Adoçantes, forme sua opinião a respeito.

“AVISO: Este artigo foi escrito anos atrás e pode estar desatualizado enquanto à melhor ciência nutricional vigente. Por favor visite a página de artigos para ler os artigos mais recentes que retratam as verdades científicas atuais.”

“Uma vez que você se vê no lado da maioria, é hora de parar e pensar.”, Mark Twain

Salve a todos! … ou salvessem todos!! hehehe

Meu objetivo ao escrever este artigo, assim como os outros do Emagrecer de Vez é um só: Torná-lo a melhor referência em português sobre o assunto. Neste caso, os famosos e polêmicos adoçantes. Espero seu feedback no final!

Ao pensar, então, na estratégia para atingir este objetivo e em como eu poderia realmente criar algo de valor, cheguei à conclusão que deveria cobrir os seguintes pontos:

– Embasar todos os argumentos em estudos científicos confiáveis.
– Certificar-me de considerar, além de estudos mais antigos, os estudos mais atuais e atualizados sobre o assunto.
– Colocar toda esta ciência em uma linguagem simples, clara e coerente.
– Tentar trazer uma conclusão científica e também pessoal, embasada em todos os pontos acima.

Então, é justamente isso que você pode esperar do artigo. Sem mais delongas, vamos direto ao assunto! Sente confortavelmente e relaxe… no final você terá a chance de decidir qual será sua opinião sobre o assunto. Ah, claro, no final, você terá uma lista das principais referências que utilizei nas pesquisas.

Ah, o artigo é meio longo, como de costume, então aconselho que salve a página para ler depois se não puder ler tudo agora. Isso caso você não seja assinante do site ainda e não tenha recebido o artigo por email (assine na barra ao lado, é 100% free!)

-> Uma pitada rápida e interessante de história

Nós, aparentemente, devemos as glórias da descoberta dos adoçantes à alguns bravos cientistas que violaram o código de higiene laboratorial e acabaram provando suas próprias amostras químicas.

Bom, na maioria das vezes, involuntariamente; o que pode ser engraçado de se imaginar hehehe… Imagine o cientista típico dentro do laboratório manipulando sua fórmula secreta quando, subitamente, o treco começa a espumar e explode jogando líquido pra todo lugar, inclusive na boca do cidadão. Hmmm… interessante, é realmente fácil imaginar como as maiores descobertas da humanidade foram fruto do acaso.

Bom, o aspartame, por exemplo, foi descoberto em 1965 por James Schalatter enquanto ele tentava desenvolver um novo medicamento para cura de úlceras <:o Agora não me pergunte o que levou ele a provar a coisa e descobrir que era doce…

Mas, independente então de todas as histórias escondidas no porão da ciência, os adoçantes artificiais acabaram por se tornar mais comuns no dia-a-dia das pessoas. E isso me parece ser lógico, uma vez que a proposta dos adoçantes é a de trazer o gosto doce, sem conter as calorias do açúcar! Bastante tentador, hein?

Então, intuitivamente, as pessoas começaram a optar por estes adoçantes não-calóricos, ao invés do açúcar, para perder ou manter o peso.

Sabemos que o açúcar, assim como o xarope concentrado de frutose (utilizado em muiiiiiitos produtos), levam a um excesso de energia ingerida, ganho de peso e alterações no metabolismo, logo, eles foram então considerados os “vilões” causadores da epidemia de obesidade no mundo.

Nota: Agora veja, açúcar por acaso engorda caso a gente não o ingira? 😛 ok, mas mesmo assim eles são os CULPADOS pela obesidade mundial né… bla bla bla… ou seria a educação ineficaz e a própria consciência humana os culpados?! hmm…

Voltando… no meio de tudo isso, e também, devido às campanhas marqueteiras massivas promovendo as bebidas diet, etc., a população começou a ver os adoçantes artificiais como algo “saudável”. Mas, afinal, os adoçantes artificiais realmente ajudam na perda de peso?

Simbora agora para a parte divertida do artigo…

-> Vestindo o jaleco… o que a ciência nos diz…

Importante: Nesta sessão procurei inserir os estudos mais significativos e confiáveis que encontrei sobre o assunto, sejam eles atuais ou mais antigos. Vale lembrar que a ciência está longe de ser perfeita e que, como todo cientista sabe, tudo deve ser questionado! Sabemos também, em muitos casos, que a ciência prova o contrário de suas próprias teorias, então, acho que vale considerar os estudos e as análises, mas jamais aceitar tudo que lemos como a verdade irrefutável sobre qualquer assunto.

Simbora…

Um dos estudos mais famosos e referenciados quando lemos sobre este tema polêmico dos adoçantes é o da Universidade de Purdue nos EUA de 2008, então, vale a pena mencionar.

Este estudo, feito com ratos, mostra que os ratos que possuíam adoçantes em suas dietas, ganharam mais peso do que os ratos que, ao invés, possuíam açúcar nas mesmas dietas. Isso colocou em dúvida os benefícios na redução de peso dos adoçantes de baixo valor calórico que conhecemos.

Em um artigo publicado no site da rede de televisão ABC (todas referências estão no final do artigo) sobre o assunto, encontrei comentários bastante interessantes como:

“Consumidores que optam por refrigerantes diet podem ganhar mais peso do que se eles optassem por refrigerantes normais, por causa dos adoçantes artificiais”.

“Existe algo nas comidas diet que muda o limite metabólico e a química do cérebro.”, diz a médica Marie Savard.

Dr. Savard ainda faz dois comentários:

“Existe outro estudo recente que ao estudar 18 mil pessoas, descobriu-se que adultos saudáveis que consomem no mínimo uma bebida diet por dia podem aumentar suas chances de ganhar peso.”

“Os adoçantes têm o gosto doce, porém, ao mesmo tempo, não possuem carga calórica. Tem algo errado aqui. Parece que, de alguma forma, este fato provoca mudanças na nossa química cerebral.”

Ok, são comentários bastante genéricos… mas vamos agora mais a fundo, ao longo do artigo, tentando achar embasamentos ou contradições para eles. Genéricos ou não, eles nos dão algumas pistas do que pode ser a verdade.

Agora veja, é claaaaaro que o Conselho de Controle Calórico (Calorie Control Council) nos EUA emitiu uma nota se opondo aos achados desta pesquisa. Estranho ou não, é interessante ver como os órgãos oficiais geralmente se recusam a aceitar estudos que possam abalar de alguma forma a economia. O.o

Nota: Qual o tamanho da indústria dos adoçantes? Coca, Pepsi, iogurtes, sucos, doces, tortas, etc.
(para mais sobre isso leia o artigo Saiba por que você nao vai emagrecer!).

Beleza, indo adiante, agora gostaria de citar outro estudo recente, publicado este ano no site da rede de TV CBS Boston.

O estudo mostra que as pessoas que ingerem pelo menos um refrigerante diet por dia têm 61% mais chance de ter um infarto, ataque cardíaco ou outros problemas relacionados, do que as pessoas que não ingerem estas bebidas.

O expert Dr. Moore diz que parte da razão é por que algumas bebidas diet contem mais sódio que as bebidas normais. Ele acha que os vilões neste caso são o sódio e os adoçantes artificiais utilizados.

Mas aí não temos pra onde correr né?! De um lado os adoçantes artificiais e do outro o açúcar. Sabemos que o açúcar, mesmo que natural, tem seus problemas… como outro estudo de 2010 da Escola de Medicina da Universidade de Tufts em Boston diz:

“Um consumo maior de bebidas adoçadas é associado à obesidade entre os jovens adultos nos EUA.”… ok, isso é óbvio o bastante. O que eu sempre falo… tudo em excesso não é legal. Como tudo na vida, o bom senso deve ser utilizado SEM moderação!

E aí? Segurando as pontas? Desça junto comigo agora no porão escuro da ciência para mais algumas informações interessantes do passado.

Em um estudo intitulado The San Antonio Heart Study, examinou-se 3682 adultos durante um período de 7 a 8 anos nos anos 80. No início, o IMC do pessoal foi medido e, no final, concluiu-se que os adultos que costumavam beber bebidas diet apresentaram, consistentemente, um maior IMC. E isso é o oposto do que esperaríamos como resultado, certo?

Em outro estudo já bem idoso chamado Nurses´ Health Study nos anos 70, associou-se o uso da Sacarina (adoçante artificial) ao ganho de peso de 31.940 mulheres analisadas.

Este achado a seguir é interessante: O IMC de 103 adolescentes estudados não diminuiu ao longo de 25 semanas ao substituírem o consumo de bebidas normalmente adoçadas por bebidas diet. Ou seja, neste estudo, dar preferência pelos diet não ajudou em absolutamente nada na questão do peso. Sabemos que o IMC não é um bom método para se controlar seu progresso, porém, para o propósito da pesquisa realizada, pode ser válido.

-> A relação entre os adoçantes artificiais e a resposta da insulina

Bom, este tema é muiiiiito discutido e acho que é um dos mais polêmicos e incertos quando tratamos de adoçantes artificiais.

Primeiro, é necessário entender o problema em questão. Aconselho que leia o artigo sobre Insulina, pois a informação contida lá é essencial para qualquer pessoa que quer levar perda de peso e saúde a sério.

Então, a pergunta de ouro é: Os adoçantes artificiais incentivam a secreção de insulina no organismo?

Caso você não saiba, quando existe insulina no sangue, não existe queima de gordura. São duas coisas que nunca irão existir ao mesmo tempo. O papel da insulina, colocado de forma bem simples, é o de armazenar o açúcar que esta no sangue.

Então vejamos, se os adoçantes realmente incentivarem a secreção de insulina, isso significa que, ao beber coca diet ou qualquer bebida adoçada desta forma, fará com que se cesse a queima de gordura. Agora creio que você concorda comigo que é importante discutir esse assunto, certo?

Bom, agora vamos aos fatos. Vamos ver o que a ciência de hoje sabe e nos diz através de seus estudos mais atuais.

importante notar que os adoçantes não podem ser colocados todos em uma bacia só! Existem vários tipos de adoçantes artificiais e eles possuem composição química diferente. Aqui eu vou resumir as conclusões dos estudos científicos para cada um dos tipos mais famosos, ok?

Não vou me delongar em cada um, caso contrário, esse artigo vai virar um livro em si. Vou postar a conclusão e, em seguida, os estudos que suportam a esta conclusão! Vamos lá…

Aspartame

O famoso! Bom, as evidências mostram que existe pouco ou nenhum impacto na insulina ao se consumir aspartame.

Estudos que embasam a conclusão: 1 2 3 4

Sacarina

A conclusão para a sacarina parece não ser muito clara, mas de qualquer forma, os resultados sugerem que não existe influencia significativa na secreção da insulina ao ingerir sacarina.

Estudos que embasam a conclusão: 5 6

Sucralose (Splenda, etc.)

Splenda por exemplo, que é um adoçante muito comum que se utiliza de sucralose, normalmente contém Dextrose, que é puramente glicose, então, neste caso, devido a este detalhe, é esperado que impacte sim na secreção de insulina. Porém, não existem evidências consistentes de que a sucralose, por si só, impacte na secreção de insulina.

Estudos que embasam a conclusão: 7 8

Um outro estudo (9) recente sugere que os adoçantes artificiais não têm impacto na secreção de insulina.

Ok, não podemos negar atenção aos fatos. Depois de ver tudo isso, eu tenho que concordar com as conclusões. Os adoçantes artificiais parecem não ter realmente influencia considerável na insulina. Mas a pergunta é? Isso fará com que eu comece a usá-los frequentemente? Bom, não. Como você está vendo neste artigo, não é somente isso que devemos levar em consideração na nossa decisão.

-> O que parece então fazer sentido…

Esta é a parte que eu mais gosto e a que acho também a mais significativa e importante.

É a parte onde vou tentar mostrar e discutir o que a ciência tenta explicar como CAUSA de todos estes resultados, de todos estes experimentos e estudos.

Alguns experimentos demonstraram que o gosto doce, seja de açúcar mesmo ou adoçantes artificiais, estimulam o apetite. Aqui é importante o seguinte: O GOSTO doce estimula o apetite e não propriamente o componente! Por exemplo, cápsulas de aspartame, ao serem engolidas, não provocam aumento de apetite, ao contrário do que é observado quando a ingestão é de água adoçada com aspartame, onde você de fato sente o gosto. O gosto doce parece ter uma influência grande no cérebro… vamos ver mais sobre isso.

Existe um experimento muito interessante também que foi feito da seguinte forma: Reuniram um grupo de pessoas para ter uma refeição, porém, antes da refeição foram servidas coisas doces adoçadas com açúcar normal. E em outro experimento comparativo, serviram-se, ao invés, coisas doces adoçadas com adoçantes artificiais antes desta refeição principal.

No final, o que notou-se foi que as pessoas que ingeriram os doces adoçados naturalmente comeram MENOS na refeição que vinha em seguida, enquanto que as pessoas que ingeriram os doces adoçados com adoçantes não apresentaram nenhuma redução de apetite na refeição posterior.

-> Conclusão?

Todos estes experimentos parecem sugerir uma coisa: Inconsistências na relação “gosto doce e valor calórico” podem levar à alimentação excessiva compensatória e balanço energético positivo.

Em outras palavras, acredita-se que ao se ingerir algo que tenha gosto doce, mas que seja de mentirinha, ou seja, que não possua valor calórico, faça com que o corpo busque por mais alimentos para compensar essa expectativa!

Esta é a grande crença atual sobre o impacto dos adoçantes na questão da obesidade!

Quando ingerimos algo doce, o cérebro espera receber a energia provinda deste algo. Mas ao ingerirmos bebidas ou alimentos adoçados com adoçantes, isso não acontece!

O gosto doce vem, mas a energia não! E isso acaba confundindo nosso sistema e levando as pessoas a comerem mais do que deveriam, ou seja, potencialmente, tornando-as ainda mais obesas do que se continuassem a usar os adoçantes naturais.

De acordo com o pesquisado, mais e mais evidências sugerem que os adoçantes não ativam o mecanismo de “recompensa” da comida, da mesma forma que fazem os adoçantes naturais.

Desta forma, o corpo não fica satisfeito após sua ingestão e ativa o modo de procura por comida, ou seja, fome!

-> A cura para a obesidade mundial

Desculpe pela maré de informação, mas isso é realmente o que encontramos quando pesquisamos sobre o assunto.

Mas então, quais são as sugestões gerais da maioria dos especialistas, etc.?

Basicamente, eles sugerem que, caso você não possa eliminar completamente a ingestão de alimentos adoçados artificialmente, pelo menos reduza esta ingestão para somente de vez em quando.

“- Ah, mas eu sou viciado(a) em coca diet, etc. o que eu faço meu Deus?”

Veja que interessante. Estudos mostram uma forte correlação entre a frequência da ingestão de algo e a intensidade da vontade de ingerir este algo.

Por exemplo, uma redução sistemática na quantidade de sal ou gordura que você usa na sua comida, ao longo do tempo, levará você a ter preferência por comidas menos salgadas e menos gordurosas.

No caso dos doces, por exemplo, se você diminuir a ingestão, a vontade também irá diminuir com o tempo (eu testei isso pessoalmente quando fiquei 30 dias sem ingerir 1 grama de açúcar se quer).

Uma estratégia semelhante pode então ser usada por você no caso dos doces, bebidas diet, etc., ou seja, reduzir o consumo aos poucos.

Como conclui este ótimo artigo sobre o assunto, escrito pela Universidade de Yale nos EUA: “Desadocicar a alimentação das pessoas no mundo pode ser a chave para reverter a epidemia de obesidade que se alastrou”.

Bom, a minha opinião sobre tudo isso? Hmmm… eu acho que esta é ainda uma área bastante nebulosa e estamos ainda longe de saber com certeza todos os efeitos e consequências dos adoçantes artificiais.

Os resultados dos experimentos fazem bastante sentido pra mim, logo, eu tendo a acreditar e pensar na mesma linha. Eu acho que o cérebro é algo muito complexo e sensível e que não é uma boa idéia tentar enganá-lo, conforme viemos fazendo a décadas, usando estes compostos artificiais.

Sempre digo, novamente, moderação e bom senso é tudo! Se você consome estes produtos de vez em quando, não deveria ter problema algum. Eu, pessoalmente, evito sempre que posso refrigerantes diet ou de qualquer tipo. Mas isso é o que EU faço.

E você, qual sua opinião sobre o assunto? O que faz sentido para você?

Espero que este artigo tenha colaborado com um maior entendimento sobre esse tema polêmico e que tenha incentivado também uma reflexão! Fico feliz se puder sugerir este artigo no facebook, twitter, email, etc. Informação é poder e todos deveriam ter acesso!

Todas as referências do que falei, estão abaixo. Utilizei o artigo de Yale como principal referência, por ser muito completo e de credibilidade. Nele são citadas outras dezenas de referências. Recomendo a leitura!

Em prol do seu sucesso,
Rodrigo

REFERÊNCIAS

Purdue University Study
http://abcnews.go.com/GMA/OnCall/story?id=4271246&page=1

CBS Boston (Diet soda drinkers at higher risk of stroke)
http://boston.cbslocal.com/2011/02/09/study-diet-soda-drinkers-at-higher-risk-of-stroke/

Tufts University School of Medicine
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21088388

Yale University. Artigo muito bom sobre o assunto.
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2892765/

  • Fernanda

    Olá Rodrigo, td bem?
    Olha, devo dizer que uma coisa que gosto de ver nos teus artigos é a pesquisa qu vc faz, antes de colocar a informção. Vê-se mesmo que vc pesquisa bastante p extrair toda esta gamade informações. Dá trabalho, por issoparabéns e obrigada por ete suporte.
    Com relação a questão do artigo, particularmente não gosto e nem nunca gostei de adoçantes. Quando experimentei, detestei o sabor que deu ao café. Para a lém disto,p mim produtos artificiais sempre vão trazer algum malefício ao organismo. Os adoçantes, por não induzirem a libertação da insulina, são importantes para os diabéticos. Mas, tirando este grupo, sempre achei que não traziam nenhum benefício à saúde, e por isso nunca dispensei o açúcar, pelo contrário, reduzi o consumo, o que sempre achei mais sensato e hj acho mais gostoso tb. E tb posso comprovar que, qnto menor a ingestão, menor a vontade de comer. Reduzi o consumo de doce e refrigerantes a mto tempo. Hj podem colocar uma barra de chocolate a minha frente que não faz diferença. Refrigerante é a mesma coisa. Conclusão disto tudo: consumo meu cafezinho c pequena porção de açúcar, como um docinho qndo sinto falta, e tomo meu refrigerante qndo me apetece sem culpa, afinal no dia-a-dia não os consumo mesmo! rsr Td questão de educar o cérebro…custa um pouquinho no início, mas a gente consegue.

    Abçs

    • Rodrigo

      Oi Fernanda,

      Espero que mais pessoas leiam seu comentário. Concordo com tudo que disse. No final das costas, o bom senso sempre é a resposta!

      Abracao pra ti!
      Rodrigo

  • Olá Rodrigo,
    Muito bom concordo, e como diz um amigo meu quem bebe refrigerante DIET é gordo hehehe… E um colega me disse que o cérebro não fazia essa diferença se o doce vem do açucar ou do adoçante, conclusão o cérebro esperava a energia que viria com o doce e então acabamos comendo mais.
    Pelo menos foi o que eu entendi na época.
    Abração e PARABÉNS!!!

    • Rodrigo

      Fala Wagner.

      Muito boa essa do teu amigo hehehe…

      E sim, parece que as pesquisas realmente mostram essa reacao do cerebro. Po, o cerebro eh a coisa mais complexa e sensacional que conhecemos… acho que nao eh tao facil assim engana-lo neh! hehehe

      Abracao e obrigado por seu comentario, como sempre!
      Rodrigo

  • Deise

    Ótimo artigo,aliás como sempre!
    Com certeza o melhor site em português.Tem me ajudado muitissimo no dia a dia as informações contidas aqui!!!
    Obrigado Rodrigo!!!!!

    • Rodrigo

      Ahh… obrigado Deise!!! Fico extremamente honrado de ter sua fidelidade aqui no site 🙂

      Um grande abraco e sucesso pra ti,
      Rodrigo

  • josiane

    ola Rodrigo!estou com uma duvida inclui adoçante na minha RA,coloco no leite cafe da manha e no cha depois do almoço e no cha antes de dormir e consumo sempre a mesma quantidade de alimentos isso vai atrapalhar meu emagrecimento devo substituir pelo açucar comecei ha 14 dias e ja emagreci 6kg consumo mais proteinas e evito carboidratos brancos e caprixo nas verduras e legumes e frutas as menos caloricas como maça,morangos e uma folga no fim de semana como um pouco a mais em uma refeiçao, tenho que eliminar 43kg porque estao prejudicando minha saude e vaidade e claro,mas estou certa que vou conseguir tenho 168 e peso hoje 97kg, estou usando a tabela de pontos achei mais facil para calcular!desde ja obrigada!!!!

    • Rodrigo

      Oi Josiana,

      Nao acho que o adocante ira te prejudicar nao. Se esta funcionando pra voce, continue assim. Caso substitua por acucar, sempre lembre de contar as calorias tambem.

      Um grande abraco,
      Rodrigo

  • Juliana

    Eu não sabia que os adoçantes podiam fazer mal a dieta a tal ponto, o que me preocupava e ainda preocupa são as doenças já comprovadas que eles trazem… Como por exemplo o fato do Aspartame ser cancerigeno. Poderia ter incluido no antigo os as vantagens e desvantagens do adoçante x açucar não apenas nas calorias/emagrecimento.
    Continue assim, ótimo site.

    • Rodrigo

      Oi Juliana!

      Que bom que gostou do site. Eu tentei ser meio imparcial no artigo.. mostrando os fatos e pesquisas que existem. Como voce pode ver, nao existe consenso. Acho que se voce consome adocante de vez em quando pra adocar um cafe, uma sobremesa especial ou algo do genero, nao tem problema algum. O perigo, ao meu ver, esta quando isso se torna um habito rotineiro. Mas com bom senso, nao tem pq ter problema neh?!

      Abraco,
      Rodrigo

  • Reinaldo

    Olá Rodrigo!,

    No ínicio da minha RA eu havia optado pelo adoçante. Mas lendo várias matérias que sobre como ele pode ajudar ou atrapalhar, acabei ficando com muito mais dúvidas ainda e acabei optando por não usar nem açucar, nem adoçante. No ínicio foi terrível. Imagine tomar um café preto sem ser doce? Enfim: depois de algum tempo, você se acostuma, seu paladar muda e você passa a entender o porque desse mal da gordura… Tudo é muito exagerado em açucar!!

    Aproveitando: seu site está sendo de muita importância na minha RA. Mudei meu estilo de vida, e hoje já são 20 kg emagrecidos. Desde janeiro.

    Ainda restam 15 kg para chega à meta, mas está sendo muito fácil com suas dicas!!!! Sem nenhum sofrimento kkkkk.

    []’s fera!!!

    • Rodrigo

      Fala Reinaldo!!!

      Cara, voce falou algo super importante: O paladar acostuma! Ou melhor, o paladar volta ao normal heheh.. Voce tem toda a razao quando diz que tudo é muito carregado de “sabor”, ou seja, gorduras, açúcuar, etc… tudo para dar aquele sabor explosivo que na verdade a gente nao precisa. Se nos “desentoxicarmos” evitando açúcar, excesso de sal e comidas gordurosas… a gente nota que o verdadeiro sabor da comida é muito melhor do que todos estes componentes desnecessários. Nosso paladar fica mais aguçado, nossa saúde mais forte e nossa pança menor 😛 heheheh

      Obrigado por ter postado! Gostei de ler seu comentario. E meus parabens pelos 20kg que já foram! Fico extremamente feliz em poder ajudar você nesse caminho em busca do seu objetivo!

      Grande abraço,
      Rodrigo

  • Oiii Rodrigo

    Olha eu aqui de novo, rsrsrsr

    ja li quase todos os seus artigos, estou super animada a começar meu desafio, e de carona estou levando minha mãe, pois ela ja teve infarto e tem triglicerides elevado, e achei bem interessante a materia das frutas, meu Deus que ilusão que temos sobre as frutas nao? A gente sempre ouve coma muita fruta que é bom, aiaiaiai, kkkkk
    Haaa, coloquei seu site no meu blog, depois passa por la,
    artesdananynha@blogspot.com
    bay , abraços!!!

    • Rodrigo

      Oi Mirele!!

      legal legal… sabe que seguir o desafio com mais gente eh mais legal.. por que cada um pode compartilhar cada passo e sensacoes Muito sucesso neste caminho!

      As frutas sao boas e saudaveis sim, mas sempre com moderacao e tambem depende do teu objetivo neh…

      Ah e obrigado por citar o site no teu blog 🙂 Ah… dei um pulinho la para ver! Ah, acho que voce esquecer de botar o link pro site… ta soh escrito http://www.emagrecerdevez.com mas sem link! Mas susse …

      Abracao e sucesso!!!!
      Rodrigo

  • Haaa, rsrsrs é verdade, mas ja coloquei o link, bay!!!!

  • San

    Boa tarde Rodrigo.
    Conheci o seu site a pouco tempo, (uma semana +-) através de um vídeo de uma garota no youtube.
    Ae resolvi dar uma “voltinha” e ver o que ele tinha de bom, e descobri que estou viciada nele..rss..Como adoro ler ficou fácil, pq encontrei vários artigos instigantes pra mim.
    Falando do adoçante, posso te dizer que fiquei bem assustada…eu utilizo adoçantes desde os 15 anos, qdo fui a 1º vez nos “Vigilantes do peso”, tinha 75kl, cheguei nos 70kl, fiz uns 2 meses e depois nem me lembro pq parei de ir…
    Daí pra frente nunca mais utilizei açúcar…ou seja..são exatos 20 anos consumindo-os e hj tenho 10kl há mais do q qdo tinha 15 anos.
    Faço atividade física regular há 3 anos, mas só este ano é q comecei a ir 3 vezes por semana e fazer caminhadas aos fds, como normalmente, não sou compulsiva por doces….e mesmo assim…meu peso não abaixa…tenho o metabolismo lento e ñ sei como fazer para acelerá-lo.
    Obrigada pelo espaço e continue com esse trabalho excelente q vc faz.
    Abc.
    San

    • Rodrigo

      Ola San,

      Po, muito legal saber disso. Obrigado por ter postado seu comentario. Isso eh bastante motivador.

      Espero que ache as respostas que precisa lendo os artigos 🙂

      Grande abraco,
      Rodrigo

  • Renata

    Oi Rodrigo!!

    Noooooossaaaaaaaaaaaa….. Eu não uso muito adoçante não, mas minha mãe SÓ toma coca zero!!! Vou ligar pra ela agora…. risos… Eu já suspeitava de alguma coisa nesse sentido de compensação de paladar/calorias.. A gente é bobo, mas o cérebro e o corpo humano não meu bem!!!
    Acho válido o uso de adoçantes para quem precisa, fato! Mas vejo mães colocando adoçcante em mamadeiras, sério mesmo… absurdo!! Medo do bebê engordar, mas sabe o mal que faz, além de que, o leite por si já tem um gostinho levemente adocicado que basta. Depois não sabe porque as crianças estão obesas, hipertensas, cardíacas….

    abração Rodrigo, e mais uma vez obrigada pelos esclarecimentos!!

    Renata

    • Rodrigo

      Oi Renata,

      Eh, realmente. Nao precisa olhar muito longe pra ver absurdos.

      Fico feliz em poder ajudar!

      Abraco,
      Rodrigo

  • André Paroli

    Fala Rodrigo, estou gostando muito do site, tenho indicado ele no yahoo respostas diariamente e as vezes para algum paciente meu. Concordo demais com suas idéias em especial quanto a exercício físico.
    Mas esse texto é um pouco furado. Essas evidências são fracas demais. Explico-me: Sobre as pessoas que consomem produtos com adoçantes terem em média um IMC maior: é obvio que sim! Quem procura esses produtos quer emagrecer não é. Se você repetir esse estudo com diabéticos ao invés de obesos irá chegar a mesma conclusão: Adoçantes causam diabetes!
    Sobre os adolescentes (103) que fizeram a substituição: eles eram obesos? Precisavam emagrecer? Muitas coisas não causam perda de peso, por exemplo em muitos estudos não se comprovou que exercícios isolados levem a redução de peso. Assim como em uma metanálise não havia diferença na perda de peso entre grupo de dieta e grupo de dieta mais exercício. (Não vou por referências não, por preguiça mesmo, me desculpe.) Mentira,achei um, não é o que eu procurava que é mais recente mas ai está: http://www.indiana.edu/~k562/articles/obesity/review%20Miller%201997.pdf

    Estou escrevendo porque sei que teu interesse é acabar com mitos e mostrar fatos científicos sobre dietas e exercícios. Essa história do adoçante está ainda, cientificamente, muito mal contada.

    • Rodrigo

      Fala André,

      Obrigado por ter postado e compartilhado suas idéias.
      Concordo contigo plenamento que, como eu disse no artigo, tudo sobre os adoçantes ainda é muito incerto. Foi até mesmo por isso que dei o titulo que dei ao artigo e não algo como ´A verdade sobre os adoçantes´, como eu geralmente gosto de falar.
      Sobre os estudos cientificos, eu acredito que os lideres do estudo pensaram em imparcialidades a serem consideradas no mesmo. O meu papel foi realmente somente o de reportar os estudos mais notórios da área, deixando, então, a conclusão final a cargo do leitor.

      Estudos realmente são feitos frequentemente… qualidade e conclusões são questionaveis? com certeza, em muitos. Conclusivos? Dificilmente, eu diria.

      Mas, novamente, agradeço seu comentário construtivo e espero que continue colaborando quando achar necessário!

      Grade abraço,
      Rodrigo

  • André Paroli

    Só para lembrar: Gostei demais do site! Parabéns….
    Como você eu sou um curioso da área porque minha especialidade é psiquiatria.
    Abraços

  • Marcus

    Olá Rodrigo

    Estou lendo seus artigos sobre emagrecimento e estou gostando muito pois você sempre vai atrás da verdade e não sai por aí falando qualquer coisa que essa indústria de fitness quer que a gente pense.
    Quano à quesão do açúcar já tenho uma opinião formada. Acho que o ideal seria substituir o açúcar refinado por açúcar mascavo ou até mel para adoçar, como faziam nossos avós e bisavós. Detesto adoçante e também fiz uma pequena pesquisa a respeito do açúcar refinado e descobri que existem pesquisas relacionando seu uso com o aumento da pressão arterial. Então troquei-o pelo açúcar cristal, que é recomendado.
    Quanto à questãodos adoçantes só quero dizer que está comprovada a pesquisa da Universidade de Lisboa comprovando que eles engordam pois de cada dez pessoas que usam adoçante dez são gordinhas…. rsrsrs
    Então fao uma sugestão de artigo para você sobre o açúcar refinado, seria interessante saber um pouco mais sobre ele.

    Abraço

    Marcus

    • Rodrigo

      Oi Marcus,

      Bom, minha opinião sobre açúcar em geral, refinado ou não, é: Evite! hehehehe

      Acho que não tem muito o que dizer além disso. O açúcar refinado e também o cristal não são naturais. Eles passam por processos industriais pra chegarem a esta forma.

      Claro que não conseguimos evitar totalmente, mas reduzir sempre é uma opção fácil! =)

      Grande abraço,
      Rodrigo

  • Mary

    Olá Rodrigo, parabéns pelo site! Cheio de informações super úteis.. estou sempre relendo!
    Sobre isso dos adoçantes, bem, fiquei com uma dúvida, o que vc teria a dizer sobre a stévia?
    abraços!

    • Rodrigo

      Dizem que ele eh um dos melhores neh heehe

      Bom, nao acho que machuque ninguem nao, mas fico devendo uma resposta embasado pois nunca pesquisei sobre ele em especifico!

      Abracao,
      Rodrigo

  • Dario Martinelli

    olá boa tarde a todos…
    eu e minha esposa estamos seguindo uma dieta 40/40/20 e estamos conseguindo bons resultados, estamos diminuindo aproximadamente 1kg por semana, isso a umas 6 semanas… gostaria de agradecer às dicas disponibilizadas no site.
    falando em açúcares, adoçantes, etc… tenho uma dúvida.
    O mel de abelhas é uma boa opção de “doce” para acompanhar as frutas ou para acompanhar o café da manhã?

    • Rodrigo

      Sem duvida eh preferivel mel do que acucar refinado. Porem, acucar eh acucar, entao adicione de acordo com sua estrategia.

      Abraco,
      Rodrigo

  • Andresa

    Que interessante esse artigo. Isso é verdade, toda vez que tomo coca zero me dá muita fome depois. Agora entendi o porque disso. Obrigado por postar esse artigo…

  • Cristina Gomes

    Obrigada por esclarecer uma duvida que eu tinha há muito tempo, nosso cérebro nao e nada bobo nao adianta tentar burlar ele, e melhor fazer ele se acostumar aos poucos com uma dosagem menor de açúcar, eu morei no Japão e os doces de lá sao bem suaves e quando fui comer um chocolate aqui no Brasil nao agüentei comer de tão doce que era, ate os meio amargo sao doces aqui, e só questão realmente de bom senso e costume .

  • adriana c leao

    Rodrigo nao sou fã de doces, quase nao os consumo. Quando tomo sucos prefiro sem nada de acucar ou adocantes, mas meu cafezinho de todo dia ha anos tomo com adoçante. Estou seguindo seu programa e acho que meu cacezinho nao vai atrapalhar, vou diminuir a quantidade aos poucos e quem sabe abandono o adoçante, mas se nao conseguir acho que uma ou duas xicars de cafe ao dia nao vai me derrubar, vai?

  • Liany

    olá Rodrigo
    Que delicia ler seu site. Parabéns!!!
    Pra quem tem problemas de controle de peso, o adoçante passa a ser a opção mais comum. Comigo não é diferente. Tomo o adoçante com café, apenas e eventualmente o tão falado refrigerante zero. Pronto,confessei!!rsrsr
    Gosto de coisas doces, mas não são as minhas preferidas, então evitar açúcar não foi tão difícil, mas no café ainda não consigo. Minha idéia é ir diminuindo gradativamente a quantidade das gotinhas pra “descobrir” o gosto real do café.
    Obrigada por compartilhar as informações com a gente de forma tão clara, tem me ajudado muito na minha reeducação alimentar. Já eliminei 8 quilos e ainda tenho outro tanto desse pela frente. Conheci seu site há 3 dias, já estou recebendo os email dos 10 dias e junto com eles toda a motivação do universo! Show de bola!!

    • Olá Liany! Que bom que a informação aqui tem te feito bem! Ótima idéia essa sua! Eu geralmente tomo o caminho mais agressivo da coisa, que é eliminar tudo de uma vez e ir me acostumando na marra!

  • Adeliza

    Nunca emagreci devido a ingestão de adoçantes. Sempre usei “pelo sim / pelo não”, mas agora to com vontade de jogar tudo fora.

    • Existem muitas variáveis envolvidas, Adeliza! Vale a pena testar todas!

  • Fabiana

    Oi Rodrigo uma duvida, o devo colocar no cafezinho para adoçar? e sobre a coca zero que bebia com lanche, o que devo beber como acompanhamento? sei que suco não pode, né no procedimento de emagrecer.. Adoro seu site, Parabéns!!!

    • Fabiana, eu considero a estévia natural. Do ponto de vista do emagrecimento acho que o impacto de bebidas com adoçante é menor, mas pra sua saúde é pior. Eu consideraria tentar evitar o hábito, ou talvez um suco de limão. Obrigado!

  • Luana

    Olá Rodrigo, estou fazendo um trabalho sobre o impacto que os alimentos industrializados causam na humanidade, faço muitas búsquedas na internet e realmente achar um bom conteúdo é difícil. Vou focar na parte do consumo de refrigerantes com adolescentes, sua info0rmação está ótima. Parabéns !

    • Boa sorte, Luana! É um assunto muito importante, ótima escolha. Abraços!

  • MARIA

    Olá Rodrigo, comprei o Livro junto com uma amiga e comecei o MR faz umas 5 semanas, e perdi 3kg, bom lendo sempre os comentários eu acho que perdi pouco, a única coisa que eu não tirei foi o café com adoçante( sucralose) será que pode ser esse o motivo de estar perdendo tão pouco peso? um abraço

  • Mark, I don’t agree with you, I think the post was helpful and not shallow at all.

  • Tarciana

    Oi Geosh / Rodrigo

    E sobre o polén de abelha, o que vocês tem a dizer? posso fazer o uso normalmente, ou tem algum contra? sei que o pólen é super benéfico, mas relacionado ao MR, devo permanecer com o uso, ou não?