Você Gosta De Queijo?

QueijoBom dia!

Hoje estou aqui para quebrar alguns mitos (pra variar) e mostrar mais algumas verdades nuas e cruas!

Se você gosta de queijos e aprecia seus sabores (assim como eu), trago boas novas 🙂

Aviso: Este conhecimento pode chocar muita gente que possui certos mitos muito enraizados, porém, contra fatos não existem argumentos. Seguimos…

Calando Mitos

Quando você pensa em queijos como alimento rotineiro na sua dieta alimentar, o que lhe vem à cabeça?

Provavelmente, você vai pensar em coisas como: “ganho de peso, gorduras saturadas, infarto, problemas cardíacos, calorias, comer com moderação, etc”.

Bom, é aí que entram os mitos! Estes mitos são tão fortes e tão propagados na sociedade que pensamos neles mesmo involuntariamente. Resultado disso é que nossa saúde sofre! Balelas infestam o senso comum!

O maior mito, sem a menor dúvida, é a grande falácia de acreditar que gorduras saturadas causam problemas cardíacos e obesidade. Por décadas, a ciência veio acreditando neste mito completamente infundado e os governos vêm propagando estas informações equivocadas.

Finalmente, a verdade está vindo à tona e está sendo mostrado novamente que gordura saturada NÃO está relacionada com problemas cardíacos e obesidade, mas sim, o oposto, está relacionada com um aumento da saúde cardíaca! (1)

O que causa, em contra-partida, estes problemas é o consumo regular e exagerado de carboidratos refinados e açúcares, isso sim, como sempre venho falando aqui no Emagrecer De Vez! Estes alimentos são os venenos mais disseminados na sociedade.

Voltando aos queijos, eles são ótimas fontes de gorduras naturais, proteínas e vitaminas (com destaque para vitamina K2).

As melhores opções de queijos são, obviamente, queijos de procedência e orgânicos, feitos de leite de vacas alimentadas com pasto e não com grãos e soja (venenos). Porém, muitos dos benefícios do queijo ainda estão presentes em ambos os casos, conforme vou mostrar  mais abaixo.

Nota: Os queijos “orgânicos”, feitos com leite de vacas alimentadas com pasto, possuem uma quantidade adequada de ômega-3 e ômega-6, mantendo a relação ótima entre as duas. Isso não acontece em queijos feitos de leite de vacas alimentadas com ração de grãos e soja, nos quais, existe uma quantidade muito maior de ômega-6 e muito menos de ômega-3, o que é danoso à saúde.

A Nata Do Conhecimento

Como de costume, você pode esperar aqui do Emagrecer De Vez sempre a informação mais atual e verdadeira disponível no mundo e este caso, não é uma exceção.

Bastante recentemente, a ciência tem focado atenção no estudo da vitamina K2, a qual, tem se mostrado ser de extrema importância para a boa saúde óssea e cardíaca, entre outros fatores positivos.

Veja, quando pensamos em fortalecer os ossos e dentes, pensamos em cálcio, certo?

Agora, muitos pensam também em vitamina D para “fixar” o cálcio, certo? Certo.

Porém, quase ninguém pensa na vitamina K2 que tem papel essencial neste processo. Quanto mais cálcio e vitamina D se ingere, mais demanda existe para a vitamina K2!

A vitamina K2 é a real responsável por, de fato, “fixar” o cálcio nas áreas corretas e retirar o cálcio das áreas incorretas, como artérias e tecidos moles do corpo. Estudos têm mostrado que a suplementação de cálcio, muito comum em pessoas de mais idade que lutam contra enfraquecimento ósseo, etc, está vinculada à problemas cardíacos e infartos. Isso é seríssimo! (2)

Ao se suplementar com cálcio, sem uma ingestão natural e adequada de vitamina K2, a “fixação” deste cálcio não é feita de maneira adequada, podendo se concentrar em lugares danosos, como as artérias que acabam se enrijecendo e aumentando significantemente as chances de condições cardíacas e infartos. (2)

Sem vitamina K2, a suplementação de cálcio e vitamina D não é completa e muito poucos sabem disso!

Como a médica neuropata canadense Kate Rheamue-Bleue, autora do livro Vitamin K2 And The Calcium Paradox, diz: “Se você não consome regularmente laticínios orgânicos como, manteiga, ovos, queijos e produtos fermentados como, natto“, é praticamente garantido que você é deficiente em vitamina K2. (3)

Se você sofre, então, de problemas de calcificação óssea, sugiro fortemente que preste uma atenção especial nesta questão. Pouquissimos médicos têm ciência do avanço dos estudos relacionados à vitamina K2, infelizmente.

Nota: Muitos mencionam a vitamina K somente, que é, na verdade, a vitamina K1, a qual, é bastante diferente. Caso não dito K2 explicitamente, é certeza que estão se referenciando à vitamina K1, ao invés.

Queijo Para Sua Saúde!

Os queijos, além, de serem fontes de proteína e gorduras de alta qualidade, também são ótimas fontes de vitamina K2!

Os melhores queijos para vitamina K2 são: brie, gouda, cheddar (de qualidade), suíço, gruyere, queijo de cabra, edam, etc.

Neste caso, não importa muito se o queijo é de procedência orgânica ou não, já que a vitamina K2 é fabricada pelas bactérias no queijo e não está relacionada com o leite usado como ingrediente.

Nota: A melhor fonte de vitamina K2 é o natto, que é um alimento fermentado de soja. Porém, não é algo comum. Fica como informação apenas.

Queijos oferecem uma combinação magnífica de vitaminas, minerais, aminoácidos e omega 3, incluindo também o trio de vitamina D, vitamina K2 e cálcio! Esta tríade é essencial para a redução de doenças cardiovasculares e osteoporose. Sem contar os benefícios para o cérebro!

Amantes de queijo, chutem os mitos e abracem a realidade 🙂

Nota: Atenção para os falsos queijos, aqueles industrializados e processados, como cream cheese, etc. Opte por queijos reais! Queijos reais são feitos de basicamente leite, cultura de bactérias, sal e enzimas específicas, nada mais.

Nota: Se você tem intolerância à lactose, existem muitos queijos que você pode consumir que não irão causar problemas, basta pesquisar 🙂

—-

Livro eletronico Emagrecer De VezÉ isso!

Espero que esta informação tenha adicionado coisas novas no seu dia e que você possa olhar, agora, para os deliciosos queijos de uma forma diferente e não desviar o olhar quando rolar aquele clima entre você e eles 🙂

Em prol da sua saúde e qualidade de vida,

Assinatura_pequena-menor

  • Joicy

    Adorei esse artigo!!!
    Todo dia cedo antes de sair do uma passadinha aqui kkkkk!
    Abraços.

    • Obrigado, Joicy! Estamos postando geralmente 2 por semana, então sempre vai ter coisa nova pra você. Abraços!

  • Luiza

    Gosto muito do seu blog, mas acho que você está se contradizendo.
    Neste Post, vc diz maravilhas sobre o queijo, mas em outro, divulgado meses atrás, vc diz que o leite (cujo queijo é derivado) deve ser evitado.
    assim você deixa quem lê o seu blog cada vez mais confuso.

    • Ada

      O problema não é esse!

      O problema é a LACTOSE, que no queijo, foi DIGERIDA pelas bactérias, mas está abundante no leite.

      A lactose causa sim vários problemas, e é um açúcar.

      • Rogério

        sim ! e além da lactose o problema com o leite é o nescau tomamos junto.

    • Olá, Luiza! O teste do leite fui eu quem escreveu. O teste ainda é super válido, algumas pessoas tem intolerância a lactose, outras são alérgicas a caseína, etc. Tem muita gente que realmente não pode e se beneficia(e muito) de ficar sem. Pra quem pode consumir laticínios(não é o meu caso, eu me limito a manteiga apenas), Os queijos naturais, iogurte, etc são uma maravilha!

      • Luiza

        Podia ter explicado mais sobre essa questao da lactose, algo que você só menciona no final. Enquanto no outro post, vc fala disso o tempo todo.
        Mas pelo menos, isso esclareceu um pouco.
        Só espero que tome mais cuidado para nao cair em contradição novamente.

        • É que um artigo é meu, o outro do Rodrigo, Luiza. Não existe contradição, apenas desentendimento. As mesmas regras continuam valendo. Se você pode com o leite, os queijos são muito bem vindos! Se você não pode com o leite, talvez você possa com os queijos. E se você não pode com um nem com outro(o meu caso), aí paciência né?

  • Elany

    E em relação ao queijo coalho e mussarela, pode ser consumido como lanche em que quantidade?
    Amei o post pq amo queijo, e é bom saber que posso comer sem peso na consciência!!

  • Paulo Madazio

    Rodrigo, legal. muito interessante o artigo. Mas, e quanto ao Queijo Minas Frescal, muito comum aqui no Brasil? Ele não é mencionado no artigo. Na minha dieta, quando não como ovos, como o queijo Minas Frescal no café da manhã. E quanto aos queijos mais “baratinhos” (ou mais acessíveis a nós, simples mortais) como, Prato, Mussarela, Minas Padrão, etc?

    • Paulo, Nesse caso vale descobrir como o queijo é feito. O queijo minas que minha mãe compra do lado lá de casa é feito de maneira natural, com leite sem ferver(algumas pessoas só tem reações alérgicas com laticínios quando os mesmos passam por pasteurização, e etc.) Abraços!

  • Consuelo

    Rodrigo? Geosh? (hehehe)
    Vocês andaram vendo os posts do clube foi? Falamos muito sobre isto esta semana e a conclusão foi a mesma da do artigo: se vc gosta e não tem intolerância: vai fundo!!!
    Amei o artigo e mais uma vez, obrigada pela “munição”!!!!

    • Tatiana Rohricht

      é até dificil acreditar que tudo que é bom (bacon, manteiga, nata, queijo, creme de amendoim, carne gorda) faça parte da nossa alimentacao…

      • Tatiana Rohricht

        quando eu digo pras pessoas que cortei as farinhas, o pao, etc…elas perguntam: o que tu come no cafe da manha? e eu respondo: ovo com bacon, as pessoas arregalam o olho e nao se acreditam hehehe

        • Nercy Luiza Barbosa

          Quando digo que como ovos de todos os jeitos possíveis, incluindo com bacon, as pessoas quase infartam. kkkkkk.

          E ainda perguntam: Café da manhã americano, é?

          E eu: Americano não, é meu mesmo!

          • Nercy, as pessoas estão acostumadas com o arroz com feijão, literalmente. Quando alguém faz algo diferente da compreensão básica, elas ficam procurando uma maneira de enquadrar aquilo em algo que já conhecem, hehehe

    • Ei Consuelo! Rodrigo que escreveu! Eu não sei se ele viu o clube essa semana(eu andei meio atarefado e ausente) Mas é bom saber que tá todo mundo no mesmo pé! Ah como eu queria ser um desses que pode com queijo ehuehueheuheu
      Grande abraço, querida =)

  • Maria Silvestre

    Caros amigos do Emagrecer de Vez
    Este artigo não poderia ser mais agradável e proveitoso para mim que sou louca por queijos. Que bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e a dica de quais queijos consumir é simplesmente fantástica! meu corpo já mostra os benefícios da alimentação saudável que passei a fazer desde que conheci este site maravilhoso! Obrigada mais uma vez!

    Maria Silvestre

    • Oi Maria! Disponha! Bom saber que a gente contribuiu! Abraço =)

  • ermelinda andrade

    obrigado rodrigo por me envia tantas coisas util para meu bem esta fiquei muito feliz com o livro

    • Que bom, Ermelinda! Qualquer coisa tamos por aqui!

  • Jessica Arndt

    Abri meu email e quando vi o título pensei “ai meu deus, nao tire o meu queijo, rodrigo!”… ahaha
    Feliz em saber que posso continuar com meus queijos sem preocupacoes.
    Em Minas eu era viciada em queijo minas, comia 1/3 por dia. Quando cheguei na Alemanha estranhei muito os queijos daqui… mas hoje já me acostumei e gosto (tirando o cheiro… ja aconteceu do meu esposo abrir a geladeira da casa dos pais e eu perguntei pra ele se ele tinha soltado pum… sério, o cheiro é muuuito parecido! ahaha).

    E sobre queijo de búfala?? Eu sou apaixonada, como todos os dias… ele tem os mesmos benefícios dos queijos de vaca?

    Abracao pra voces, e parabens pelo artigo, Rodrigo! 🙂

    • Ei Jé! Como todo mineiro queijo é uma coisa que me faz falta, viu, mas vc já sabe do meu caso, tenho que limitar mesmo. Mas cheiro de queijo, mesmo forte, eu gosto demais! No caso do queijo de búfala, temos que ver como ele é feito. Acredito que se a búfala come pasto e o queijo é feito naturalmente, não deve ter problema nenhum. Abração!

  • Renata

    “Opte por queijos reais! Queijos reais são feitos de basicamente leite, cultura de bactérias, sal e enzimas específicas, nada mais”.

    Quando o Rodrigo mencionou esta frase, acredito que aqui se incluem os queijos minas e aqueles que normalmente usamos para fazer pão de queijo. Eu particularmente AMO comer derretido na frigideira e com algumas gotas de shoyu.

    • Sim, Renata! Pelo menos os feitos aonde meus pais moram são feitos assim!

  • Muito bom esse documentário sobre os queijos. Precisamos ler mais, abraços.

    • Que bom que gostou, Mair! Vamos produzir no mínimo 2 artigos por semana, fique ligada. Abraços!

  • karina

    olá, como queijo mussarela praticamente todos os dias desde que aprendi e tirei carbo da minha dieta, por isso gostaria de saber se posso continuar me alimento assim?

  • karina

    Olá, como queijo mussarela praticamente todos os dias desde que aprendi a comer e tirar o carbo da minha dieta, por isso gostaria de confirmar se posso continuar me alimentando assim?

    • Karina, se você tiver alguma dúvida em relação ao impacto do queijo e dos laticínios no seu organismo, veja o artigo do teste do leite!

  • FATIMA SOUSA

    fiquei muito alegre com essa notícia, pois gosto muito de queijo, ah tenho uma boa nótícia já emagreci 10 quilos. minha médica ficou mais alegre que eu kkkkkkk.

    • Parabéns, Fátima! 10 kg é coisa pra caraaamba!

  • Consuelo

    Para mim, o maior mito que é derrubado por esta alimentação aqui preconizada é: “tudo que eu gosto é ilegal, é imoral ou engorda” – pelo menos no que se refere à terceira parte – rsrsrsrsrsrs

  • Mariana

    Olá Rodrigo! No artigo “O Teste do Leite + Uma Ótima e Nutritiva Alternativa” vc fala sobre os problemas que os laticínios podem causar à saúde e relata o teste que vc fez e os benefícios que teve. No artigo “Você Gosta De Queijo?” não estaria contradizendo o anterior? Afinal, os laticinios devem ser evitados ou pra um lado fazem bem e pra outro mal? Fiquei com essa dúvida, se realmente é saudável consumí-los ou é melhor evitá-los.Abço.

    • Guilherme

      Acredito que o “problema” é a lactose Mariana e não o leite em si.

      • Algumas pessoas são alérgicas a lactose, outras são alérgicas a caseína S1. Outros não tem problemas com alimentos feitos com o leite cru, sem pasteurizar, ja há outros que nem assim. E ainda tem gente que toma leite de caixinha e não tem nada! O assunto é mais complexo, mas vale demais o teste!

    • Olá, Mariana! O artigo do teste do leite foi escrito por mim. Muita gente mesmo tem problema com laticínios, mas pra quem não tem é uma boa, dentro das condições citadas no artigo! Eu sugiro fazer o teste e descobrir se você fica melhor sem ou com os laticínios. Se ficar melhor sem os laticínios, você pode reinserir um por um e descobrir o que é que te trás problema. Abraços!

  • Matheus

    Faz muito mal consumir alimentos “saudáveis” de animais que comem soja ou outras sementes?
    Porque um alimento orgânico é difícil de achar e o preço é mais caro…

    • Matheus, isso depende. Nos grandes centros o preço é ainda mais alto sim, mas há uma tendência de popularização e por conseguinte barateamento. Acredito que um consumo esporádico não deva trazer problemas, mas basear o seu dia a dia neles não é mesmo uma boa idéia. Abraços!

      • natalie

        Boa pergunta Geosh! Aqui em salvador é praticamente impossivel achar esses alimento “de procedencia”. O maximo possivel é em relação a peixe, ainda tem pescadores que revendem os peixes frescos, e frutos do mar. Mas em relação a carne e queijo é dificil.

        Como deveria proceder?

        • Procure nos mercados mais caseiros, ou procure por fabricação artesanal no rótulo dos queijos! Abraços, Natalie!

  • Marcela

    Amo queijo e desde janeiro que eu comecei a minha reeducação alimentar nao tirei meus queijos! E nem por isso deixei de ver resultados bons! O problema se chama excesso 😉

  • Nercy Luiza Barbosa

    Que matéria maravilhosaaaaa!

    Sou filha de mineira, que ama queijo, eu amo queijo, não vivo sem queijo.

    Acho que vou fazer um manifesto a favor do consumo do queijo. rrrssss

    Geosh ou Rodrigo, não citaram o queijo minas, alguma restrição a ele?

    Adorei a matéria.

    Abraços

    • Nercy, acho que o queijo minas é tranquilo também, desde que feito de maneira mais natural. Vale a pena tanto ficar de olho, quanto fazer o teste! Abraços!!!

      • Nercy Luiza Barbosa

        Já fiz o teste, Geosh. Tudo tranquilho.

        Abraços

        • Maravilha, Nercy! Abraços!

  • Taiane

    Levei um susto om o titulo. vocês gosta de fazer um suspense, hein! Gostei do artigo. A dúvida é a mesma dos colegas acima: E os queijos mussarela, prato, frescal, etc, entram nesta lista também?

  • Rodrigo, Amei o artigo. Bjos

  • Leonardo Lopes

    Eu to morando fora do país e aqui é mt dificil achar comida de qualidade, não existe mais nem aquilo de se comprar só nos cantos do mercado porque aqui é tudo porcaria, por sorte achei um queijo cheddar feito com leite cru e envelhecido por 2 anos, que me parecia atender bem ao que eu vejo sobre cheddar de qualidade. Aliás, mais uma otima matéria, quem sabe as pessoas consigam entender que um bom queijo é justamente um queijo gorduroso e parem de comer queijos artificiais feitos para quase não terem gordura. Afinal vejo muita gente no clube, cometendo o erro de introduzir apenas queijos brancos na dieta e reclamando que ainda sente fome, o que é obvio afinal o que mais sustenta em um queijo é justamente sua gordura.

    • natalie

      Muito bem colocado leonardo!! Acho que o que a maioria das pessoas que leêm o emagrecer de vez ja entenderam, ou tem que entender, é justamente que as gorduras são nossas amigas! 😉

  • rita

    amei a dica e a quebra de mitos….porem só fica uma dúdvida …será o queijo frescal e mussarela e queijos industrializados tem essas vitaminas, pois é difícil achar queijos organico, podem ser consumido.

  • Raquel Souza

    Oba!!!! posso continuar com meus queijinhos matinais e noturnos , só pra constar ja se foram 11 kg em 56 dias e 12 cm de cintura!!
    Passei do manequim 50 para o 48!!! e vamos que vamos.

    • Parabéns, Raquel! Vamo que vamo! =)

  • Luciane

    E as pílulas de lactase?

    • Luciane

      Alguem sabe dizer de a lactase é boa?

  • Junior Nasicmento

    Fala Rodrigo e Geosh,

    Então, gostaria que fizessem um artigo sobre alguns mitos, tipo sobre o consumo de sal, se beber agua durante as refeições faz engordar, etc etc etc.

    Sobre o artigo fiquei muito feliz por quebrarem mais um mito! mais uma vez obrigado!!!

    • Fala, Junior! boa sugestão! A gente deve cobrir os mitos um por um, de tempos em tempos é uma boa sim fazer um apanhado! Obrigado e disponha!

  • Meninos,

    Minha pergunta é a repetição de outras duas: e os queijos “baratinhos”, tipo, muçarela, prato, minas, frescal e tal??

    • Ei Luciana! Tem que ver quais são os ingredientes e como cada um é feito. Mussarela sei que tem menos lactose, minas e frescal costumam ser mais naturais.

  • Fernanda

    Rodrigo, estou acompanhando e colocando em prática suas dicas de alimentação saudável e estou gostando do resultado, já faço uso do queijo, gostaria de saber a respeito do consumo de leite integral, que por sinal adoro. Obrigada

  • Ah, sim, diante do susto do título, quase que eu perguntei: “Quem mexeu no meu queijo?” Mas… ufa, ainda bem que vocês “mexeram” para o bem…

    • Hehe! Estamos saindo da corrida dos ratos, pelo menos podemos manter o queijo =)

  • Val

    Há 4 meses, depois de perder 18 kilos e por não gostar de leite e para a prevenção da osteoporose, pois entrei precocemente na menopausa há 3 anos. Desde que mudei p o Emag. de Vez, consumo diariamente, muito queijo e os queijos, não os citados acima, devido os valores altíssimos aqui no Brasil. Consumo diariamente, queijo prato ou provolone derretido com azeite, queijo de minas meia-cura ou curado, gorgonzola, queijo padrão, parmesão, etc. Fiz recentemente exames laboratoriais, e o HDL, LDL e VLDL, Triglicérides, TGO e TGP, e ainda Glicemia= todas as taxas com os valores normais. Tenho 50 anos, 1,65m e com peso atual de 54 k. Com uma disposição e energia de dar inveja no meu filho de 18 anos.

    • Que maravilha saber disso, Val! Ver a confirmação no papel é bom demais, né?
      Abraços!

  • oi geosh, bom dia, to eu d novo incomodando, mas preciso q vc me responda urgente prq estou com medo d estar comendo o queijo errado,comprei o queijo gouda eo gruyere da marca quatá, será q posso comer sem problemas?? des d jaa agradeço pela atençao.

    • Acredito que sim, Lenilda. Desconheço a marca, mas se estiverem de acordo com as instruções do artigo, não vejo problema.
      Abraço!

  • passando novamente pra esclarecer, sei q o nome dos queijos q sitei acima sao indicado por vcs, mas minha duvida e a marca. mais uma vez, obrigado

  • Fabiano

    Um breve comentário: To secando seguindo as dicas desse site. Limitei carboidratos, apesar de não conseguir ainda largar o pão francês com manteiga, mas cortei arroz, massas muito devez em nunca, refrigerante muito eventualmente tbm, muito mesmo, e tome carnes, peixe, legumes e afins, além de fazer academia….. pulei do manequim quase 44 para 40 em um pouco mais de 1 mês, e sem perder massa magra, pelo contrário, to secando e ganhei um pouco de peso, sinal que estou aumentando o índice de massa magra no corpo. To de bobeira com a eficácia de mudanças simples nos meus hábitos alimentares.

    • Fabiano

      *de vez em nunca…

    • Maravilha, Fabiano! Você deve ter perdido bastante gordura e ganho bastante músculo, cara! Eu fico de bobeira todo dia com as coisas que vejo aqui no site, queria que desse pra colocar isso numa pílula, engarrafar e vender! Pena que não dá, hehehe!
      Abraços!

  • Kelly

    Rodrigo, amo o blog, sempre acompanho e sigo tua “filosofia” de vida haha enfim, queria deixar a dica de um livro pra ti! É o Galactolatria: mau de leite. Como tu mesmo sempre diz, temos que ter a mente aberta e acho que esse livro é muuuito interessante! Se tiver a oportunidade, leia 🙂

    • Obrigado pela dica, Kelly! Abraços!!!

  • Pedro

    execelente artigo !
    obs: queremos podcasts semanais !

    • Pedro! Tem um gravado e mais um sábado agora! Deve aumentar a quantidade de podcasts também! Vamo que vamo! Abraço!

  • Larissa

    PUTZ GRIILA!! Quase comprei um outro ebook de nome MUITO parecido com “emagrecerdevez”, achando que era o emagrecer de vez, distração! Ainda bem que percebi a tempo. Agora, tu podia fazer um descontinho né?

  • Fabio

    Rodrigo ou Geosh, muito bom o post, principalmente pela abordagem sobre a vitamina K. Porém senti que houve pouca ou nenhuma informação sobre a caseína. A minha pergunta sobre a caseína é se vale a pena considerar ela como uma fonte importante de proteína? Pois tenho lido que pelo fato da caseína apresentar basicamente ligações BETA, a sua digestão ou disponibilidade seria ruim. Por favor, se puder escrever algo sobre isso eu agradeceria…Abraços.

    • Fala Fábio! Poisé, A alergia ao leite está ligada a caseína-s1, portanto é uma proteína controversa. A minha opinião? Ela não é tipo whey, que realmente não dá pra substituir. Pra liberação lenta você tem basicamemente todas as formas de proteína dos alimentos =) Abraços!

  • excelente comentário gosto muito de queijo fresco, mussarela, chedar, provolone e disseram que o queijo fresco resseca ñ liguei pro comentário continuo comendo me diga ele realmente resseca?

  • Fabíola

    Esse seu post me ocasionou diversas dúvidas….escutei o podcast 8 e seu entrevistado o dr. Sérgio é totalmente contra o consumo de leite e derivados, inclusive ele colocou no blog dele um vídeo com embasamentos fortíssimos do Dr. Lair Ribeiro acerca desse alimento. Depois de ouvir eu realmente tive a certeza de retirar de minha alimentação leite e derivados. Gostaria muito de uma resposta sua. Obrigada e adoroooo sua página é extremamente inteligente.

    • Fabíola, olha que interessante: A maioria das pessoas tem problemas com leite e seus derivados, principalmente se esses forem processados. Porém, algumas pessoas toleram queijos, principalmente se eles forem feitos com leite cru. Aparentemente a maior parte dos casos de alergia e intolerância está ligado aos processos necessários pra matar as bactérias nele. O que eu acho sensato? Fazer um teste! Se você tolerar queijos e eles não tiverem impacto no seu emagrecimento… Aí eu vou ficar com inveja hehehehe! Abraços!

      • Fabíola

        Obrigada por responder…. eu nunca fiz esse tipo de teste, mas sempre percebi vários sintomas negativos tomando leite, com relação a queijos principalmente os amarelos. Dependendo da qtd tenho enxaqueca, e mal-estar…. durante um tempo (3 meses) eu fiquei sem nada de leite e derivados até mesmo o whey eu troquei por carnivor e me senti muitooo bem. Por isso mais uma vez estou tentando retirá-los da alimentação. Comecei a ler tudo que vcs escrevem e estou mudando minha vida obrigada por tudo!!!

        • Sim, No meu caso é basicamente a mesma coisa, Fabíola. Até com queijo feito de leite cru eu sinto algum incômodo se não maneirar. Ficamos felizes em ajudar. Abraços!

  • Luana

    Olá Geosh!Me ajuda por favor.Adorei o artigo sobre queijos,mas minha dúvida é se eu posso comer amendoim cru e sem sal no lugar de castanhas.Desde já agradeço á atenção.

    • Luana, o amendoim é bem controverso, ainda mais cru. Eu acredito que existem opções melhores de castanhas cruas, como amênoas, nozes, castanha do pará, etc. Abraços!

  • Matheus

    Bem eu compro queijo quata esse queijo é bom?se não qual me recomenda?

  • ivanisa

    Que coisa boa comer queijo que eu tanto gosto.Com esta dieta a gente não sente fome,come por que tem que comer.Muito bom mesmo,inacreditável.

    • Ivanisa!Que bom que está satisfeita! Abraços!

  • lucelia

    bom dia! gostaria de saber se pode comer camorao e gelatina, esta reeducação alimentar esta sendo de muita importância para mim, esta dando tudo mto certo, não quero sair desse proposito. por isso gostaria que me respondesse a minha pergunta. obrigado

    • Ei, Lucélia! Camarão? Acredito que não tenha problemas, desde que você não seja alérgica, hehe! Gelatina também não, desde que não tenha açúcar. Eu evitaria as com adoçante também, talvez fazer a sem sabor e adicionar estévia e uns morangos pode ser uma boa, hein? Abraços =)

  • Camila

    Oi Geosh, estou iniciando o MR e gostaria de parabeniza-lo pelos artigos! Li algumas respostas suas nos comentários acima e gostaria de saber onde vc encontra orgânicos de qualidade em BH?

    • Obrigado, Camila! Queijos artesanais é mais fácil, tem em quase todos os supermercados. Vegetais orgânicos é mais difícil mesmo, custam muito caro aqui! Mas eu apostaria em sacolões e mercados mais independentes. Abraços!

  • Roberto Souto Maior

    Ótimo artigo. E o queijo Gorgonzola? É uma boa opção?

    • Acredito que sim, Roberto! Embora os queijos azuis geralmente são pasteurizados, o que diminui consideravelmente a microbiota. Os meus queijos favoritos são os feitos com leite cru, de maneira artesanal. Os pasteurizados geralmente me dão reações alérgicas. Abraços!

      • Roberto Souto Maior

        Saquei… valeu Geosh! =]

        • É só falar, Man!

          • Roberto

            Geosh,

            adoro queijo e surgiu uma outra dúvida agora: pra quem quer emagrecer, não tem intolerância e segue uma alimentação nos moldes do MR, uma mix de alguns desses queijos do artigo (brie, gouda, gruyere…) é uma opção válida de lanche? Se sim, mesmo no lanche da noite?

          • Sim, Roberto! Mesmo no lanche da noite! Um abraço!

          • Roberto

            Que notícia boa rapaz! Hehe
            Valeu mais uma vez Geosh!!!

          • Haha! Disponha!

  • valdineia

    nao vou deixar resposta,mas sim uma pergunta, como posso adquirir o livro? estando morrando em Portugal……gostaria muito de obter este livro,,,uma vez que eu vou casar um filho em dezembro e nao consigo perder peso,ando muito anciosa e estou mais gorda a cada dia,estou apelando por uma soluçao imediata,ja nao sei mais o que fazer,,,,peço encaricidamente que me responda…ass valdineia.

    • Olá, Valdineia! O livro é eletrônico, então você pode adquirir sem problemas de qualquer lugar do mundo. O sistema que processa as compras, aceita cartão de crédito, Paypal, etc.
      Um abraço!

  • Leonardo Kunrath

    Descobri que o NATTO tem 15 vezes mais K2 que o queijo
    (acaba se tornando mais barato pra obter a vitamina,
    embora no queijo também já tenha o cálcio e a vitamina D).

    Achei Natto em Brasília! Em uma loja de produtos japoneses, na 204 Sul.

    O legal é que só é preciso comprar o Natto mesmo uma única vez!
    Daí, pra render, se faz assim:
    1 – Pega meio quilo de soja em grãos;
    2 – deixa uma noite de molho em bastante água;
    3 – cozinha até ficar mole (45 min na pressão);
    4 – Quando estiver frio, coloca um potinho de natto (50 gramas) e mistura;
    5 – Deixa 3 dias na geladeira ou 1 dia fora num lugar escuro para fermentar
    (lembrando que se deixar destapado vai dar cheiro na geladeira – fica a dica).

    Pronto!
    Dura até um mês na geladeira, e 6 meses no freezer.
    Detalhe: não coma tudo! Deixe um restinho para preparar mais vezes!

    Parabéns pelo artigo!
    Um abraço para vocês, Rodrigo e Geosh. Parabéns pelo site!

    • Leonardo Kunrath

      Ah, uma correção:
      NÃO FAÇA a soja na panela de pressão DE JEITO NENHUM!!!
      Eu acabei de explodir uma panela de pressão aqui em casa.
      A soja solta umas casquinhas, que entopem o pino,
      e daí BUM…
      Vai mais algumas horas para limpar…
      Graças a Deus estou vivo (eu estava do lado do fogão!!!).

      • CARAMBA!
        Já ouvi dizer mesmo que pra cozinhar soja tem que colocar um prato de aço inox ou algo assim.
        Bom saber, Que bom que ficou tudo bem!
        Graças a Deus!

    • Fala Leonardo! BOA!
      Eu tenho um pacote de soja aqui em casa tem um tempo já e não sabia o que fazer com ele, hehehe
      Vou ver se encontro aqui em BH
      Grande abraço e obrigado por compartilhar a receita!

  • lucelia

    obrigado geosh, pra variar este post foi bom demais bjs.

    • Obrigado, Lucélia! Bjs!

  • Ja vinha de muitas dietas sem sucesso..quando descobrir o livro emagrecerdevez, não pensei duas vezes comprei e imediatamente iniciei a reducação alimentar..na primeira semana perdir 3,300kg fiquei bem mais leve e mais decedida a dar continuidade. pois estava me sentido muito pesada a cada dia.

    • Viva mais leve e mais feliz a cada dia! Izabel! Vamo que vamo!

  • Danielly

    Geosh ou Rodrigo, o queijo cheddar vendido no supermercado posso consumir tranquila? Olha aqui na minha cidade, por se tratar de Nordeste, temos muitos queijos orgânicos, mas você só citou um, o de cabra, aqui também temos acesso ao de manteiga e ao qualho? Vocês estudaram esses? O que me dizem? E outra duvida que tenho, porque nao o mussarela? Obrigado

    • Danielly, se você tem acesso aos alimentos orgânicos feitos com leite cru, eu nem quebraria a cabeça com o cheddar. Mas na dúvida o melhor é sempre olhar os ingredientes!

      • Danielly

        Mas hoje tava pensando Geosh, o de qualho tem sal, e o cheddar serve? Que ingredientes tenho que observar?

        • Dani, o sal na nossa alimentaçào não é um problema. O problema é ele junto com carboidratos simples e mais glicêmicos. Observe aditivos alimentares, principalmente.
          Abraços!

  • Danielly

    Geosh, você nao aconselha adoçantes normais? Só o estévia? Obrigado

    • Exato, Dani. E a estévia natural, de preferência!

      • Danielly

        Hum, otimo saber, pois tomo o linea e o mid em saquinho.

        • Danielly

          Ah desculpa a falta de educação, muito obrigado Geosh, beijo! 🙂

  • Maricy

    Olá Geosh, adorei o artigo, estou em processo de emagrecimento, mas ainda preciso emagrecer 5kg, gostaria de saber se o tipo gorgonzola, meu preferido, segue essa mesma regra, pois geralmente eles são produzidos bem longe, ficando praticamente impossível investigar o processo de produção. Estou seguindo as dicas do site, depois lhes contarei o resultados. Obrigada!

    • Maricy! Acredito que os queijos azuis sejam bem tranquilos também. Mas eu faria o teste. E também faria o teste dos laticínios pra ver como seu corpo se comporta sem eles! Saber isso é bem legal!

      • Maricy

        Geosh, muito obrigada!

  • Eiji

    Rodrigo e Geosh!

    Tenho uma dúvida em relação aos “queijos falsos”, aquele Polenguinho da Polenghi é um desses queijos que não se deve consumir, devido a ser industrializado?

    Obrigado pelos artigos, que estão sendo muito úteis!! xD

  • Rosy

    Prejudica minha busca pelo emagrecimento comer 2 ovos fritos em um pouco de manteiga e cebola pela manhã? Há algo de errado nessa minha escolha? Ah como isso tb depois q chego da academia…

    • Acredito que não, Rosy. Na dúvida podemos sempre monitorar os nossos exames e acompanhar de perto, né? Sempre que possível faça em fogo baixo.
      Abraços!

  • Carol

    Geosh,
    Tenho uma nutricionista que segue a dieta paleo – conheci ela através do blog do Dr. Souto. Ela me mostrou que existem vários estudos comprovando que o queijo possui uma proteína (lacticíneos em geral) que provoca um aumento maior na insulina do que o próprio açúcar e recomendou que eu tirasse quase totalmente o queijo da minha alimentação. Fiquei bastante na dúvida, porque amo queijos… O que você acha?

    • Carol, O leite em si gera sim uma resposta insulínica maior. Portanto, talvez fosse uma boa você fazer esse teste e ver como reage. No meu caso eu tenho que moderar sim, mas o impacto é bem menor do que de carbs de média glicemia por exemplo.

      • Carol

        Obrigada Geosh!!

  • Carol

    Que bomm saber disso!

    E os queijos frescos? uns que vem num potinho, como se fosse um iogurte. Pode comer?

    • Carol, vale o teste, mas no geral os queijos de leite pasteurizado são os que causam mais problema. abraços!

  • Maira Fröhlich

    Olá… AMO queijo… e estive vendo o nome dos queijos recomendados e, bom.. estou na Suíça, portanto, muito dos queijos aqui são suíços.. (dãã prá mim). enfim… qual seria o nome do queijo que vcs referem como sendo “suíço”? Raclette, Tilsier, Enmentaler, Appenzeller, Gruyere, e outros (que daí nem consumi ainda)..
    Muito legal o post!!!

  • Erica

    Geosh, e que tal a combinação ovos e queijo pela manha? um omelete de queijo? É uma boa?

  • Lucas

    Só gostaria de saber se este queijo cheddar em fatias pode ser consumido no café da manha, no lugar do cottage. Estou fazendo o desafio de um mês no MR.

    “Queijos (leite pasteurizado, fermento lácteo, sal refinado, coalho, cloreto de cálcio, corante natural de urucum e conservador nitrato de sódio), leite reconstituído, manteiga, leite em pó, estabilizante citrato de sódio, sal refinado, aroma de queijo cheddar, corante natural carotenol, acidulante ácido cítrico, conservante ácido sórbico. ”

    Obrigado.

  • Rodrigo

    E o queijo Coalho? É um queijo de boa procedência? É rico em vitamina K2?

  • Vander

    Olá,vi um vídeo do Dr Lair Ribeiro onde ele desse a ripa no leite e tbm nos derivados,gostaria de saber se vcs tem conhecimento disso e o q pensam a respeito?grato!

  • SIMONE

    OI GOSTARIA DE saber se na MR posso comer qualquer tipo de fritura, ex: a milanesa e também se na parte dos laticínios que vem na tabela posso comer queijo ralado mussarela?

    • Simone, sim, desde que você utilize uma gordura mais apropriada pra fritar e não utilize farinha de rosca e etc pra empanar. A mussarela pode influenciar ou não, a resposta é individual. Vale um teste!

  • Mel

    Comprei o livro e também achei que é uma DIETA bem restrita, com um agravante, sou vegetariana e não estou conseguindo adaptar a dieta ao meu estilo de vida!!!

    • Mel, é bem tranquilo se você consumir ovos e queijos, já se for vegana, é praticamente impossível mesmo. Abraços!