas não percebi nenhuma alteração no meu peso e em minhas medidas. Pode ocorrer de eu precisar de mais tempo para me adaptar? Ou pode ser algum erro meu? Obrigado.

    • Fábio, se nem o peso nem as medidas abaixaram, acredito que algo pode estar interferindo sim. Como está sua alimentação no dia a dia?

      • Fabio

        Geosh como vai?
        Bem, pela manhã tenho comido um pedaço de bacon e 2 ovos. As13 hs como vegetais cozidos ou salada com carne. As 16 hs como um pedaço de queijo ou iogurte sem açúcar. As 18hs como peito de frango e vegetais cozidos e refogados  na manteiga com bacon. Geralmente não como mais nada a noite, mas se ficar com fome como um pedaço de queijo ou cenoura crua. Somente no sábado como pão, batata frita mas também não exagero. Os vegetais que tenho comido são o brócolis, abobrinha, cenoura e couve flor. Uso manteiga com sal e compro o bacon no açougue, destes vendidos em pedaços com sal. Obrigado.

        • Respondi no outro comentário Fábio! abraços!

  • Fabio

    Geosh não sei se apareceu minha resposta.

    • Fábio, agora vi aqui. A impressão que tenho é que você está focando a alimentação na nas proteínas e gorduras e deixando os carboidratos de verduras e legumes de lado. A impressão que se tem numa alimentação correta é de que legumes e verduras é o que mais se come, entende? Do que você listou, apenas o iogurte e o queijo podem estar interferindo no seu emagrecimento, a resposta do organismo pra eles é individual

  • Fabio

    Geosh, obrigado pela resposta. Se entendi corretamente, deveria aumentar o consumo dos legumes e verduras e deixar o queijo e o iogurte. Seria isso? Obrigado, abraços.

    • Fabio, quanto aos legumes e verduras, é o que eu faria, quanto ao iogurte, provavelmente interferirá no emagrecimento, quanto aos queijos, vale o teste. Abraços!

  • Gilnei

    Uma questão dentária. O tártaro tem haver com o tema do mercúrio? E se não, qual seria o motivo?

    • Gilnei, que eu saiba não tem a ver com o mercúrio não. Eu notei uma melhora significativa na minha saude e limpeza dental depois de mudar a alimentação. Acredito que uma série de problemas dentais estão ligados ao consumo de carboidratos mais densos, além das farinhas e açúcar. Veja também o artigo sobre os dentes que conta a história do weston price, é muito interessante =)