Festas? Churrascos? Veja aqui um jeito simples de se refestelar e evitar o ganho de gordura

“AVISO: Este artigo foi escrito anos atrás e pode estar desatualizado enquanto à melhor ciência nutricional vigente. Por favor visite a página de artigos para ler os artigos mais recentes que retratam as verdades científicas atuais.”


Bom dia/tarde/noite/madrugada !

Este artigo novo irá falar sobre um assunto que tomou minha atenção recentemente. Entretanto, resolvi torná-lo disponível, primeiramente, apenas para os seguidores do site no Twitter e no Facebook. Então se você já segue o site lá, já viu este artigo em primeira mão e já evitou ganho de gordura nos últimos fins de semana, hein? 🙂
Bom, se você é um(a) seguidor(a) do site, merece ter privilégios e é por isso que disponibilizei primeiro lá.

Ah, caso ainda não receba os artigos por e-mail, invista 2 segundos e cadastre seu e-mail aqui na barra ao lado –> e junte-se a outras milhares de pessoas felizes e de bem com a vida hehehe… Este tipo de conhecimento aqui, ninguem te conta!

Ok, vamos ao assunto de hoje!

O artigo resumido em poucas frases

Se você planeja ir para uma festa, para churrascaria, para um pique-nique, viagem, etc e sabe que VAI comer além da conta, utilize-se do que a ciência descobriu recentemente e diminua as chances de armazenar este excesso de energia como gordura, fazendo 2 sessões curtíssimas (por volta de 1 minutos cada) de exercícios simplérrimos a cada refeição gulosa que você vai ter!

– O fí de Deus, mas agora diga de onde que você tirou isso, blz?

Beleza, beleza! Vamos agora pra parte emocionante da coisa. Como você já deve estar acostumado(a), sabe que eu sempre coloco uma pitada de ciência pra explicar as coisas né? Mas, claro, sempre de forma fácil e clara… alias, sou da opinião de que se você não consegue explicar algo de forma simples e clara, então, você mesmo não entende bem o que ta falando.

O grande responsável por tornar isto possível é chamado de GLUT-4!

Sim, o nome parece do novo exterminador do futuro, pensei a mesma coisa. Mas veja comigo agora por que eu também me surpreendi com o assunto.

GLUT-4

O GLUT-4 (Glucose transporter type 4) é uma proteína transportadora de glicose, encontrada na gordura (tecido adiposo) e nas células musculares estriadas (como coração e tecido muscular esquelético), que são os tecidos que mais respondem à ação da Insulina.

A primeira menção a esta proteína, neste sentido, foi em 1988, ou seja, é muito recente! (Lembre-se que o que é dito abertamente para o público geral, já esta em média 20 anos defasado, ou seja, o conhecimento de ponta geralmente fica disponível e é difundido abertamente para o público geral em média 20 anos depois!!!).

A GLUT-4 tem sido estudada mais intensamente nos últimos 15 anos apenas e estes efeitos comentados aqui foram ficando claros somente por volta de 1995!

Esta proteína é reponsável pelo transporte da glicose do sangue para dentro das células. A insulina, como você sabe muito bem caso tenha lido o artigo aqui do Emagrecer de Vez sobre o assunto, é o responsável por levar a glicose do sangue até as células.

A GLUT-4 se encontra dentro das células e se move para a superfície das mesmas, primordialmente, através de contrações musculares. Quando a GLUT-4 se encontra na superfície celular, ela “aperta a mão” da Insulina, agradece pela carga nova de glicose que chegou e leva essa carga para dentro da célula. Agora veja, como eu disse, a GLUT-4 se encontra principalmente no tecido adiposo e nos tecidos musculares esqueléticos.

Ao tratarmos da GLUT-4 presente na gordura, ela irá receber a carga nova de glicose do sangue e irá armazena-la na célula adiposa, ou seja, fazendo ela ficar maior, ou seeeja, yes! você vai estar ganhando massa gorda!

Agora, no caso da GLUT-4 presente nos tecidos musculares, é diferente. Como você ,com certeza já sabe, caso acompanhe aqui o site, os músculos são usinas de queima de energia, então, ao receber esta carga nova de glicose, ela será usada como energia pelo próprio músculo, ou seja, torrando a energia ao invés de armazena-la como gordura.

– Agora a moral da história.

Como disse mais acima, a GLUT-4 é estimulada a mover-se para a superfície celular através de contrações musculares. O que você quer é mover a maior quantidade possível de GLUT-4 para a superfície das células MUSCULARES. Quanto mais glicose for absorvida pelos músculos e torrada como energia, MENOS será absorvida pelas células adiposas e, portanto, MENOS energia será armazenada na forma do tão temido seeeebo, sim, gordura.

Outra notícia boa é que é bastante fácil de se incentivar a movimentação da GLUT-4 para a superfície muscular. Pra isso, basicamente, o que você precisa fazer são algumas séries muito curtas de exercícios SUPER simples logo antes da refeição gigante e, novamente, depois de um tempo após a comilança.

– Ok, saquei! Agora me diga então, EXATAMENTE, o que eu preciso fazer!

Caramba, mas ta exigente hoje hein?! ok…

Um comentário rápido: Como você sabe, eu não tiro as coisas que escrevo aqui do ar. Eu procuro sempre ter acesso a melhor informação possível que encontro disponível, entender o assunto e depois colocar aqui no site, de um jeito simples e claro, tudo que acho de mais útil. No final, eu posto as principais referências utilizadas.

Na prática então, faça o seguinte:

-> Logo antes da refeição, vá ao banheiro ou qualquer outro lugar, e faça de 60 a 90 segundos de um dos simples exercícios que comento abaixo.

-> Após a refeição (idealmente por volta de 1 hora e meia após o rango), repita a série.

Isso mesmo, são aproximadamente 180 segundos de exercícios apenas para tirar vantagem do GLUT-4 e diminuir suas changes de ganhar gordura corporal quando você exagera na comida.

Duas sugestões de exercícios simples são:

Agachamento

Veja a foto abaixo que explica melhor do que se eu tentar explicar aqui:

Agache e levante. Preste atenção na posição correta das costas.

Tríceps na parede

Veja a foto abaixo:

Basicamente, flexione seus braços contra a parede.

Pronto. Faça entre 60 e 90 segundos de um desses exercícios, em 2 sessões e pronto.

Existe um provérbio chinês que diz:

“Fàn hòu bǎi bù zǒu, néng huó dào jiǔ shí jiǔ”, que basicamente diz que se você dar 100 passos após cada refeição, você pode viver 99 anos. Será que eles sabiam do GLUT-4 naquela época? hehehe…

É isso ai então por hoje. Espero que tenha sido algo útil e novo para você e que você faça uso e passe adiante esse conhecimento. Por que não tirar proveito as vezes do que a ciência aprende né? 🙂

Tudo que puder te auxiliar na busca ou no mantenimento de sua forma ideal, é vantajoso!

Desejo-lhe uma ótima comilança! Sim, por que as vezes é necessário até mesmo para nossa saúde mental né? heheh… mas agora com menos gordura armazenada e mais alegria 🙂

Em prol do seu sucesso e boa forma,
Rodrigo

REFERÊNCIAS

http://www.wisegeek.com/what-is-glut4.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/GLUT4
The 4 hour body

  • Nalu

    Rodrigo, boa tarde. Adoro seu blog e seus artigos.
    Eu gostaria de saber, se uma caminhada mais intensa, nao ativaria a GLUT4,ou seria so os exercicios especificados no artigo? E se for feito todos os dias???Pode favorecer?
    Obrigada.

    • Rodrigo

      Oi Nalu,

      A ideia eh contrair grupos musculares grandes. A caminhada ajuda sim..mas nao contrai realmente os musculos como os exercicios, entende?

      No dia a dia mesmo, o ideal seria mesmo um programa de exercicios.. seja na academia ou em casa… caminhada tambem sempre eh bem vinda, claro.

      Abraco,
      Rodrigo

  • Olá Rodrigo, boa tarde!
    Conheci seu blog depois que me pesei e descobri que estava acima do meu peso em 45 kg. Fiquei arrasada e cheguei em cada decidida emagrecer urgente sem tomar remédios 🙂 Hoje tem 4 dias que estou acompanhando seu blog e seguindo suas dicas, que são ótimas por sinal!
    Adorei esse artigo porque trabalho com festas e nos fins de semana passo o dia todo na rua, no fim sempre acabo beliscando alguma besteira.
    Durante a semana tá sendo bem tranquilo e também estou praticando spinnig, musculação e fazendo corridas na esteira intercalando entre caminhada leve, forte e moderada. Serpa que chego lá?

    Abraços.

    • Rodrigo

      A pergunta “Será que eu chego lá?” nao existe Ana 🙂 Voce jamais deveria perguntar algo assim.

      Voce COM CERTEZA chega lá.. a pergunta é: “Voce quer realmente chegar lá?”,se voce quer, com todas suas forcas… o sucesso é inevitavel! Bote fé 🙂

      Abraco,
      Rodrigo

  • Esse artigo foi muito bom! Parabéns!!

    • Rodrigo

      Obrigadao Ellen 🙂

  • Nati

    Oi Rodrigo, você sabe alguma coisa sobre workout insanity? Achei no youtube muitos vídeos de pessoas que seguem esse programa. Ele é baseado no MAX Interval Training. Elas mostram resultados muito bons em 60 dias. Baixei os vídeos e o programa de nutrição, porém é tudo em inglês =/

    Beijos

    • Rodrigo

      Oi Nati,

      Bom, existem muitos programas por ai com nomes bonitos e tudo mais, nunca li sobre este em particular. Com certeza muito deles funcionam, mas voce nao precisa ser extrema na questao da atividade fisica ou dieta. Eu sugiro que voce tire um tempo e leia o Desafio do Emagrecer De Vez. Com isso voce nao precisa se preocupar com nenhum outro “workout insanity” da vida nao pra obter os resultados que deseja 🙂

      Abraco,
      Rodrigo

  • Rodrigo, curto muito o seu site e fiquei feliz de ter encontrado algo que tenha realmente qualidade na internet sobre o assunto. Eu gosto de ler bastante sobre alimentação emeagrecimento, porque desmistificamos todas essas “balelas” que ouvimos por aí. Eu estou bem longe de entender tanto quanto vc, é claro, mas tenho, há muitos anos, o objetivo de emagrecer. Há 5 anos atrás, reeduquei minha alimentação e perdi 15 kg em 4 meses. Mantive meu peso até o ano passado, quando engordei 5 kg. Ainda estou longe de ser magra, pois tenho 65 kg e apenas 1,51 m.

    Venho tentando voltar à rotina de alimentação saudável, mas tenho sempre o mesmo problema: consigo me manter bem com um cardápio saudável, perder peso, mas apenas se eu não abrir nenhuma exceção. Ou seja, se eu, num domingo, decidir comer um pedaço de bolo de chocolate, eu me descontrolo e acabo saindo da alimentação saudável de vez. Costumo dizer às pessoas que sou como uma alcoólatra: nunca posso dar a primeira mordida, hehe. Se eu conseguisse manter o cardápio sem abrir uma única execeção por mais de 2 meses, estaria ok, mas não é isso que acontece pq acabo sentindo falta de comer uma guloseima ao final desse tempo, abro uma exceção… e aí já viu… no dia seguinte já estou comendo outras bobagens. No plano alimentar que vc sugere, vi que há um espaço para uma refeição livre por semana. Acho interessante, mas como fazer no meu caso? Sempre tenho a impressão de que a coisa só dá certo comigo quando não abro essas exceções, mas tb não acho legal viver infinitamente se privando de um alimento que gosto muito.

    O que será que acontece comigo? Será um simples vício pela comida? O que acontece no nosso organismo quando ingerimos uma guloseima depois de tanto tempo? Me ajude, por favor.

    • Rodrigo

      Oi Raquel,

      Te entendo bem. Mas uma coisa interessante eh o que voce mesma disse: “Sempre tenho a IMPRESSAO de que a coisa soh da certo se nao abro excecoes…”

      Voce tem a IMPRESSAO. E a melhor parte eh que voce sabe que isso eh uma impressao. Com certeza, comer uma guloseima aqui e ali nao tem problema e eh saudavel, tanto psicologicamente, quanto ateh fisicamente falando.

      Se fosse voce, eu me desafiaria a comer o bolo no domingo que seja e CONTINUAR com os bons habitos apos isso. Eu me desafiaria a testar minha forca de vontade e determinacao. Coma o bolo e preste atencao ao seu comportamente… veja como voce vai lidar conscientemente com esta vontade de continuar comendo essas coisas.

      Tenho certeza que este simples desafio pessoal, pode solucionar o seu dilema.

      Para sua ultima pergunta: Sugiro que leia este artigo especial: http://emagrecerdevez.com/comer-a-mais-ajuda-a-emagrecer-isso-mesmo

      Abraco e sucesso!!
      Rodrigo

    • Viviane

      Nossa, como se eu ouvisse a minha história… Vício em comer besteiras, se saio da linha um minuto, já não consigo manter mais, muito difícil isso!

  • Valentina

    Olá Rodrigo, como vai?
    Já li várias vezes o seu artigo sobre Interval Training pois me chama muito atenção mas ainda não pratiquei, vou ainda essa semana editar uma música e fazer um teste.
    Mas gostaria que me tirasse uma duvida, se puder. Você deve conhecer o Jump né? aquela aula com o mini trampolim. Na sequencia da aula há vários tipos de intensidades, com picos e descansos, mais ou menos como no treino intervalado, mas acho que o tempo de duração é que difere. Essa modalidade serve como um Interval Training?? ou é só um exercícios aeróbico?
    Outra duvida … Em algumas bicicletas ergométricas tem uns programas que variam a intensidade conforme um período de tempo ( de mais ou menos 1 minuto) isso poderia ser usado no Interval Training?
    Desde já muito obrigada
    Abraços

    • Rodrigo

      Oi Valentina,

      No geral todos os exercicios com intensidades intermitentes podem ser considerados de alguma forma como interval training. Mas algo importante de se ter em mente eh que pra tirar os beneficios dessa pratica, eh necessario os momentos de alta intensidade sejam de fato de alta intensidade, de forma que quando voce diminuir o ritmo ou descansar um pouquinho, vc tenha aquela sensacao de estar sem ar.

      Eu li uma vez que vc sabe quando ta funcionando se depois da alta intensidade voce nao conseguir falar 🙂 heheheh… Sao exercicios ANAerobicos… e isso eh uma caracteristica clara, a falta de ar devido ao esforco grande durante um periodo limitado de tempo.

      Entao, se voce se sente assim na bicicleta ou no jump, esta no caminho certo 🙂

      Abraco,,
      Rodrgio

  • Rodrigo, obrigada pela resposta. Sabe, vc tem razão… Vou me propor esse desafio sim. Se eu tiver determinação, tudo é possível 🙂

    • Rodrigo

      Falou e disse, assino embaixo 🙂

  • Manoela

    Nunca imaginei. Foi uma otima dica..

  • jane

    Oi Rodrigo,estou super feliz de fazer parte do seu site,
    Na medida do possivel estu lendo os artigos e ficando cada vez mais maravilhada.
    parabens e muito obrigada!!!

  • adriana c leao

    Amei a dica! Posso fazer sempre que comer? Kkkkkkkk

  • Pedro Pereira

    Parabéns Rodrigo, Muito interessante esse artigo.

    Rogrigo/Geosh, minha dúvida é se podemos utilizar esta técnica diariamente, antes das maiores refeições como almoço e jantar ou se devemos utilizar somente para quando cometermos algum exagero?

    • Pedro, acho que, combinado com uma alimentação bem pensada, definitivamente vale o teste!

      • Pedro Pereira

        Minha alimentação está seguindo todas as dicas adiquiridas aqui 😉

        Vou tentar fazer este teste, você me aconselha faze-lo todos os dias, ou só os que eu não faço atividade física, por exemplo, estou fazendo musculação seguido de HIIT seg, qua e sex e já senti diferença em relação a aumento de musculos e ganho de força, pois estava fazendo musculação todos os dias e estava correndo antes.

        • Pedro, acho que só nos que não faz atividade física. Claro, fica a seu critério também! Que bom saber que já deu uma melhorada nos resultados!

  • Priscila Sena

    Boa tarde, adquiri o livro, mas fiquei com uma dúvida.
    Escolhi o método MR, mas não vi diferença entre este e o método MT.
    E outra: só poderei beber água nos primeiros 30 dias do MR?

  • Mariana Santos de Assis

    Rodrigo, vc é meu mais novo herói!!! Me identifico com todos os casos que vc descreve no livro, meu companheiro inseparável rsrs
    Queria saber se esses exercícios para fazer antes de comilanças devem ser feitos em alta intensidade ou podemos fazer normalmente.
    Parabéns pelo trabalho e sucesso!!!

    • Mariana, Pode fazer normalmente! Abraços!