EXERCÍCIO É BOM! MAS QUEM SE EXERCITA DEMAIS EMAGRECE MENOS?

exercicio2É um, é dois, é três, Vamo lá galera! haha! Geosh aqui. Você as vezes fica pensando se está se exercitando o bastante, se não deveria se exercitar mais?

Bom, é claro que vamos falar da importância do exercício. Se exercitar é importante pra saúde/emagrecimento. Mas quanto exercício é necessário? O que trás os melhores resultados? Um estudo científico controlado e randomizado pode ser a chave pra responder essa pergunta.

O artigo de hoje é mais um tapa na cara da turma que repete por aí o mantra: – para emagrecer é só comer MENOS e se exercitar MAIS.

Eles não sabem do que estão falando =p

Vamo lá!

O Estudo

Os participantes, homens sedentários e com sobrepeso, foram divididos em 3 grupos:

17 participantes em um grupo de controle, que não se exercitou;

18 participantes no grupo que se exercitou com moderação, que se exercitou em média por 30 minutos, 6x por semana, com o objetivo de queimar cerca de 330KCAL

18 participantes no grupo que fez uma quantidade alta de exercícios, em média 55 minutos, 6x por semana, com o objetivo de queimar cerca de 650 KCAL;

Os Resultados

O grupo de controle, que não se exercitou, não perdeu peso e não teve nenhuma mudança significativa de composição corporal;

exercitarmaisO grupo que se exercitou MENOS, aumentou a capacidade de VO2 máxima em 18%, perdeu 4% do próprio peso e teve uma redução de 14% na quantidade de gordura corporal;

O grupo que se exercitou MAIS, aumentou a capacidade de VO2 máxima em 17%, perdeu 3% do próprio peso e teve uma redução de 13% na quantidade de gordura corporal.

Não, eu não troquei as bolas. O Grupo que se exercitou MENOS teve resultados levemente superiores ao grupo que se exercitou MAIS. Mas por que? Em uma palavra:

FOME

Sim, esse foi o fator determinante. O Grupo que se exercitou menos deu ao corpo apenas o estímulo necessário para a perda de peso, sem um aumento no apetite.

O grupo que se exercitou mais estimulou além da perda de peso, o próprio apetite: Aparentemente houve uma resposta compensatória no apetite: Comeram mais pra compensar o gasto de energia excedente.

Sem falar que eles se exercitaram por semana, em média, 2 HORAS e 30 MINUTOS a mais do que os que se exercitaram menos, e colheram praticamente os mesmos benefícios!

Conclusões:

Uma coisa interessante que não se dá a devida importância, no caso de uma grande quantidade de pessoas que tentam e não conseguem emagrecer, é a FOME. As vezes a pessoa não é obesa por que come demais, ela só come demais por que sente MUITA FOME.

Por isso, uma alimentação emagrecedora, como as que nós seguimos aqui no site, tem sempre que colocar essa fome sob controle. Se você não sente fome, fica mais fácil comer de forma adequada para emagrecer e tomar decisões inteligentes:
—————————————————————————————————————————-

Banner250x250_2

Você deseja uma resposta passo a passo, completa e cientificamente eficaz para atingir o seu objetivo de emagrecimento de uma vez por todas? Te convido a conhecer o Livro Eletrônico Emagrecer de Vez.

Se você já conhece a eficácia do método e já tomou a DECISÃO de mudar de vida e investir nesse livro eletrônico: Clique AQUIesse link leva direto para a compra.

Clique aqui para conhecer!
Clique aqui para conhecer o novo livro de receitas.

Conheça também o novo livro de Receitas do Rodrigo, o 50 Receitas para emagrecerdevez. Ele tem alternativas realmente deliciosas que substituem qualquer alimento que você poderia utilizar como ¨desculpa¨ para não se alimentar de maneira Emagrecedora. No site ainda temos o Best Seller Hipertrofia Muscular, Para quem quer ganhar massa magra e obter os melhores resultados de maneira otimizada na academia.

————————————————————————————————————————-
O outra coisa interessante é que a quantidade de exercício no grupo moderado ficou bem parecida com a quantidade de exercício necessária para se reverter a inflexibilidade metabólica.

andar

Claro que a resposta é individual e varia para mais ou para menos, mas, 30 minutos, ou por volta disso, é um numero mágico pra quem quer caminhar, correr de leve ou se exercitar um pouco todo dia e colher os melhores benefícios de saúde.

É o mínimo que nós deveríamos fazer! Vá passear, brincar, praticar algum esporte, ver a vida, caminhar, vamo que vamo!!! Vida é movimento=)

Um abraço a todos!

Geosh.

  • Muito boa a dica. A minha esposa é personal e fala a mesma coisa.

  • Poliana

    Até que enfim… Se eu falar que tenho muita fome … Pelo menos vai ter alguém que vai acreditar!… Mas acho q não devem ser poucos!…
    Como é difícil manter a fome na coleira!!! Ainda bem que achei este site!

    • Poliana, é só caminhar pra longe do açúcar e dos carboidratos densos e mais pra perto dos legumes verduras e gordura que você vai conseguir acabar com essa fome em excesso. Eu também tinha, acredite, eu comia uma quantidade gigantesca de comida e a fome logo estava de volta =)

  • mari

    Muito bom esse post! Geosh, para mulheres que não buscam ganho de massa muscular, apenas emagrecimento e manutenção de massa magra, a chamada ‘magra definida’, quais tipos de exercícios seriam mais eficazes? Agradeço desde já a resposta!

    • Mari, pode malhar sem medo, massa muscular cai muito bem e é quase impossível mulher ficar bombada com um percentual de gordura normal e sem utilizar anabolizantes =)

  • Fernando

    Ola Geosh tem alguma opção de lanche sem ser nozes ou amêndoas

    • Veja os artigos sobre juicing, é um ótimo lanche ainda mais nesse calorão. Abraço Fernando!

  • André Luiz

    Geosh, sou obrigado a comer ANTES do treino?

    Eu chego do trabalho la pelas 3 e meia da tarde. Minha primeira e única refeição no dia até então foi la pelas 9. Eu chego e “almoço”. Treino la pelas 6:30 e como la pelas 7:30 um pedaço de frango e batata doce.

    Problema é que: eu não almoço com aquele tesão de almoçar, apenas por obrigação. Tá ali na mesa e eu almoço por almoçar. Sigo o MR firmemente. Gostaria de eliminar esse almoço e comer apenas depois do exercício, talvez colocando um pouco a mais no prato, como as abobrinhas que costumo comer no almoço, hehe

    Você acha que isso pode me atrapalhar?

    Já fiz isso em outras situações que não pude almoçar por questões de força maior e tudo se saiu bem.

    O que acha?

    Quero apenas sua opinião pessoal sobre o assunto, caso eu necessite de algo mais específico, sei que tenho que procurar um profissional da saúde =)

    Abraço

    • André, acredito que seu corpo vá te dizer claramente se isso te faz bem ou não. Acredito que a intensidade também influencia, uma vez que exercícios muito intensos queimam nossas reservas de glicogênio mais rápido! Acho que o risco que você corre é de talvez comer pouco demais, mas estando ciente deste risco também fica mais fácil. Abraços!

  • Eliaquin

    Quero receber essas noticias e vídeos por que to montando um projeto.