• “O preço que pagamos pela restrição severa de carboidratos é a restrição dos estoques de proteína do corpo, particularmente proteínas musculares. Isto causa redução significante de massa magra (músculos).”
    Katch & McArdle, Exercice Physiology, Nutrition & Human Perfomance

    O objetivo deste artigo é fazer de você, ao final, um expert no assunto. Ao acabar de lê-lo, você saberá todos os pontos-chave sobre carboidratos, saberá qual a influência deles e como e quando ingeri-los para obter a melhor performance corporal. Saberá a verdade por trás do assunto, como sempre aqui no Emagrecer de Vez. Não vamos perder tempo, vamos direto ao assunto!

    -> Ok, para esclarecer, o que são carboidratos de fato?


    Diferentemente das proteínas, que são usadas como matéria-prima de construção, os carboidratos são usados para energia, particularmente para exercícios de alta intensidade.

    “Carboidratos são combustível premium”, segundo Dr. Michael Colgan (Optimum Sports Nutrition), ou seja, carboidrato é a fonte de energia predileta do corpo. Muitos pensam que gordura é a melhor fonte de energia, mas se enganam. Como já vimos em outros artigos aqui do site, gordura tem maior densidade calórica (9 kcal por grama), porém não queima com tanta eficiência como os carboidratos (4 kcal por grama) quando transformados em energia. Isso tudo significa que o corpo prefere utilizar-se da melhor fonte de energia, ou seja, nossos aclamados carbs! (gíria curta para carboidratos :) )

    Os carboidratos também podem ser estocados para uso futuro, porém em menores quantidades do que a gordura, que pode estocada a vontade. Disso você já sabe. Os carboidratos são estocados como glicogênio nos músculos e fígado em quantidade total aproximada de 300g a 400g apenas.

    Isso significa, por exemplo, que temos em média de 1200 kcal a 1600 kcal armazenadas como glicogênio (300 * 4 = 1200, 400 * 4 = 1600). Em exercícios de alta intensidade, o corpo recorre a esta fonte rápida de energia. Porém, após períodos relativamente longos de exercício, estes estoques são diminuídos. É neste ponto que o corpo recorre a outras fontes de energia, como gordura e músculo.

    A falta de carboidratos no organismo irá implicar em queima de gordura e músculos. Muitas vezes 50% músculo e 50% gordura. Se você leu o artigo O grande segredo para perda de gordura e ganho muscular, você sabe o quão terrível é perder músculo se você quer perde gordura e atingir seu objetivo do corpo sonhado. Você precisa manter seus músculos a todo custo! Caso tenha esquecido os motivos, volte e de uma revisada rápida no artigo.

    A um bom tempo, os carboidratos vêm sofrendo com a fama de que são os vilões na perda de peso. Quanta injustiça. Bom, as próprias gorduras em si sofrem muito preconceito mesmo que isso nem sempre seja condizente com a realidade. Na verdade, comer os tipos certos de gordura ajuda no emagrecimento! Isto é tema para outro artigo. A moral da história é: cerque-se de boa informação sobre o assunto, não acredite cegamente no que dizem por aí. Vamos conhecer as verdades a seguir:

    -> Carboidratos simples e complexos

    Os carboidratos podem ser dividos essencialmente em 2 grupos: Simples e Complexos.

    Tem interesse em HIPERTROFIA MUSCULAR? Ou seja, ganho de massa muscular?. Veja meu livro eletrônico que mostra as verdades sobre isso e as técnicas que realmente funcionam, de acordo com o que a ciência diz e a prática prova. Veja mais detalhes AQUI. Você pode começar a lê-lo em 2 minutos! Se você tem interesse em tornear ou construir músculos, te digo, você TEM que ler este livro. Quem avisa, amigo é! :)


    Possivelmente você já deve ter ouvido falar sobre isso, caso não, tudo bem. Carboidratos complexos são aqueles que possuem 2 ou mais moléculas de açúcar. Isso significa basicamente que, super importante, carboidratos complexos são digeridos mais lentamente pelo corpo, fornecendo nutrientes de forma constante, por mais tempo, durante sua digestão. Aconselho ler novamente a frase.

    Carboidratos simples, por outro lado, como o nome já diz, tem digestão bem mais fácil, porém, esta acontece bem mais rapidamente. Agora vejamos por que isto não é um bom negócio quando seu objetivo é perda de peso. Aposto que no final deste artigo você estará convencido a substituir a maioria dos seus carboidratos simples por complexos. Irei dar exemplos mais adiante.

    Carboidratos complexos nada mais são que estruturas moleculares mais complexas do que carboidratos simples. Enquanto carboidratos simples são monossacarídeos, 1 molécula, portanto, rapidamente absorvidos pelo organismo, os carboidratos complexos precisam ter suas moléculas grandes quebradas até virarem dissacarídeos, então monossacarídeos e finalmente serem absorvidos.

    Veja a seqüência de eventos abaixo para entender melhor:

    - Você come seus carboidratos simples na sua refeição (massa, arroz branco, doces, etc.).

    - Como vimos, estes carbs são digeridos rapidamente pelo organismo. Lembrando que todos os carboidratos, após digestão, são transformados em açúcar (glicose).

    - Como são digeridos rapidamente, altas quantidades de açúcar são liberadas no sangue, como resultado da digestão.

    - Isto causa picos nos níveis de açúcar no sangue.

    - O corpo percebe isso e libera insulina em quantidades altas para recolher todo esse açúcar que não será usado no momento e estocá-lo como gordura! Este é o papel da insulina. Ela percorre o sangue levando os nutrientes aos seus destinos.

    - O bom, e o ruim ao mesmo tempo, é que a insulina é extremamente eficiente no seu trabalho. Quando o corpo libera boas quantidades desse hormônio no sangue para “limpar” o excesso de açúcar, isso funciona muito bem. A insulina entra em ação, coleta todo esse açúcar e leva ao seu destino (e o excesso é guardado como glicogênio ou gordura).

    - A insulina faz seu trabalho tão bem que faz com que os níveis de açúcar no sangue agora estejam abaixo do que o corpo considera normal. Ela realmente fez seu trabalho muito bem feito. Quando isso acontece, você fica sem disposição, com energia baixa, sono, etc.

    - O corpo percebe que os níveis estão baixos, então dispara um sentimento de fome, afinal você precisa restabelecer estes níveis.

    - Ao ter fome, você irá atrás do que irá repor energia rapidamente, mais carboidratos do mesmo tipo, e assim se forma um ciclo.

    Resumindo:

    Você come carboidratos simples -> o corpo digere rápido -> aumentam os níveis de açúcar no sangue -> o corpo libera insulina -> o excesso de açúcar é armazenado, resultando em níveis baixos de açúcar no sangue -> causa fome -> você come novamente e se fecha o ciclo.

    Este ciclo, se continuado por muito tempo e agravado pela falta de exercícios, fará com que o corpo comece a perder a sensibilidade à insulina. O corpo começará a não responder tão prontamente a este hormônio, o que forçará o organismo a liberar quantidades maiores ainda de insulina na corrente sanguínea, esperando que sua ação seja executada. Com o tempo pode-se desenvolver insensibilidade à insulina, o que pode ser chamado também de diabetes. Uma doença extremamente séria, porém, de fácil prevenção.

    Anote para ler depois o artigo completo sobre As verdades que todos deveriam saber sobre insulina.

    Vejamos agora por que substituir os carbs simples por carbs complexos é um bom negócio.

    Os carboidratos complexos também são transformados em açúcar, porém, por terem uma composição molecular mais complexa, são digeridos mais lentamente pelo organismo. Quais os benefícios disso?

    Vários. Ao se digerir mais lentamente, primeiramente, você terá sensação de saciedade prolongada, ou seja, não sentirá fome tão logo. O corpo irá liberar no sangue quantidades constantes e controladas de açúcar. Não liberará, portanto, grandes quantidades rapidamente, como no caso dos carbs simples. Isso fará com que o corpo evite liberar quantidades altas de insulina, ou seja, o corpo liberará quantidades controladas de insulina no sangue para que entregue o açúcar a seus destinos.

    Sendo este processo controlado e constante, o armazenamento deste açúcar como gordura é diminuído. Você não sentirá alterações na sua energia e disposição, pois não existirão níveis baixos de açúcar no sangue causados pela ação da insulina.

    Vamos resumir: Comer carboidratos complexos ao invés de simples resulta em: Energia e disposição constantes, ação controlada da insulina, o que dificulta o armazenamento de gordura e provê saciedade prolongada.

    Para ficar mais claro sobre o que estamos falando, veja abaixo alguns exemplos de cada tipo de carboidrato:

    Simples
    Complexos
    Arroz branco
    Arroz integral
    Massa
    Massa integral
    Batata
    Batata doce
    Pão branco
    Pão integral
    Doces
    Aveia

    Produtos integrais no geral

    Veja como é simples substituir seus carboidratos simples diários por carboidratos complexos. Opte pelos produtos integrais! Os produtos refinados, como a farinha branca, arroz branco, etc., passam por um processo que retira todas as fibras naturais e outros nutrientes. Acostume-se com produtos integrais, os quais, possuem todos os nutrientes que seu corpo tirará proveito. Comece substituindo aos poucos. Logo isso se tornará um hábito e você verá a diferença. Dizem que um novo hábito leva 21 dias para se instalar :).

    -> Fibras


    Existe ainda mais um tipo de carboidrato! A fibra. Exatamente, fibras são carboidratos, porém, não são digeridos pelo estomago. Muito se escuta falar que fibras devem ser ingeridas diariamente para um bom funcionamento do organismo, etc. Isto é verdade.

    Quando carboidratos são digeridos, como vimos, o produto final é açúcar (glicose). Por exemplo, ao comermos um prato de massa, o organismo digere rapidamente este carboidrato elevando os níveis de açúcar do sangue bastante, o que faz com que o pâncreas libere quantidades altas de insulina para restabelecer a ordem no organismo, ou seja, restabelecer os níveis de açúcar.

    Liberações altas de insulina são prejudiciais para perda de peso e favoráveis a ganho de peso. O papel da fibra neste caso é: retardar a liberação de açúcar através do retardo da digestão. Como a fibra não é digerida pelo estomago, ela acaba “atrapalhando” na digestão dos carboidratos, no sentido de retardá-la!

    Isso é muito bom. Por exemplo, caso você coma o mesmo prato de massa, só que desta vez, coma junto com este prato uma quantia de brócolis, por exemplo, o corpo irá digerir a massa mais lentamente, liberando o açúcar no sangue mais lentamente, evitando picos nos níveis de açúcar e assim fazendo com que as quantidades de insulina liberadas sejam controladas. Bingo!

    A quantidade recomendada de ingestão de fibras diariamente é de 25g a 35g. Minha fonte preferida de fibras é brócolis, porém, existem muitas fontes ótimas como: couve-flor, verduras, etc. A mensagem é: Coma legumes como parte de cada refeição. Além de propiciar uma digestão mais controlada, os legumes também favorecem com a saciedade. Você notará que não sentirá fome tão logo.

    -> As novas classificações


    Foi descoberto que dividir os carboidratos simplesmente em simples e complexos não é a melhor forma. Um exemplo é, se você comer uma colher de açúcar e uma maça. A colher de açúcar é carboidrato simples e é constituído de calorias vazias, ou seja, sem nutrientes. A maçã também é um carboidrato simples, porém, ajuda no emagrecimento e possui vários nutrientes importantes para o corpo. Então fica claro que não é certo nem justo dizer que você deve evitar carboidratos simples e pronto. Entendido?

    Tendo em vista uma forma melhor de classificar os carboidratos, criou-se o conceito de índice glicêmico.

    De forma fácil, podemos entender este índice como algo que mede a velocidade em que o corpo digere o carboidrato e o transforma em açúcar (glicose). Quanto mais alto o índice glicêmico, mais rápido o organismo processa o carboidrato. Desta forma, o que queremos é, dar preferência a alimentos com índice glicêmico mais baixos.

    Em um estudo na Universidade de Harvard descobriu-se que homens que comeram alimentos com os índices glicêmicos mais baixos, como pão integral, diminuíram em 37% a chance de desenvolver diabetes em comparação aos outros que comeram alimentos de índices glicêmicos mais altos, como arroz branco.

    De tão importante, irei repetir o que já disse aqui, porém em outras palavras. Quando alimentos de alto índice glicêmico são ingeridos, estes são digeridos rapidamente liberando grandes quantidades de glicose, fazendo com que o corpo diga: WOW, preciso liberar insulina urgente para estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Ao fazer isso, a insulina age estocando o açúcar em forma de gordura e abaixando os níveis de açúcar além do normal, fazendo que o corpo se mobilize novamente instigando a fome para restabilizar estes níveis. E assim forma-se o ciclo. De modo análogo, tudo isso acontece de modo diferente ao nos alimentarmos com alimentos de baixo índice glicêmico, que são digeridos lentamente pelo organismo, evitando perturbações dos níveis do organismo.

    Após a criação do índice glicêmico, surgiu outro índice que visa deixar tudo ainda mais justo, o GL (glycemic load), carga glicêmica.

    Basicamente este índice leva em consideração, além da rapidez da digestão do carboidrato em glicose, a quantidade de carboidratos em cada um desses alimentos. Por que isso é bom? Por exemplo, a melancia tem índice glicêmico alto, porém, você jamais comerá uma melancia inteira! Então o GL (carga glicêmica) da melancia não é tão alto quanto o GI (índice glicêmico). Fica mais justo certo? A conclusão disso é a mesma: Procure escolher alimentos com GL mais baixos.

    Para ver uma tabela internacional de alimentos com seus índices glicêmicos e índices de carga glicêmica, veja este link da Sociedade Brasileira de Diabetes.

    O livro famoso A Dieta do Abdômen, o qual é uma ótima referência que vale a pena ter, recomenda a preferência por alimentos com GL igual ou inferior a 19.
    Em termos de GI, alimentos com índices de 55 para baixo são classificados como baixo GI, entre 56 e 69 são médios e acima de 70 é considera um GI alto.

    -> Ok, entendido. Mas sobre as quantidades de carboidratos, quanto eu preciso diariamente?


    Maravilha, ótima pergunta.
    A Associação Americana do Coração, a Associação Dietética Americana, o Council Nacional Americano de Pesquisa, a Academia Nacional Americana de Ciências, o Centro de Ciência de Interesses Públicos Americano e praticamente todo outro órgão de saúde e nutrição no mundo recomenda uma dieta médio-alta em carboidratos contendo no mínimo 55% do total das calorias diárias em forma de carboidratos.

    Isso não quer dizer que você precisa seguir a recomendação a risca. Esta é uma linha guia para uma dieta a longo prazo. Quando me refiro a dieta, não me refiro a regime, muito menos a algo temporário, como falam por ai. Dieta pode ser entendida como hábito alimentar. Entretanto, você pode ajustar seu hábito alimentar temporariamente para atingir um objetivo específico determinado.

    No artigo “Atinja seu objetivo de uma vez por todas! A verdade sobre refeições balanceadas” discutimos isso mais a fundo. Dependendo do objetivo da dieta, pode-se e deve-se ajustar as quantidades dos nutrientes ingeridos de acordo.

    Caso você não tenha lido o artigo acima, provavelmente não está entendo muito bem a questão da quantidade. Se trata da composição de macro-nutrientes. Rápidamente, um exemplo: Uma dieta diária deve ser composta por 3 macro-nutrientes: Carboidrato, Proteína e Gordura. Logo, 55%/25%/20% significa que seu total de calorias diários esta dividido em 55% de carbs, 25% de proteínas e 20% de gordura.

    Como calcular a quantidade em gramas de carboidratos que você precisa ingerir no dia para satisfazer uma meta? É tranquilo, vejamos abaixo:

    Supomos que você quer adotar a sugestão geral dada acima e irá ingerir 55% do seu total de calorias em forma de carboidratos.

    Supondo que você precise de 2500 kcal por dia para manter seu peso (Visite Calculadoras para calcular este número)

    2500 * 0.55 = 1375 kcal
    1375 / 4 = 343 g
    (cada grama de carboidrato tem 4 kcal)

    Ou seja, você precisa ingerir 343 gramas de carboidratos no dia. Acostume-se a ler os rótulos dos produtos que você consome para começar a ter uma noção destas quantidades. Este site também é útil para busca de informações nutricionais.

    -> Evitando vilões

    A grande dica é, comece a evitar produtos industrializados, altamente processados e refinados e substitua-os por produtos integrais, naturais e não processados. O ganho que você terá em sua saúde geral é além do mensurável!

    Exemplos de alimentos que você deve substituir são: Farinha branca, produtos feitos de farinha branca como pães, massas tradicionais etc., todos são digeridos muito rapidamente. Por exemplo, a farinha branca é processada para retirada de todos os principais nutrientes. Dê preferência para farinha integral e produtos feitos com ela. Biscoitos são também uma armadilha, mesmo os que dizem ser “integrais”. Muitos contem alguma forma de açúcar embutida (leia o rótulo).

    Procure dar preferência a produtos não processados e naturais. Só assim você tirará proveito de todos os nutrientes que tem direito e que seu corpo precisa. Sinta a diferença e veja os benefícios. Comendo os alimentos corretos você manterá sua fome sobre controle, seu corpo com os nutrientes que precisa e evitará ganhar mais daquela gordura que você luta tanto para perder. E ainda, comendo carboidratos complexos e fibrosos (legumes, etc) regularmente você acabará comendo menos no geral. Estes são alimentos que saciam muito mais! Experimente.

    Moral da história. Se você quer realmente sentir uma diferença significativa no seu dia-a-dia e quer levar a sério seu objetivo, substitua os carboidratos simples da sua dieta por carboidratos complexos. Parece complicado, concordo, porém realmente não é, pois na prática tudo se resume a exemplos como:

    Substituir arroz branco por arroz integral.
    Substituir pão branco por pão integral.
    Substituir massas tradicionais por massas integrais.
    Substituir produtos refinados por produtos integrais e não processados.
    etc, etc.

    Agora você é um expert em carboidratos. Procurei deixar claros os pontos mais importantes que você precisa saber para se tornar consciente de sua dieta e saber o porquê de muito que é dito por ai fora.

    Tenha isto em mente: Substituir carboidratos simples por complexos. Evitar alimentos processados e refinados. Estas recomendações são dadas por TODOS os melhores autores do ramo da nutrição e fitness. Você estará perdendo MUITA vantagem no seu processo de emagrecimento ou ganho muscular, caso você não adote este hábito.

    Carb Cycling (Zig-Zag method) é o método mais eficaz que já foi desenvolvido para perda de peso. Não é um método comercial, nada disso. É uma forma utilizada já a décadas por milhares de fisiculturistas e experts da área de nutrição para perda de peso eficiente e rápida. Escrevi um artigo somente sobre isso, não deixe de dar uma lida e conhecer todas as verdades por trás deste método que possibilitará você atingir seu tão sonhado objetivo! O artigo é Descubra o melhor método para queima natural e constante de gordura já inventado.

    Um abraço,
    Rodrigo

    Related Posts with Thumbnails

    Subscribe to our mailing list

    * indicates required Nome * E-mail Principal *

    Fundador do EmagrecerDeVez.com e autor de 2 livros eletrônicos bestseller: Emagrecer De Vez e Hipertrofia Muscular.

    Share →

    148 Responses to Tudo que você precisa saber sobre Carboidratos!

    1. [...] need to know about fat loss. Como visto no nosso artigo que trata exclusivamente de carboidratos (Tudo que você precisa saber sobre Carboidratos), todos os carboidratos, seja ele simples, complexo, natural ou refinado, são no final [...]

      • Leila disse:

        Olá Rodrigo, o que vc me diz sobre o blog do dr. Souto, pois ele diz que nem os carbs integrais devemos comer, (teremos carbs de boa qualidade e suficiente nos vegetais) pois contêm açúcar da mesma forma, e também não contar cal, e podemos comer carnes gordas. Eu tinha abolido totalmente os carbs da minha dieta, não tive muito sucesso no emagrecimento. Estou perdida entre vc e o Dr. souto. Não vi nenhuma receita sua com carbs integrais e nem pão integral no café da manhã será que vc poderia me esclarecer por favor preciso muito. Obrigada.

    2. [...] vai entender exatamente o porquê da preferência pelos carboidratos complexos e não os simples: Tudo que você precisa saber sobre Carboidratos. Estou passando vários links de outros artigos como sugestão, eu aconselho que você anote para [...]

    3. Fernanda disse:

      Olá Rodrigo, estou tendo um pouco de dificuldades para entender o método Zig Zag, pois nunca consigo ler todo, só tenho acesso a internet no trabalho, e sempre deixo escapar algo ou leio com pressa, será que você não poderia postar um resumo? Aqui mesmo nos comentários que seja de fácil entendimento?
      Agradeço desde já.

      PS- Parabéns pelo site, muito organizado e bem escrito.

    4. Marcio disse:

      ola rodrigo, parabéns pelo site, e o melhor que eu encontrei sobre o assunto, muito bem elaborado, bem explicado, estou lendo os artigos aos poucos, to meio sem tempo, poderia me tirauma duvida?

      cada grama de proteina e carboidrato tem 4 calorias (se nao me engano), a gordura tbm é o mesmo tanto ou é o diferente ?

    5. Jacqueline disse:

      Adorei a idéia do projeito e vou começar hoje, fazer minhas compras de alimentos e trocar a minha rotina de exercícios eu fazia diariamente 40 min de corrida vou começar a fazer variando a intensidade e em menos minutos, ah tirei fotos quero ver os resultados rs.

    6. Urias Marques de Oliveira disse:

      Obrigado pela orientação de substituição do carboidrato simples pelo complexo,
      tenho 61 anos, fiz exame e constou uma baixa glissemia, estou usando adoçante, mas como muito pão francês, descobri que está em exesso porque transforma em açúcar, pois vou substituir por complexo, abraços.

      • Rodrigo disse:

        Fico extremamente feliz que o artigo lhe tenha sido útil! Com certeza você notará todos os benefícios da mudança!

        Parabens pela iniciativa e pela busca do conhecimento :)

    7. Euder Nascimento disse:

      Olá Rodrigo,

      Está ótimo o artigo, me ajudou bastante a esclarecer pequenas dúvidas no controle semanal do peso, principalmente no âmbito científico, já que sou lutador de mma e preciso dessa rigidez.

    8. vitoria abade disse:

      goosteeii mto!me ajudou bastante com um trabalho de cencias sobre carboidratos!vlw =)

    9. Lays Chrystina disse:

      Obg,pelas dicas de alimentacao
      tbm pela ajuda no trabalho de ed.fisica.
      bjss. waleu* (=.

    10. edson disse:

      Banana é um carboidrato simples ou complexo?

    11. edson disse:

      Na planilha do desafio nas sugestões genericas fala de carb complexo e na sugetão 1 para café da manha cita frutas como banana maçã. Essas frutas podem causar um pico de insulina ou não?

      • Rodrigo disse:

        Causam alteracao na insulina sim, mas nao se preocupe com isso. No cafe eh uma otima pedida voce ingerir frutas :)

        Abracao,
        Rodrigo

        • jussara rosa disse:

          oi Rodrigo faço quase tudo certo so nao consigo ficar sem ao menos 2 cafezinhos com 3 gotas d ZERO KAL isso vaime prejudicar, estou adorando to no setimo dia ja cinto grandes diferenças obrigada por tudo eu vou conseguir….

    12. Amanda Cremasco disse:

      Perfeitoo!! adorei o artigoo e tudo mais! parabéns!
      e obrigada…

    13. Fábio Araújo disse:

      Boa tarde Rodrigo,

      cara, parabéns pela iniciativa de ajudar a quem deseja emagrecer de maneira saudável e correta,
      gostei muito das suas explicações e da maneira que expõe seus conhecimentos.

      Já li todos os artigos e gostei muito,
      já tinha começado a malhar e mudado minha alimentação,
      mas a partir dessa segunda feira tornarei irei melhorar ainda mais minha alimentação seguindo suas dicas.

      Fiquei com uma duvida na montagem do cardápio,
      montando as refeições do dia é praticamente impossível alcançar os valores de proteínas, carboidratos e gordura sem ultrapassar muito a quantidade de calorias ingeridas, estou seguindo a dica de 50%/30%/20%. Sempre na montagem dos cardápios dá um déficit muito grande dos 3, o que me aconselha fazer?

      Tento incrementar com um alimento que contenha mais proteína, carboidrato e gordura, mas sempre ultrapassa a quantidade de calorias para cada refeição.

      Parabéns pela iniciativa.

      Abraços

    14. Emanuel disse:

      Olá Rodrigo,

      Li seus artigos e achei fantástico, todos! Muito didático, parabéns! Me ajude com uma questão por favor: Após meu treino (4x / semana), tomo meu Whey logo em seguida, que apresenta baixo índice de carboidratos. O certo, pelo gasto de energia durante o treino, não seria misturar um carbo junto, fazendo com que a proteína tenha seu papel exclusivo? Se sim, qual tipo de carbo, simples pela rapidez de absorção do tipo de proteína?
      Outra pergunta: Se eu vou suplementar com Creatina, qual é o melhor horário para isso, e com o que, Whey ou carbo?
      Qual sua opinião e conselho sobre o consumo de Carboidratos (simples ou complexos) a noite? Sim, mesmo que equilibrado, 22hs, na ultima refeição é recomendável? Ouvi dizer que o fato de se liberar insulina a noite, retarda a liberação de GH pelo organismo, isso faz sentido?
      Desculpe a bateria de perguntas e agradeço pelas respostas desde já!

      Abs

      Emanuel

    15. valquiria disse:

      Óla Rodrigo muito bom esse site adorei tenho dificuldades para emagrecer comeceu na academia e quero uma dieta como posso conseguir isto contigo mesmo,exercicios faço variados faço muay thai,jiu jitsu jump e musculaçao tem um metodo correto para conciliar estes para ficar com força total….desde ja agradeço Valquiria

      • Rodrigo disse:

        Oi Valquiria, voce pode dar uma olhadinha no servico de Avaliacao que ofereco (www.emagrecerdevez.com/avaliacao)

        Abraco,
        Rodrigo

    16. Andréia disse:

      oi Rodrigo amei seu site, td de bom, mt interessante msm viu, parabens.
      Gostaria de saber o q eu faço, nao posso comer gluten e os produtos com farinha branca ( td bem) e integrais os possuem, como faço para nao comer carboidratos simples?
      abraço.fique com Deus e obrigada pelas suuper dicas :)

      • Rodrigo disse:

        Bom, nao entendo muito dessa questao de gluten, mas tenho certeza que ainda existem opcoes variadas que voce pode fazer uso :) Realmente, tem q dar uma pesquisadinha pra encontrar as opcoes que voce pode variar :)

        Abracao,
        Rodrigo

    17. Paula disse:

      Olá Rodrigo!
      Gostei muito do seu site ele me ajudou muito em meu trabalhoo da escola!

      Parabéns pelo site*

    18. hericles matheus disse:

      mim ajudou muito para fazer o meu trabalho de ciencias…

    19. walisson disse:

      ;)eu gosei do site gstei mesmo hahahahahahahahhahahahahahhahahahahaahahaahaahahaha!

    20. sabrina disse:

      eu nãoconsegui achar o que eu presisava bye bye !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    21. Daniela disse:

      Boa tarde Rodrigo, fiquei em dúvida qto ao cálculo de carbo, pois no link http://emagrecerdevez.com/atinja-seu-objetivo-de-uma-vez-por-todas-a-verdade-sobre-refeicoes-balanceadas o cálculo é de um jeito e aqui de outro, os resultados evidentemente são diferentes, e como eu calculo a qtidade de proteína que pode ser ingerida?? não entendi..:/

    22. Igor disse:

      Olá Rodrigo td bem?

      Bom, estou com uma dúvida, séria ao meu ver hehe. Na tabela dos alimentos que vem junto com o DESAFIO aki do site, o arroz integral tem a seguinte informação se me lembro bem

      100g de arroz integral = 22g de carboidratos (e em várias outras tabelas pela internet o resultado é esse msm ou aproximado).

      Recentemente resolvi incluir arroz na alimentação. No mercado emcontrei uma marca de arroz que não estou encontrando para postar aki, mas essa marca aki é igualzinha em informação nutricional:

      http://www.paodeacucar.com.br/produto/172/arroz-integral-tio-joao-pacote-500g

      Achei mto acima do normal essa informação nutricional:

      50g de arroz = 36g de carboidrato

      A questão é, devo confiar nessa informação? Pois estou achando muito irreal isso.

      Desde já grato Rodrigo, sucesso!

      • Rodrigo disse:

        Fala Igor. A diferenca eh por que este pacote esta mostrando as informacoes para o arroz CRU, antes de cozinhar. Depois de cozinha, ai sim, vai pra 22 :)

    23. Igor disse:

      Hahaha ele podiam informar isso tbm no pacote né hahaha

      Valew rodrigo, como sempre vc ajuda mais que o google hehe

      Um abração cara!

    24. Andreza disse:

      Fiquei encantada com este artigo, nossa ele foi muito esclarecedor e depois de ler mudou minha visão alimentar. Parabéns!!!

    25. Bruno disse:

      Poderia explicar como funciona a utilização de carboidratos de de alto IG no pós-treino? (O Clássico Whey+Dextrose) Essa combinação pode ajudar a manter massa muscular durante o processo de emagrecimento?

      • Rodrigo disse:

        Para MANTER a musculatura eu nao vejo muito beneficio da dextrose. Para manter a musculatura, voce pode fazer 1/3 da quantidade de repeticoes nos exercicios, porem, tentando manter a intensidade (o peso) alta. Whey protein sem duvida eh bem vindo, alias, uma alimentacao rica em proteinas como um todo eh mais indicada.

        Abracos
        Rodrigo

    26. Bruno disse:

      Valeu Rodrigo pela informação! Eu já tinha até comprado a dextrose mas ela vai ficar um tempo no armário rs

      Abraços

    27. FABIO disse:

      Rodrigo …. pesava 88kg, fiz exames e deu intolerancia a lactose, medico pediu que cortasse algumas coisas do meu prato … quase tudo que contem leite contem tb o carboidrato .. ( Pão, Massas ) fiz o que o medico me pediu, pedri uns 5 kg em menos de 20 dias … so que vinha me sentindo muito fraco ( sono, Fraqueza, tonturas, dores de cabeça ), um amigo meu falou que isso ta acontecendo porque eu cortei carboidratos da minha alimentação, o que vc acha ?? valeu ..

      • Rodrigo disse:

        Oi Fabio,

        Sim, faz bastante sentido. Cortar carboidratos por completo nao eh uma boa ideia nao, ja que eles sao as fontes de energia favoritas do organismo. Voce pode voltar a incluir carboidratos como arroz, batata, graos, aveia, etc. As opcoes que nao incluem leite seu muitas tambem!

        Abracao,
        Rodrigo

        • Nanane disse:

          Olá Rodrigo, o que vc me diz sobre o vídeo informativo, pois vc diz que nem os carbs integrais devemos comer, (teremos carbs de boa qualidade e suficiente nos vegetais) pois contêm açúcar da mesma forma, e também não contar cal, e podemos comer carnes gordas. Eu tinha abolido totalmente os carbs da minha dieta, não tive muito sucesso no emagrecimento. Estou perdida com vc e os sites informativos seus que só servem pra confundir, afinal tem algum dos blogs em que posso confiar, pq tem até alguns vídeos contraditórios tbm. Não vi nenhuma receita sua com carbs integrais e nem pão integral no café da manhã será que vc poderia me esclarecer por favor. Obrigada!

    28. Marlei disse:

      Olá Rodrigo,

      Estou no desafio dos 10 dias e estou bem animada, eu tenho uma dúvida, não consigo ficar sem o café com leite e uso açucar cristal para adoçá-lo, seria melhor usar o mascavo ou adoçá-lo? Eu já li todos os seus artigos e em nenhum deles vç comenta sobre isso,claro vç sugere que não use açucar mas como substituí-lo de forma saudável.
      Um abraço,
      Marlei

      • Rodrigo disse:

        Oi Marlei,

        Sem duvidas o acucar mascavo eh melhor que o acucar cristal, entretanto, ambos sao acucares. Portanto, sugiro que inclua com bastante moderacao se seu objetivo eh queimar gordura.

        Abracos,
        Rodrigo

    29. Kathlen disse:

      Estou com uma enorme duvida…
      Ao contar os carboidratos em gramas, devemos levar em conta as fibras que contem no alimento?
      ex: brócolis, possui 7,14 g de carboidratos e 3,3 de fibras. Considero somente o 7,14 de carboidratos ou faço a soma de carbs e fibras para saber a quantidade exata de carbs que contem no brocolis?
      Fiquei com essa duvida pois vc disse que fibras são carboidratos, mas disse tbm que não são digeridos pelo organismo….

      Obrigada!

    30. Kathlen disse:

      Obrigada Querido!
      Abração

    31. Vera Costa disse:

      Oi, Rodrigo, adorei tuas explicações. É a primeira vez que leio algo que explica de forma tão simples e didática.
      Estou sempre lutando contra os últimos 2 kgs e parece que meu organismo se tornou muito resistente – não estou conseguindo. Agora vou ler todos os teus artigos e sei que encontrarei a saída.
      Sou apaixonada por carboidratos, especialmente por pães, mas sempre pães integrais. Acho que estou comendo muito além do necessário, embora com controle de 6 refeições diárias e 1.200 calorias.
      Já adicionei este site em meus Favorito pois estou certa de que irá me ajudar bastante.
      Obrigada, abraços, muita sorte e sucesso e parabéns!!!

    32. Daiane disse:

      Poxa vida !!!!!! Estava mesmo procurando algo assim, pois, me ajudou muito em um trabalho escolar, além de ter tirado minhas duvidas, agora eu sei o comer. Muito obrigada.

    33. vagner disse:

      Ola Rodrigo.Otima materia mas ainda tenho uma duvida.Meu primeiro lanche do dia é o meu pré treino.Qual seria o melhor tipo de carbo a usar?O simples ou o complexo?Lembrando que faço o lanche e vou malhar uma hora depois.O que me indicaria para o lanche?

    34. Melissa disse:

      Como eu sentia falta de ler artigos de tão boa qualidade quantos estes que escreve!
      Me fazem lembrar da época em que eu era dona da minha vontade!
      Que bom que está compartilhando!

    35. vinícius disse:

      Rodrigo;
      Que tipos de caboridratos são:
      feijão,lentilha e ervilha?
      São complexos ou simples?

      abraço!

    36. jacqueline disse:

      Uma dúvida…o aipim e o inhame sao carboidratos simples ou complexos? Obrigada e parabéns pelo trabalho!

    37. Jairo Rodrigues disse:

      Boa Tarde!!!

      Ótimo post, adorei receber tantas informações de uma maneira clara e objetiva. Comecei a tomar Malto (NeoNutri) para o pós treino, faço 1 hora de musculação moderada e entre 20 e 30min de corrida intervaladas 4x na semana. Agora vai minha pergunta na embalagem do Malto vem a informação q ajuda na queima de gordura gostaria de saber de vc se é uma maneira certa de pós treino usar o malto, tendo em vista que meu objetivo é eliminar % de gordura.

      Obg aguardo seu comentário.

    38. Manuella disse:

      Estou no quarto período de nutrição e esse artigo foi a melhor ”aula” que já tive.Muito menos decoreba e mais esclarecedor! Parabéns.

    39. laercio de oliveira disse:

      estava ficando maluco com meu problema visitei tanto especialista que perdi a conta enfim ,junto com tudo que ja tenho apareceu o DIABETES,o pior ninguem consegui explicar o porque das coisas? se preocuparam em enfiar logo remedios, mas graça á voce RODRIGO de modo simples,objetivo e profissional me deu muitas informaçaões prque estava perdido sem orientacão.
      abços

    40. Luciana disse:

      Rodrigo, bom dia!

      Estou lendo todo o processo dos 10 dias, por sinal gosto muito, neste ponto que estou, concordo que os alimentos integrais são melhores para saúde, mas tenho dois problemas, primeiro eles são bem mais caros e segundo o sabor só é agradável quando se é uma ótima cozinheira, o que eu não sou.

      Fiquei um pouco triste, pois em relação ao sabor é só esforçar, mas o preço, substituirei algumas coisas como o arroz, os biscoitos industrializados integrais eram o meu consolo, mas agora percebi que estava errada.

      Estou confiante que agora conquistarei meu peso ideal.

      Grata!

    41. Leo disse:

      Excelente artigo!

      No caso de quem faz musculação buscando a HIPERTROFIA, o carboidrato ingerido ANTES DO TREINO deve ser simples ou complexo? E APÓS o treino?

      • Geosh disse:

        Leo, escreveremos um artigo a respeito em breve, fique ligado! Falando em Hipertrofia, você já leu o nosso livro Hipertrofia muscular? Fica a Dica!

    42. Carlos disse:

      Agora estou começando a entender. Na minha alimentação atual estou colocando carboidratos simples, e realmente por mais que coma frutas, uma verdurinha aqui um legumezinho ali e essas saladas básicas, estou sentindo a fome chagar muito rápido. E olha que quando vou comer, costumo comer bastante, por mais que seja um lanche.

      A verdade é que estou precisando colocar esses carboidratos complexos na minha alimentação, pra me dar uma energia e saciedade a mais. Lembro de quando comia pão integral, me sentia muito mais satisfeito com uma quantia menor, do que o pão normal que como hoje em quantia maior. rs. Isso sem falar dos outros benefícios que contribuem para ganho de massa muscular.

      Obrigado pelas informações Rodrigo.
      Parabéns pelo trabalho.

      • Geosh disse:

        Sim Carlos! uma boa é tentar aumentar a quantidade de carbs fibrosos e gorduras boas também, e evitar os simples. A cada dia que passa acredito mais que a fome que sentimos depois de uma boa dose de carbs simples é um efeito rebote.

    43. Carlos disse:

      Só uma pergunta:

      Tapioca, tem algum benefício comer? É muito calórica?
      Tipo feita com queijo branco.

      Agradeço.

      • Geosh disse:

        Carlos, a fécula de mandioca em si tem baixo índice glicêmico. mas se você colocar leite condensado, açucar ou farinha, vai estimular que as calorias sejam absorvidas na forma de gordura. Tem que ver também o efeito do queijo sobre o seu organismo!

    44. Odete disse:

      Oi Rodrigo, tudo bem? adorei seu site, gostaria de saber se a ração humana contém carboidrato e, se contém, é simples ou complexo? obrigada, beijos!!

      • Rodrigo disse:

        Hmm.. problema eh que existem centenas de tipos de racao humana :S
        No geral acho que eles incluem mais graos, sementes, etc… e isso nao contaria como carboidratos simples nao!

    45. Odete disse:

      não , se soubesse não teria escrito!

    46. Odete disse:

      Ola Rodrigo, gostaria de saber se a ração humana tem carboidrato e ,se é simples ou complexos.

    47. Jessica Arndt disse:

      Oi Rodrigo, tudo bem? :)
      Li esse artigo umas tantas vezes pra conseguir lembrar de tudo. Gostei muito de voce nos ter fornecido essa lista do GI e GL, que com certeza foi uma mao na roda!
      Porém, queria te responder uma pergunta… frutas como maca, pera, laranja tem GI abaixo de 55 e GL abaixo de 19, portanto, serao absorvidos lentamente pelo corpo?? Entendi certo? Serao absorvidos tao lentamente quanto um pao integral, por exemplo?
      Eu tô meio que desesperada aqui… desde que vim pra Alemanha eu engordei um pouco, aí há dois meses comecei a reduzir os carboidratos, mas tô com receio de fazer alguma coisa errada.

      Preciso muito que voce me responda uma coisa… mesmo pratricando musculacao é necessário ter carboidratos em todas as refeicoes?
      E outra coisa… as frutas citadas acima farao com que minha insulina fique controlada, mesmo tendo comigo só as frutas (sem presenca de proteína)??

      Muitissimo obrigada! :)

    48. Jessica Arndt disse:

      * te fazer uma pergunta (escrevi errado)

    49. Ubiratan disse:

      Parabéns pelos excelentes artigos. Este aqui, juntamente com o sobre proteínas, foi particularmente interessante. Minha dúvida: há alguma referência para identificar quais tubérculos, além da batata doce, são carbs complexos? Por exemplo, mandioca, batata baroa, inhame, cará
      Grato

      • Geosh disse:

        Boa pergunta, Ubiratan! a menos que eu esteja enganado, todos os que você citou são complexos, exceto a mandioca. Como o indice glicemico é de médio a alto, um consumo moderado seria uma boa!

    50. Aline disse:

      Parabéns! Esses artigos são maravilhosos, continue assim.

    51. viviane disse:

      boa tarde estou no 7 dia e não vejo mudança nenhuma , sigo as regras , virgula por virgula e nem o meu humor melhorou isso funciona mesmo ou é balela ???

    52. Manuela disse:

      Geosh ou Rodrigo, podem me ajudar? Há um tempo troquei carboidratos simples por complexos e já me acostumei muito bem com a troca. Mas um dia desses fui comprar um pão tipo tortilha integral e o que me surpreendeu foi que o integral tinha 40 calorias a mais e quase duas gramas a mais de gordura que o tradicional. Mesmo assim devo preferir produtos integrais?

      • Geosh disse:

        Olá Manuela! Pão, Marrarrão e massas no geral tem um índice glicêmico relativamente altos mesmo quando feitos com farinha integral, mas ainda assim são melhores do que os carbs simples com certeza. Melhor ainda seria se você conseguisse substituir esses carboidratos complexos por outros de menor índice glicêmico, por exemplo!

    53. Margareth Correa da Silva disse:

      Suas leituras são enriquecedoras e realmente só lendo muito é que se aprende a se reeducar. Estou. muito feliz de ter encontrado esse site, espero agora emagrecer definitivamente

    54. Gabriela disse:

      Rodrigo, boa noite,

      Estou com uma grande duvida sobre graos. Ou seja, feijao, lentilha, grao de bico, ervlhas, sao classificadosmcomo carbo? Quando montar o prato com os tres tipos de alimentos sugeridos, devo considerar graos ou arroz integral ou batata. Ou posso come los juntos, o bom arroz com feijao por exemplo. Aguardo sua resposta assim que possivel e agradeco muito

      • Geosh disse:

        Olá Gabriela. São classificados como carbs sim, e no geral tem índice glicêmico baixo. Se for consumir junto com arroz, deve considerar a soma dos carboidratos + o aumento do efeito glicêmico do arroz.

    55. Gabriela disse:

      Rodrigo, preciso de ajuda, por favor. Faco meu jantar as 19hs, e durmo as 11. Acordo de madrigada com fome, sem conseguir dormir. O que devo comer na ultima refeicao do dia, as 10hs, para nao por tudo a perder? Me ajuda…..onrigada

      • Geosh disse:

        Olá Gabriela! Coma uma fonte de proteína + gorduras de qualidade e se puder, carboidratos vegetais antes de dormir! fique atenta, a fome é sinal de que algo vai mal na sua dieta!

    56. Victor disse:

      Olá, adorei o site de vcs, tem informações muito valiosas, estou me alimentando pouco e fazendo em média 1hora de simulador de caminhada diariamente, estou evitando arroz e feijão, preferindo saladas e legumes crus ou cozidos, gostaria de saber se coalhada natural com 2 colheres de sopa de granola, é uma boa fonte de carbs complexos, e gostaria de opniões sobre o que comer nos lanches entre as refeições. Por exemplo, trabalho em um departamento financeiro e passo a maior parte do tempo sentado, tenho comido 3-5 bolachas agua e sal para me manter alimentado de 3 em 3 hrs, tem algo melhor que deveria comer, não como fruta por conter açucar, voices podem me ajudar?

      • Geosh disse:

        Olá Victor, Granola costuma conter açucar ou mel como um dos ingredientes, seria melhor aveia integral. Quanto aos lanches, você pode sim melhorar. A farinha dos biscoitos de agua e sal deve ser absorvida quase que como o açucar, você nao se sente fraco depois de algumas horas não? De uma olhada no podcast 001, falamos sobre lanches nele!

    57. Emerson disse:

      Estao de parabens!! Otimo site, informaçoes bem precisas e objetivas, de forma clara e facil de entender e aplicar, ja estou recomendando;

      • Geosh disse:

        Obrigado Emerson! Tentamos manter sempre a simplicidade, o bom humor e o bom senso mesmo quando tratamos de assuntos sérios e complexos. A formula tem dado certo! Seus amigos serão muito bem vindos. Grande abraço!

    58. Marcos Moreira disse:

      Boa noite !

      Tenho uma dúvida com relação a ingestão de carboidrato simples juntamente com proteina. Queria saber se comer filé de peito de frango com uma pequena porção de arroz branco acarretará um pico de insulina. Li em outros artigos aqui falando que a proteina ajuda a absorção do carbo ficar mais lenta, mas nesse caso como o carbo é simples, trará o indesejável (para essa refeição) pico de insulina ?

      Excelente site! abraço!

      • Geosh disse:

        Olá Marcos! Vai acarretar em um pico de insulina menor do que se você consumir só o arroz branco, por exemplo, mas ainda será um pico consideravelmente mais alto do que consumir peito de frango com outro carboidrato mais complexo!
        Obrigado! Disponha!

    59. Mohamed disse:

      Muito bom artigo! Mas não entendi quando é mencionado “pão branco” seria o pão francês tradicional? No meu caso não sou musculoso, sou bem magro mas ultimamente minha barriga tem crescido bastante. O que devo fazer, queimar calorias ou trabalhar a musculatura?

    60. Lala disse:

      Grão de bico seria uma boa escolha?

    61. Neide Cintra disse:

      Olá Rodrigo,adorei ler seu artigo,muito bem explicado,gostei da parte dos complexos e simples e a função da insulina.Já faço uma dieta de proteinas de 15 dias depois de ler seu artigo fiquei mais confiante,bjão de lúz.

    62. Eduardo disse:

      Olá Rodrigo !
      Muinto bom o seu site.

    63. Vanessa Roriz disse:

      Adorei ler essas informações! Muito bom saber que ainda existem as mesmas circulando na internet..Enfim, tenho uma dúvida, apesar de eu fazer musculação, trocar os carboidratos simples pelos complexos e sempre comer de 3 em 3 horas ainda não consegui me livrar das famigeradas gordurinhas localizadas..dessa forma, me veio a única explicação possível, será que é porque tomo Coca Zero? é meu único pecado e não consigo largar rs. Tomo todos os dias..será que é isso que está influenciando na minha dieta? não consigo perder gordura localizada e já cogito usar de artifícios não muito naturais para tirá-las..enfim,o que acham??Obrigada e PARABÉNS novamente pela qualidade e transparência nas informações!!

    64. IVANIA ALMEIDA disse:

      Olá Rodrigo, estou maravilhada com tanta informação boa que consta nesse site, vc está de Parabéns, eu pesquiso muito sobre dietas, e confesso que nunca vi até hoje nada tão esclarecido, cada artigo que eu leio fico surpresa, como era enganada com as baboseiras que aprendi ate hoje.
      EStou no 2º dia , e confesso que não consigo prar de ler o seus artigos; Agora sim sei que vou emagrecer com saude e definitivamente!

      abraços

    65. França disse:

      Olha Rodrigo , seu artigos me ajudaram não só fisicamente como mentalmente , eu ficava muito me perguntando porque a grama do vizinho é mais verde… Eu sou muito zuada na escola por ser gorda , mais eu estou cumprindo o desafio de 10 dias e eu estou seguindo passo a passo e sei que eu vou conseguir !

      • Geosh disse:

        A verdade é que comparar a nossa grama com a dos outros é ilusório. Nós só conseguimos nos medir ao nos comparar com a nossa própria grama, França! Assim conseguimos saber se estamos ou não indo na direção certa.

    66. rizoneide disse:

      qual a importancia do carboidrato para o nosso corpo?

      • Geosh disse:

        Olá, Rizoneide. O carboidrato tem papel fundamental como fonte de energia e impacto significativo sobre o processo de emagrecimento. Conhecer e controlar seus carboidratos é uma estratégia fundamental pra atingir seus objetivos.

    67. Jamila disse:

      Estranho, pois todos os sites classificam os carboidratos da seguinte maneira:

      “Os carboidratos se dividem em dois grupos: carboidratos fibrosos e carboidratos não-fibrosos. Os carboidratos não-fibrosos dividem-se em carboidratos simples e carboidratos complexos. Estes são facilmente absorvidos pelo intestino e utilizado como principal fonte de energia pelo organismo. Os carboidratos simples como o açúcar de mesa, geleias, frutose etc, possuem uma pequena cadeia química, de forma que são absorvidos rapidamente pelo intestino. Os carboidratos complexos, tais como batata, arroz, pão, macarrão etc, possuem uma grande cadeia química e requerem mais tempo para serem absorvidos pelo intestino. Ambos os carboidratos serão transformados em glicose no intestino para que assim possam ser absorvidos pela corrente sangüínea. Já os carboidratos fibrosos, também conhecidos como celulose, são dificilmente absorvidos pelo intestino, de forma que não são utilizados como fonte de energia, mas como suplemento de vitaminas e minerais e ajudam a manter o trato intestinal saudável através de uma espécie de varredura promovida pelas fibras da celulose. Dietas altas em fibra (celulose) parecem evitar doenças como câncer de cólon e hemorróidas. Arroz integral, cereais, como aveia, trigo e cevada são exemplos de alimentos com alto teor de fibra.”

      Ou seja, batata inglesa, arroz branco, pão branco, etc. são carboidratos complexos e alimentos integrais e cereais são carboidratos fibrosos.

      Gostaria de saber por que seus conceitos diferem. Obrigada.

      • Geosh disse:

        Jamila, alimentos integrais contẽm carbs complexos, que tem cadeias maiores e tambẽm contẽm um percentual de carboidratos fibrosos.
        Porém, eles ainda possuem um índice glicemico alto o bastante pra impactar negativamente o emagrecimento. Pro emagrecimento, esse é o foco mais importante.

    68. lucia vieira disse:

      adorei o artigo sobre os carboidratos, tirou minhas duvidas, vou ler os outros. parabens

    69. Márcia Maia disse:

      Olá Rodrigo,
      Tenho lido TODOS os artigos que estou recebendo ( experiência dos 10 dias). Tenho décadas de dieta, já fiz todas que vc puder imaginar.
      Agora vc me deu alguns dados novos, mas pelo que entendi, o resumo de tudo isto é que para emagrecer com saúde e para sempre, basta ter uma dieta balanceada, por exemplo 50/30/20 ou 40/40/20 e praticar exercícios físicos.
      Estou certa?

    70. Hudimila disse:

      Muito legal, fiquei muito feliz de ter achado esse artigo com conteúdo inteligente e completo. Obrigada

    71. REJANE disse:

      Olá Rodrigo,
      Fiz o Cadastro do pacote de 10 dias. achei UM MÁXIMO! li todos os artigos possíveis e realmente fiquei muito Feliz, em saber o Verdadeiro sentido de emagrecer com Qualidade, através de um Conteúdo tão rico que você nos proporcionou. irei seguir todas as instruções necessárias para alcançar meu Objetivo e assim passar tudo isso adiante para outras pessoas que conheço que vivem desiludidas, seguindo procedimentos totalmente errados na grande luta para emagrecer. Um Grande Abraço e Sucesso com este trabalho extraordinário!

    72. Renan disse:

      E ai Rodrigo e Geosh, tudo bom?

      Gostaria de saber o que vocês tem a dizer sobre um carboidrato que esta muito falado em academias o wazi mazy pois pelo que eu já li dele, este produto quase nem tem o pico de insulina. Podem me responder está pergunta?

      Obrigado e tudo de bom pra vocês.

      • Geosh disse:

        Renan, Não vejo como uma necessidade suplementar carboidratos, só se for pela praticidade ou por necessidade contextual mesmo. Caso contrário, melhor comer, né? Abraços!

    73. nayara disse:

      Rodrigo me ajude olha pra vc verem eu calculei pela calculadora do blog meu gasto calorico diario para pode saber quando consumi de proteína gordura e carboidratos em cada refeiçao,bem meu gasto calorico segundo a calculadora(DCE)é de 2313,ai fui la no meu montador de cardapio olhar como foi as minha refeições de hoje e deu que de calorias ja consumi 3118 mais que meu gasto calorico eu vo engorda assim oa inves de emagrecer nao?e so to comendo oq tem no cardipo MR hj comi
      Cafe-2 ovos mexidos 2 nozes
      almoço-coxa e asa de frango assada com pimantoes cebola cenoura e uns pedaços de batat doce e nozes
      Lanche-1 pedaço de queijo minas canastra e ainda são 17:00 e segundo a calculadora(DCE) comsumi mt alem
      que preciso…meu cardapio de hj ta erradoo???nosaa agara Bateu um desanimo..Devo ta fazendo tudo errado mais n comi nada foro do cardapiooo..

    74. Driele disse:

      Olá, vocês dispõem de alguma lista de carboidratos complexos, ou onde posso encontrar?

      Obrigada!

    75. Eugenio Rodrigues disse:

      Tenho uma duvida Rodrigo um amigo meu disse que passou pela nutricionista e ela falou que comer a mesma coisa todo dia faz mal para ela sua refeição tem que ser montada de um mes quais os alimentos que eu possa esta diversificando a rotina até chegar um mes completo muito obrigado pela atenção e belo e parabéns

      • Geosh disse:

        Eugenio existe uma infinidade de alimentos que você pode consumir! Pense sempre nos grupos: proteínas, gorduras, carboidratos fibrosos e complexos, etc. Abraços!

        • Eugenio Rodrigues disse:

          Obrigado geosh eu sei que para eu emagrecer eu preciso de carboidratos tipo uns 55% mas e se meu objetivo for ganhar massa muscular eu vou precisa de quantos % de carboidratos? Quanto de proteina? E depois que eu ganhar massa muscular quanto % de carboidrato? e quanto % de proteina? eu vou precisa para so ficar definido muito obrigado pela atenção

          • Geosh disse:

            Eugenio, acho que é mais produtivo pensar em cerca de 100 a 150g de carboidratos e pensar na quantidade de proteína que você precisa, cerca de 1,2 a 1,8g por kg de peso pra hipertrofia muscular + gorduras necessárias pra completar o seu balanço energético. Abraços!

    76. Nadia disse:

      Pelamor, estou gostando, mas é muita coisa pra ler, não aguento mais, estou lendo sobre isso faz 6 dias em todas horas de folga, fico até 01:00hs da madruga lendo e ainda tem mais coisas pra ler, são muitos links pra acessar, aff, estou quase desistindo de fazer por causa disso, eu acho q tinha que resumir mais, é muita balela q não interessa, deveriam simplificar mais os assuntos. desculpa ai hein! mas ta dificil !

    77. Paula disse:

      Geosh, primeiramente quero parebenizá-los, tanto você quanto ao Rodrigo pelo excelente trabalho. Pela clareza como colocam as informações, tudo perfeitamente explicadinho para que qualquer leigo possa entender. Adorei o site, ja sou fã. Segundo, tenho uma pergunta pra você. Vi suas fotos do antes e depois e gostaria de saber quanto tempo levou pra chegar nesse resultado e a quanto chegou sua porcentagem de gordural corporal?
      Obrigada, abraços!

    78. Andre disse:

      mas e as frutas ? elas são carboidrato simples né, fora q ela tem frutose q é um açúcar né , se eu comer uma porção de frutas a insulina vai ser liberada na hora e vai fazer virar gordura ?

    79. Grasiela disse:

      Olá Rodrigo, vê um vídeo em que vc pedi pra dividir o pra to em três partes: carboidratos fibrosos, proteínas e gorduras boas, de fruta me lembro apenas do abacate.
      E agora o que eu faço incluo os integrais e as frutas ou são casos diferentes???

    80. Roniedson disse:

      Parabéns, foi uma das melhores abordagem que li.
      Gostaria de saber a quantidade de Carbs necessário para 3 horas de exercícios?????

    81. Carmen disse:

      Gostaria de saber sobre o Waxy maize não entendo quando leio que ele não contem açúcar.
      Obrigada

    82. Carinha Que Mora Logo Alí disse:

      ótimo site! parabéns

    83. Maria disse:

      Finalmente alguém me explicou cientificamente como emagrecer! Parece que as revistas, médicos e nutricionistas têm receio de conversar com os pacientes dessa forma.

    84. olá Rodrigo, fiquei perdido de vez, pois estou, trinta e sete dias seguindo o método MR no livro eletronico emagrecerdevez, vc diz que nao precisa contar calorias, nem medir o que se come, para comer ate se sentir saciado, agora nesse artigo, vc diz tudo ao contrario,não alcancei meu obejetivoe não sei se vou conseguir.

    85. Paula disse:

      Oi, Rodrigo! Bom dia!

      Já li seu fantástico livro e vi que a mandioca é um dos legumes que podemos utilizar no MR, claro que com moderação. Meu coração mineiro se encheu de alegria quando pensei: Bom, o pão de queijo mineiro, aquele verdadeiro, tradicional mesmo, é feito com polvilho (mandioca), ou seja, um carboidrato “amigo”, ovos, manteiga e queijo mineiro, ou seja, gorduras e proteínas de qualidade, nada de farinha, de queijo processado… Então, o que vc acha? É isso mesmo? Será que pãozim de queijo ta liberado, claro, com moderação? Se for pensar bem ele é altamente nutritivo, né?

      • Rosemary disse:

        Olá Bom dia você poderia me ajudar se possível com o QUADRO DE ALIMENTOS DO MV? Me passaria por e-mail? ficarei imensamente grata.

    86. pamela disse:

      mas eu nao gosto de cmida integral nao tem outro geito de subistituir isso/ ME AJUDA

    87. Sandra Maria Plis Dolce disse:

      estou tomando no café da manha uma xicara de leite com café e adoçante stévia, mais tapioca com omelete…oque vc acha ? ESTOU CERTA? VOU EMAGRECER?

    88. Johnk60 disse:

      I was very pleased to discover this website. I wanted to thank you for your time for this fantastic read!! beagadaegfkb

    89. Sheila disse:

      Bom dia,

      Adquiri o livro na semana passada e estou bem contente com os resultados (já emagreci 1,400kg). Leio e me interesso bastante sobre o assunto, pois há dois anos venho lutando (10 quilos a menos), mas procurei algo a mais para ajudar a continuar a minha saga.

      No entanto, estou com 2 dúvidas:

      - No livro é dito para comer apenas os carboidratos de qualidade (verduras, legumes…), mas no site há posts falando para inserir na dieta os carboidratos complexos (integrais). Fiquei muito na dúvida… o que sugere?

      - Também sobre comer de 3 em 3 horas – é necessário ou não? (também acabei encontrando contradições nisso).

      Parabéns pelo trabalho!

      Aguardo as respostas!

      Obrigada,
      Sheila

    90. Ana Carolina disse:

      Sou estudante de Nutrição, adorei a matéria tudo que um leigo precisa saber em palavras simples, Parabéns Rodrigo, Lindo o seu trabalho.

    91. Andressa disse:

      Você errou na classificação dos carboidratos, afinal os simples são frutas, vegetais, leite e derivados, e os complexos são os cereais, pães, batata, aveia… :)
      Arruma essa parte, porque pessoas leigas no assunto vão se confundir!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Subscribe to our mailing list

    * indicates required Nome * E-mail Principal *